Comparação entre os recursos de BricsCAD e AutoCAD

BricsCAD representa o futuro do projeto. É a plataforma tudo-em-um para 2D, 3D, Projetos de Mecânica e Modelagem de Informação na Construção - BIM. Baseado no formato DWG padrão da indústria, o BricsCAD traz uma abordagem moderna e familiar ao projeto em PCs baseados em Windows, macOS e Linux. Está disponível em três edições - Classic, Pro, Platinum com duas derivações avançadas, ambas executando sobre a edição Platinum: Mechanical e BIM - para que você possa adquirir exatamente o que precisa.

  V19 (Windows) AutoCAD
* = Novo recurso
Platinum
Pro
Classic
Completamente
LT
Mac
Arquivos
Formato de arquivo .dwg 2018 nativo
dwg para AutoCAD versão 9 a 2019 × × ×
Comando COMPARARDWG * * *
Comando MANTENHAME * * * × × ×
Proteção por senha
Bloquear arquivos
Edição no-local de RefEx's
Subjacências PDF
Exportar para PDF usando tabelas de estilo
Exportar para DWF & 2D e 3D
Exportar para SVG × × ×
Importação / exportação DAE (dados 3D XML) × × ×
eTransmit
Gerenciador de Conjunto de Folhas
Bricsys 24/7® (carregar, compartilhar, ver, anotar documentos na nuvem) × × ×
Communicator (importação/exportação ampliada) (9) × × × ×
Interface
Caixa de diálogo Começar
Abas para os desenhos ×
Menus CUI e barras de ferramentas
Faixa de opções ×
Interface bloqueável (1) * * *
Modo de tela limpa (1) * * *
Areas de trabalho ×
Personalização do menu visual
Quad Cursor estendido 2D/3D × × ×
Assistente LookFrom (orientação visual)
Paletas de ferramentas
Comandos padrão da indústria
Linha de comando com preenchimento automático ×
Explorer do Desenho Estendido
Gerenciador de Configurações pesquisável × × ×
Seleção, & Snap e Rastreio
Prévia de seleção
Ferramante Seleção rápida
Comando ADDSELECTED
Comando SELECTSIMILAR
Circular entre entidades ou subentidades durante a seleção
Alças quentes para modificação de múltiplos pontos de arraste
& class="wysiwyg-font-size-medium">SnapTrack ™ e rastreamento Polar
ZINTERSECCAO 3D encaixe × × ×
3D
Modelagem e & edição ACIS completa × (3) (3)
Modelagem Direta 3D × × ×
Polisólidos (paredes, lajes, ...) ×
Biblioteca de hardware (mais de 30.000 peças padrão) × × × ×
Criação de restrições 3D geométricas × × × × ×
Resolução geométrica de restrições 3D × × × ×
Intenção de projeto × × × × ×
Estilos visuais  (8) × ×
Planos de corte × ×
Vistas geradas × × ×
Criação de entidade superfície × ×
Modelagem Deformável × × ×
Ferramenta de comparação 3D × × × × ×
Edição em Loft × ×
Correção de Geometria × × × ×
Suporte para Iluminação Fotométrica × ×
Poderoso motor de renderização × × ×
600 materiais de renderização em alta definição × ×
Comando MAPEARMATERIAL × ×
Navegação por caminhada no projeto × ×
Comando ANIMCAMINHO × × ×
Mecânica
Navegador de Mecânica (3) × × × ×
Importar montagens (10) × × × ×
Projeto de montagem (organização hierárquica de componentes) × × × × ×
Exibição da montagem × × × ×
Restrições na Montagem × × × × ×
Análise cinemática × × × × ×
Lista de materiais (BoM) × × × × ×
Sheet Metal (9)
Projeto de chapa metálica × × × × ×
Recursos de forma × × × × ×
SMEXTRUDE * × × × × ×
Comando SMRIBCREATE * × × × × ×
Conversão de sólidos 3D em peças de chapa desdobrável × × × × ×
Alívio de canto para flanges de borda adjacentes × × × × ×
Dobras em Loft × × × × ×
Coloração dos recursos × × × × ×
Diagnóstico para recursos de chapa metálica inválidos × × × × ×
Processamento em Lote × × × × ×
Building Information Modeling (BIM) (9)
Recursos de BIM × × × × ×
Ferramentas para Modelagem de Estruturas * × × × × ×
Banco de dados no Projeto × × × × ×
Banco de dados numa Biblioteca × × × × ×
Site, Edifício e Pavimentos × × × × ×
Janelas e portas × × × × ×
Criação de janela totalmente paramétrica * × × × × ×
Espaços × × × × ×
Espaços 3D * × × × × ×
Importação IFC × × × × ×
Importação do SketchUp (versão 15 e anterior) × × × × ×
Importação IFC × × × × ×
Dimensões
Dimensões dinâmicas
Associação de uma dimensão existente a uma entidade
Restrições 2D dimensionais (7)
Restrições 2D dimensionais usando expressões (7)
Famílias de Estilo de Dimensão
Comparação entre Estilo de Dimensão
Sub unidades de dimensão
Comando AIDIMFLIPARROW
Texto
Editor local WYSIWYG em TEXTOM
Texto com várias colunas
Texto empilhado
LINCHMULT
Estilos Anotativos
Correção ortográfica
Campos
Hachura
Comando EDITARHACH
Editar Hachura por alça
Imagens Raster
Suporte a imagem raster (recorte, transparência, ...)
Suporte para ECW e JPEG2000
Suporte para MrSID
Outros
Suporte para mouse 3Dconnexion
Regeneração de monitor multithread
Prévia de filtro
Prévia de camada × × ×
Transparência
Gerenciador de Estado da Camada
Filtro de camada
Estilos de multilinha e multilinhas (7) (7)
Matrizes Dinâmicas
Matrizes associativas
Assistente para extração de dados
Gerenciador de definição de atributos de bloco
Redefinição do atributo de bloco
Suporte a blocos dinâmicos (4)
Edição por alças de blocos dinâmicos
Comando REDEFINIRBLOCO
Entrada dinâmica
UCS Dinâmico (mudar temporariamente para a superfície do sólido 3D) ×
Detecção de limite em tempo-real × × ×
& class="wysiwyg-font-size-medium">Estilos de tabela e tabelas
Fórmulas nas células da tabela
Tabelas de projeto * × × × ×
Comando EXTARESTAS × ×
Comando PERFSOL × ×
Comando GEOMPLANA × ×
Restrições 2D geométricas (7) (7)
Serviço de mapas da Web ×
& class="wysiwyg-font-size-medium">Ativadores de objeto AEC e ADT × ×
Ativadores de objeto Civil * * * × ×
Impressão
& class="wysiwyg-font-size-medium">Arquivos de tabela CTB e STB
Arquivos de configuração de impressora PC3
& class="wysiwyg-font-size-medium">Importação e edição de configurações de página
Comando PUBLICAR
Plotagem sombreada para viewports de paperpace e modelspace
Impressão de layout com combinações de viewports e estilos visuais
Exportação de Layout
Publicar para PDF
Exportar para STL (impressão 3D) ×
Calibração da impressora (somente escala)
Programação
ActiveX, incluindo a edição in-loco × ×
Editor de dados de entidade × × ×
Gravador de scripts × × ×
Suporte Completo a LISP (vl, vlr, vla e vlax) × ×
Criptografia LISP × ×
Sistema de Desenvolvimento de Soluções (SDS / ADS) × ×
DCL engine × ×
API COM × ×
Visual Basic for Applications (VBA)  (2) (2) × × ×
Suporte a projetos VBA DVB  (2) (2) × × ×
.NET × × ×
BRX (BricsCAD Runtime eXtension) × ARX × ×
TX (Teigha eXtensions) × × ×
Suporte a arquivos de menu CUI, com expressões Diesel
Suporte ao legado de arquivos MNU e MNS
API para personalização da barra de ferramentas e menu
Licenciamento
Licenças multiplataforma × × ×
Individuais
All-In
Rede × ×
Volume × × ×
Acadêmica

(1) No Mac e Linux, disponível a partir da versão 18.2.
(2) Versão 7.1 - Para Windows 64 bits e 32 bits.
(3) Parcial.
(4) Definir blocos dinâmicos ainda não é possível.
(5) Somente ver. Editar, sob desenvolvimento.
(6) Sem classes do MFC.
(7) Somente ver/editar. Não criar.
(8) Limitada (sem renderização).
(9) Módulo opcional.
(10) Requer o BricsCAD Communicator. No BricsCAD Pro, apenas para geometria (sem estrutura).
(11) Parcial. Suporta menos formatos no Mac e Linux, consulte Communicator para os formatos de arquivo suportados.

Formatos de arquivo suportados no BricsCAD

Arquivos Vetoriais

  1. Importar/exportar formato DWG

    • abrir DWG/DXF/DWT

    • salvar como DWG/DXF/DWT

    • exportar DWF

  2. Formatos Não-DWG:

    • IFC: arquivos IFC podem ser importados/exportados através do comando Importar/Exportar do BricsCAD BIM.

    • SKP: os arquivos do Sketchup podem ser importados.

    • DGN: Arquivos DGN podem ser importados

    • SAT: arquivos ACIS sat podem ser importados/exportados via acis-in acis-out

    • IGS, STP, SLDPRT não são suportados no BricsCAD comum, mas são importados / exportados com o uso de um módulo opcional: BricsCAD Communicator, junto com vários outros formatos de modelagem 3D MCAD.

Arquivos Raster (também conhecidos como arquivos BITMAP ou de IMAGEM):

Importar/Anexar

Estritamente falando, você não pode importar uma imagem RASTER para um DWG. O formato DWG é em essência um formato Vetorial e não um formato Raster (bitmap=imagem). O BricsCAD, no entanto, permite que você anexe um arquivo raster como imagem de fundo. Isto é conseguido através do comando Imagem.

Formatos suportados incluem:

.BMP, .TIFF, .JPEG, .GIF, .PNG, .WMF, .EMF, .PCX, .RAS, .TGA

V9.1.1 e superior: Suporte para imagens ECW.

V10.1.4 e superior: suporte de imagens MrSID. O MrSID da LizardTech é um dos principais formatos de imagens geoespaciais.

Arquivos de imagem raster podem ter 'arquivos do mundo' ou 'arquivos de posição' associados a eles. Um arquivo do mundo é um arquivo de texto que descreve o tamanho (escala), a orientação e as coordenadas das imagens do mapa raster. Os arquivos de posição são normalmente usados em softwares GIS. Formatos de arquivo de posição suportados são:

.TFW, .RAT, .JPW, .PNGW

Exportar

Você pode salvar vistas da tela em formato raster via arquivo > exportar. O comando SLIDE também produz arquivos rasterizados (.SLD).

Se você usar uma impressora virtual como PDFCreator ou PDF995, CutePDF, poderá produzir saída em PDF (em grandes tamanhos).

Finalmente, muitos programas 'externos' permitem que você salve uma cópia da tela.

Sintomas

Quais formatos são suportados pelo BricsCAD? Quais são os formatos de importação e exportação?

Causa

Nativamente, o BricsCAD suporta apenas DWG/DXF. Configurações permite salvar um DWG em uma revisão específica de DWG (DXF). Veja 'Salvar como' no Ajuda do projeto. Como alternativa, o comando Exportar permite exportar desenhos para uma variedade de formatos vetoriais e raster. Veja 'Exportar' no Ajuda - Help Center.

Além do formato DWG, o BricsCAD também é capaz de lidar com arquivos Acis (.SAT). O BricsCAD pode importar(/exportar) arquivos .SAT (= Acis) através dos comandos ACISIN, EXPACIS respectivamente.

Não há suporte direto para importar os formatos STEP/IGES ou SolidWorks no BricsCAD. No entanto, existem muitas aplicações adicionais que realizarão o intercâmbio/transformação de dados.

Mais Informações

Funcionando sobre o BricsCAD, o módulo BricsCAD Communicator pode importar/exportar os seguintes formatos de arquivo:

Importar

 IGS, IGES: Inicial Graphics Exchange Specification

 STE, STP, STEP: Standard for Exchange of Product data

  IAM, IPT: Inventor

 CATIA V4 e V5

 PARASOLID

  PAR, PSM: Solid Edge

  PRT: NX

  ASM, PRT: Creo Elements / Pro Engineer

  SLDASM, SLDPRT: Solidworks

  VDA: VDA-FS

EXPORTAR

 STE, STP, STEP: Standard for Exchange of Product data

 IGS, IGES: Inicial Graphics Exchange Specification

 CATIA V4 e V5

  PDF 3D

Quais são os requisitos mínimos de sistema/hardware do BricsCAD?

Os requisitos recomendados de hardware são tratados no item 390. da base de conhecimento. Este item é sobre o hardware mínimo.

Sistemas operacionais

  • Windows 10 ou superior (32 e 64 bits)
  • Windows 8 ou superior (32 e 64 bits)
  • Windows 7 (32 e 64 bits)
  • Windows Vista com Service Pack 2 ou posterior (todas as edições, exceto a Edição para iniciantes)
  • Windows Server 2008 R2
  • Windows Server 2008 com Service Pack 2 ou posterior
  • Mac OSX 10.9 ou superior.
  • Ubuntu 14.04 ou superior (*)
  • openSUSE (*)
  • Fedora (*)

Processador

  • Processador de 1 GHz ou mais rápido, ou processador compatível. desdobre,

Memória

  • Ao lado da memória exigida pelo sistema operacional, o BricsCAD requer 256 MB (1 Gb ou mais recomendado).

Disco rígido

  • 850 MB para arquivos de programa + 1 GB de espaço livre.

Monitor

  • 1024 x 768 XGA com true color (mínimo)
  • GPU suportada (**): veja abaixo mais informações sobre chipsets suportados para aceleração de GPU para modos de renderização non-wireframe, como renderização realística. Por favor, note que os modos de renderização non-wireframe e todos os outros recursos do BricsCAD ainda podem ser usados sem aceleração de hardware.

Mais Informações

(*) Versões de distribuições Linux suportadas:
A Bricsys escolheu suportar o Ubuntu, o openSUSE e o Fedora.

O BricsCAD (Linux) V16, V17 é construído com o gcc 4.8.2 no Ubuntu 14.04 LTS. Como resultado, o tempo de execução mínimo c ++ (libstdc ++) é 4.8.2. Na prática, o BricsCAD (Linux) pode rodar em quase qualquer distribuição que seja mais recente que o Ubuntu 14.04.
Recebemos muitos pedidos de suporte para outras distribuições. Como regra geral, se pudermos reproduzir o problema relatado em uma das distribuições suportadas, forneceremos suporte para isso.

(**) Os modos de renderização sem estrutura de arame são baseados na tecnologia RedSDK da Redway3D®.
A aceleração por GPU para esses modos de renderização requer uma GPU (unidade de processamento gráfico) suportada, seja em uma placa de vídeo ou na placa-mãe.

  1. No Windows, todas as placas gráficas da NVIDIA, ATI e INTEL são suportadas pelo RedSDK

  2. No Linux, a aceleração de hardware de gráficos 3D no RedSDK é suportada nos seguintes chipsets de vídeo:

    • Placas NVIDIA. É aconselhável usar o driver recomendado mais recente da NVIDIA.
    • Placas NVIDIA. É aconselhável usar o driver recomendado mais recente da NVIDIA.
  3. A aceleração de hardware de gráficos 3D no RedSDK no Linux NÃO é suportada em:

    • Cartões INTEL. Ao contrário da ATI e da NVIDIA, a aceleração de hardware 3D em drivers Linux para cartões INTEL é relativamente nova. Até agora, ainda não oferecemos suporte oficial a aceleração de hardware 3D em cartões INTEL, embora estejamos trabalhando nele.

    • Laptops com dois gráficos, embora funcionem em alguns sistemas gráficos duplos usando versões recentes de drivers NVIDIA proprietários.

Atalhos de Teclado

keyboard shortcuts header 1

Você está evitando uma ferramenta de desempenho por teclado mo BricsCAD?

Você é um usuário do BricsCAD que prefere usar menus usando o teclado para entrada de comandos? Se você é, pode querer reconsiderar. Você precisa saber que os comandos usados com mais freqüência no BricsCAD têm equivalentes de teclado rápidos. Esses atalhos de teclado podem ser um excelente aprimorador de desempenho, especialmente para alternar configurações. Para ajudar você a começar a usá-los, criamos um mapa dos atalhos de teclado do BricsCAD.

O teclado do seu computador está bem na sua frente - não o ignore! Usar os atalhos de teclado do BricsCAD pode aumentar sua produtividade em comparação a usar apenas os menus. Você pode fazer as coisas muito mais rapidamente com atalhos de teclado, do que poderia fazer clicando através dos vários painéis de menu. Não perca mais seu precioso tempo - conheça os atalhos de teclado do BricsCAD que economizam tempo. Na Bricsys, temos tudo para acelerar o fluxo de trabalho de CAD.

Uma versão em PDF fácil de imprimir do mapa de atalhos do teclado BricsCAD está disponível aqui.

Os seguintes atalhos de teclado estão disponíveis:

Teclado:

Descrição

F1

Abre a Ajuda do BricsCAD.

F2

Alterna exibição da janela de Histórico de Prompt.

F3

Alterna Snaps a Entidade.

F4

Alterna o modo de mesa digitalizadora .

F5

Define o isoplano (consulte Usando snap Isométrico).

F6

Ativa/desativa o recurso de UCS dinâmico.

F7

Alterna a exibição da grade.

F8

Alterna a configuração Ortho. Disables Rastreamento Polar, if on.

F9

Alterna a configuração de Snap.

F10

Alterna a configuração do Rastreamento Polar. Desativa Ortho, se ativado.

F11

Alterna a configuração de Rastreamento Snap a Entidade.

F12

Alterna o cursor Quad.

ALT+F8

Lança o comando VbaRun.

ALT+F11.

Lança o comando VbaIde.

Ctrl + 1*

Alterna a barra Propriedades .

Ctrl + 2*

Abre o Explorer do Desenho.

Ctrl + 9*

Alterna a exibição da barra de Comando.

Ctrl + 0*

Alterna a exibição das entidades da interface de usuário conforme especificado pela variável de sistema ScreenCleanOptions.

Executa os comandos TelaLimpaAtiv e TelaLimpaDesat.

Ctrl+A

Seleciona todas entidades.

Ctrl+B

Alterna a configuração Snap.

Ctrl+C

Copia a seleção para a área de transferência (CopiarAT comando).

Ctrl+Shift+C

Copia a seleção junto com um ponto base (comando CopiarRef).

Ctrl+E

Define o isoplano (consulte Usando snap Isométrico).

Ctrl+F

Lança o comando Localizar.

Ctrl+G

Alterna a exibição da grade.

Ctrl+H

Alterna o valor da variável de sistema PICKSTYLE, que controla a seleção de grupos e hachuras associativas.

Ctrl+I

Define a leitura do campo coordenada na barra de Status.

Ctrl+J

Repete o comando usado anteriormente.

Ctrl+K

Anexar um hiperlink a um objeto ou modificar um hiperlink existente (comando Hiperlink).

Ctrl+L

Alterna a configuração Orto.

Ctrl+M

Repete o comando usado anteriormente.

Ctrl+N

Cria um novo desenho (comando Novo).

Ctrl+O

Abre um desenho existente (comando Abrir).

Ctrl+P

Imprime o desenho atual (comando Print).

Ctrl+Shift+P

Alterna a barra Propriedades.

Ctrl+Q

Encerra a aplicação; pede para salvar as alterações (comando Sair ).

Ctrl+R

Repetição através das Viewports.

Ctrl+S

Salva o desenho atual (comando SalvarR ).

Ctrl+T

Liga/Desliga mesa digitalizadora.

Ctrl+V

Cola o conteúdo da área de transferência no desenho (ColarAT comando).

Ctrl+Alt+V

Cola o conteúdo da Área de Transferência em formato especificado (comando ColarEspec ).

Ctrl+Shift+V

Cola o conteúdo da Área de Transferência como um bloco (comando ColarB).

Ctrl+X

Recorta a seleção e a coloca na área de transferência (comando RecortAT).

Ctrl+Y

Refaz a última ação desfeita (comando Refazer).

Ctrl+Z

Desfaz a última ação (comando Desfazer).

Ctrl+[

Cancela o comando em execução.

Ctrl+\

Cancela o comando em execução.

Shift+F2

Alterna a exibição da barra de Comando.

Shift+F3

Liga/Desliga a Barra de Status (comando StatBar ).

Shift+F4

Liga/Desliga Barras de Rolagem (comando BarraRolagem).

Shift+F8

Lança o Gerenicador de Projeto em Visual Basic (comando GerVba ).

Shift+F11

Lança o VBA COM Gerenciador de Add-In (comando AddInMan ).

PgUp

Move a vista acima.

PgDn

Move a vista abaixo.

Shift+seta Esquerda

Move a vista à esquerda.

Shift+seta Direita

Move a vista à direita.

Shift+seta Acima

Move a vista acima.

Shift+seta Abaixo

Move a vista abaixo.

* Não use o teclado numérico.
Em teclados-AZERTY: não press a tecla-Shift ao bater a tecla de número.

A Janela da Aplicacao BricsCAD

O tema da Cor

A variável de sistema COLORTHEME controla o tema de cores da janela da aplicação BricsCAD.

COLORTHEME = 0: tema de cor Escura

COLORTHEME = 1: tema de cores Claras

Para definir o tema da cor

7. Faça um dos seguintes:

  • Digite colortheme na linha de comando e escolha 1 para Liga ou 0 para Desl
  • Clique com o botão direito do mouse em uma barra de ferramentas ou painel da faixa de opções e escolha Interface Escura no menu de contexto.

Entendendo a janela da aplicação BricsCAD

  Componentes da janela da aplicação BricsCAD:

  1. Barra menus
  2. Barra de Ferramentas (encaixada)
  3. Abas de documentos
  4. Janelas de desenho
  5. Viewports do desenho
  6. Abas de janela
  7. Icone UCS
  8. Assistente Look From
  9. Menu de aviso
  10. Barra de Ferramentas (flutuante)
  11. Abas do painel
  12. Painel Propriedades (consulte Painéis encaixáveis)
  13. LinhaComando
  14. Lista de sugestões
  15. Barra de Status
  16. Faixa de Opções

Tutorial: Explorando a Interface do Usuário do BricsCAD

Clique aqui para ver

Para exibir a faixa de opções

  1. Execute o comando FaixaOpcoes.
  1. Clique o botão direito num espaço vazio na área de Layout ou na aba do Desenho, e escolha FaixaOpções no menu de contexto.

Para ocultar a faixa de opções

  1. Execute o comando FecharFaixaOpcoes.
  1. Clique o botão direito num espaço vazio na área de Layout ou na aba do Desenho, e escolha FaixaOpções no menu de contexto.

Trabalhando com Abas de Documentos

Abas de documentos permitem:

  • Alternar facilmente entre todos os desenhos abertos.
  • Arrastar e soltar as abas, para alterar sua ordem.
  • Clicar no ícone X no lado direito da aba, para fechá-la.

Clique com o botão direito do mouse em uma guia do documento para exibir um menu de contexto:

Item

Descrição

Fechar

Fecha o desenho atual (comando Fechar).

Fechar Abas à Esquerda

Fecha todos os desenhos à esquerda da aba atual.

Fechar Tudo Exceto Este

Fecha todos os desenhos, exceto o desenho atual.

Fechar Tudo

Fecha todos os desenhos, comando (WCloseAll).

Abrir

Exibe a caixa de diálogo Abrir desenho (comando Abrir).

Novo

Exibe o Criar novo desenho diálogo comando Novo.

Salvar

Salva o desenho atual (comando Salvar ).

Salvar Tudo

Salva todos os desenhos abertos, comando (SaveAll).

Salvar Como

Lança o comando SalvarComo .

Posição

Permite a você escolher a posição das abas de documentos.

Duplicar Aba

Salva uma cópia do desenho atual numa nova aba, e mantém o desenho original aberto. Mostra o diálogo Salvar Como.

Restaurar Última Sessão

Abre os desenhos que estavam abertos na sesão anterior do BricsCAD.

Abrir Pasta

Abre a pasta do desenho atual.

Cascata

Ajusta em cascata as janelas dos desenhos atuais (comando WCascade).

Dividir na Horizontal

Ajusta lado-a-lado na vertical as janelas dos desenhos atuais (comando WhTile).

Dividir na Vertical

Ajusta lado-a-lado na vertical as janelas dos desenhos atuais (comando WvTile).

A exibição e a localização das abas de documentos é controlada através das preferências do usuário.

Na caixa de diálogo Configurações do , vá para Opções do programa / Exibir / guias do documento.

ShowDocTabs: controla a exibição das guias do documento.

DocTabPosition: controla a localização das abas de documentos: superior, inferior, esquerda ou direita.

Abrir/Fechar a Barra de Comando

7. Faça um dos seguintes:

  • Escolha Barra de comando no Menu Vista.
  • Mova o cursor sobre uma barra encaixada, então clique bot. direito e escolha LinhaComando no menu de contexto.
  • Clique duas vezes no campo Status no lado esquerdo da barra de status .

Janela de Comando fecha se estava aberta, e vice-versa.

  1. botão Fechar
  1. Pressione e mantenha pressionado o botão esquerdo do mouse para mover a linha de comando.
  1. Campo Lista de Histórico do Comando: o conteúdo do campo de lista do histórico pode ser copiado para o campo de edição de comando.
  1. Campo Editar Comando:
    Se o sinalizador de Habilitar da variável de sistema AUTOCOMPLETEMODE estiver definido, entradas de comando são completadas automaticamente conforme você digita.
    Todos os comandos e/ou variáveis de sistema e/ou preferências do usuário que contém a sequencia de caracteres
    atuais
    são mostrados na lista de Sugestões.
    • Pressione Enter se for exibido o comando atualmente concluído.
    • Escolha um comando na Lista de Sugestão.

    Opções de preenchimento automático são:

  1. Histórico de comandos botões de deslocamento

    NOTAS

    • Você pode modificar a altura da linha de comando encaixada arrastando a borda superior ou inferior, dependendo de sua posição de encaixe, inferior ou superior.
    • O tamanho de uma barra de comando flutuante pode ser ajustado arrastando uma de suas arestas.
    • Use as teclas de seta para cima e seta para baixo do teclado para navegar o histórico de comandos.
    • Quando a linha de comando está fechada:
      • Opções de comando e entradas do teclado são exibidas na barra de status.
      • Pressione a tecla de função F2 para alternar a janela do Histórico de Comandos.
      • A variável de sistema CLIPROMPTLINES define o número de linhas de histórico de comando exibidas brevemente na parte inferior da janela de gráficos. Defina CLIPROMPTLINES = 0 para desativar esse recurso.

Para Definir as Propriedades da Linha de Comando

Tutorial: Personalizando o Prompt de Comando no BricsCAD

Clique aqui para ver.

  1. Abra a janela Configurações.
  1. Vá para Opções do programa / Preferências do usuário / Linha de comando.

Abrir/Fechar a Barra de Status

7. Faça um dos seguintes:

  • Escolha Barra de Status no Menu Vistas.
  • Pressione o atalho de teclado Shift + F3.

Barra de Status fecha se estiver aberta, e vice-versa.

Trabalhar com a Barra de Status

1. Campo Status:

  • Mostra o status do software.
  • quando o cursor estiver em um menu ou numa barra: apresenta breve descrição do item de menu ou ferramenta sob o cursor.
  • quando a janela do comando está fechada: exibe os prompts de comando, a entrada de teclado e opções da ferramenta.
  • clique duas vezes no campo de status para abrir / fechar a barra de Comandos.

2. Botão da lista de Campos:

Clique no botão da seta () para exibir uma lista dos campos disponíveis para a Barra de Status. Clique em um item na lista para alternar a exibição do campo correspondente na Barra de Status.

Valores de coordenadas do cursor: exibe as coordenadas da posição atual do cursor (dependendo da configuração da variável COORDS).

  1. Clique para alternar entre as configurações da Coordenada . A sequência é GeográficaRelativaAbsoluta, Desligada.
  2. Clique o botão direito do mouse, e escolha opção no menu de contexto:

Camada Atual: exibe o nome da camada atual.

  1. Clique para abrir o Explorer de Camadas.
  2. Clique com o botão direito para selecionar a camada atual no menu de contexto.
  3. Clique bot. direito do mouse e escolha Propriedades no menu de contexto Explorer do Desenho - Camadas.

Cor Atual:exibe a cor atual.

  1. Clicar para abrir a janela de diálogo Selecionar Cor.
  2. Clicar bot. direito para selecionar uma das cores básicas.
  3. Clique com o botão direito e escolha Selecionar Cor ... para selecione uma cor.

Tipo de Linha Atual: exibe o nome do tipo de linha atual.

  1. Clicar para abrir o Explorer - Tipos de linha.
  2. Clicar bot. direito para selecionar o atual tipo de linha.
  3. Clique bot. direito do mouse e escolha Propriedades no menu de contexto para abrir o Explorer do Desenho - Tipos de linha.

Estilo de Texto Atual: exibe o nome do estilo de texto atual.

  1. Clicar para abrir o Explorer de Estilos.
  2. Clicar bot. direito para selecionar o atual tipo de linha.
  3. Clique bot. direito do mouse e escolha Propriedades no menu de contexto para abrir o Explorer do Desenho - Estilos de Texto.

Estilo de Dimensão Atual: exibe o nome do estilo de dimensão atual

  1. Clique para abrir o diálogo Configurações de Dimensões.
  2. Clicar bot. direito para selecionar o atual tipo de linha.
  3. Clique bot. direito do mouse e escolha Propriedades no menu de contexto para abrir o Explorer do Desenho - Estilos de Dimensão.

Area de Trabalho Atual: Indica a área de trabalho atual.

  1. Clique para ajustar o valor da variável de sistema WSCURRENT na barra de comandos.
  2. Clique o botão direito e selecione a área de trabalho atual.
  3. Escolha Personalizar no menu de contexto para abrir o diálogo Personalizar - AreasDeTrabalho.

Snap:Alterna a variável de sistema SNAPMODE.

  1. Clique para alternar SnapLiga () / Desl ().
  2. Clique o botão direito do mouse e selecione Configurações para editar as configurações de Snap e Grade.

Grade:Alterna a variável de sistema GRIDMODE.

  1. Clique para alternar a exibição da GradeLiga () / Desl () na viewport atual.
  2. Clique com o botão direito do mouse e selecione Configurações para editar as configurações do Snap e Grade .

Ortho:Alterna a variável de sistema ORTHOMODE; ativando o modo Ortogonal desabilita automaticamente o Rastreamento Polar.

  1. Clique aqui para alternar o modo OrthogonalLiga () /Desl ().
  2. Clique o botão direito e, em seguida, selecione Configurações para editar a configuração Orthomode .

Polar: Alterna a opção Rastreamento Polar da variável de sistema AUTOSNAP.

  1. Clique para alternar Polar Tracking<com-qordoba-variable-escape><strong></com-qordoba-variable-escapeEm ( )Off ( ).
    Ativa o Polar Tracking em desativa automaticamente Modo ortogonal .

  2. Clique com o botão direito e, em seguida, selecione Configurações para editar as configurações de Dimensões Dinâmicas .

Esnap: Alterna o ajuste de todas as opções de snap da variável de sistema OSMODE.

  1. Clique para alternar Entidade Snaps<com-qordoba-variable-escape><strong></com-qordoba-variable-escapeEm ( )Off ().
  2. Clique com o botão direito e, em seguida, selecione Configurações para editar as configurações do Snap a Entidade .

Strack: Alterna a opção de ajuste de snap da entidade da variável de sistemaAUTOSNAP.

  1. Clique para alternar Rastreamento de snapEm () / Off ().
  2. Clique o botão direito e selecione Configurações para editar as configurações do Snap Tracking .

Espessura de linha (LWT): Alterna a variável de sistema LWDISPLAY.

  1. Clique para alternar a exibição de Linha Pesos<com-qordoba-variable-escape><strong></com-qordoba-variable-escapeEm ( )ou Off ().
  2. Clique com o botão direito e, em seguida, selecione Configurações para editar as configurações de Espessura de Linha .

Paper/Model: Permite escolher entre o espaço do modelo (model space) e o espaço do papel (paper space).

  • Ao trabalhar no Model Space, o campo lê: Tile (= espaço do modelo com viewports lado a lado).

    Clique para alternar para o layout do espaço do papel aberto mais recentemente.
    Clique com o botão direito para selecionar um layout de papel do espaço: 
  • Ao trabalhar em um layout, o campo lê:
    M: Layout:
     espaço Modelo com flutuante viewports
    ou
    P: Disposição
    : espaço Papel

    Clique aqui para alternar entre o espaço do papel e espaço do modelo com viewports flutuantes.
    Clique com o botão direito e escolha:

  • Paper Space: Mudar para o espaço do papel
  • Model Space: Alternar para model space com viewports flutuantes
  • Modelo: Alternar para model space com viewports flutuantes
  • Layout: Alternar ao layout selecionado no paper space.

Escala de Anotação: Exibe o valor da variável de sistema CANNOSCALE (= escala de anotação atual). Clique bot. direito:

  1. Selecione uma escala de anotação na lista.
  2. Escolha Personalizar para iniciar o comando EDITARLISTAESCALAS .
  3. Verifique a
  4. opção Ocultar Escalas RefEx para listar somente as escalas de anotação do desenho atual.

Autoscale:Clique para alternar a variável de sistema ANNOAUTOSCALE.

Tablet:Inicializa o uso de uma mesa digitalizadora.

Bloquear Viewport (VPLOCK): Exibe o status Bloquear Tela da viewport atual ou da(s) viewport(s) selecionada(s). Clique no campo VPLOCK para alternar a propriedade Bloquar tela O campo VPLOCK é exibido apenas quando uma ou mais viewports do paper space são selecionadas ou quando uma viewport está ativa (Model space com viewports flutuantes).

UCS dinâmico (DUCS)

  1. Clique para alternar a variável de sistema UCSDETECT Ativar () ou Desativar ().
  2. Clique com o botão direito do mouse para selecionar os tipos de entidade suportados:

Entrada dinâmica (DYN): alterna a Desligue todos temporariamente opção da variável de sistema DYNMODE.

  1. Clicar para alternar a exibição de Dimensões Dinâmicas Liga () ou Desl ().
  2. Clique o botão direito e selecione Configurações para editar as configurações de Dimensões Dinâmicas .

Quad: Alterna a opção Desligar da variável de sistema QUADDISPLAY.

  1. Clique para alternar a exibição do QuadLiga() ou Desl ().
  2. Clique o botão direito do mouse numa paleta, e escolha uma opção no menu de contexto:
  3. Clique o botão direito, e selecione Configurações para editar as configurações do Quad .

Dicas de sobrevôo(RT):Alterna a variável de sistema ROLLOVERTIPS.

  1. Clique para ligar/desligar exibição das dicas de sobrevôo.
  2. Clique o botão direito para selecionar as opções de exibição para dicas de sovrevôo: Em entidades sobrevoadas ou Sem dicas de sobrevôo.

Dicas : Alterna a variável de sistema TIPS. Se TIPS = Liga, um assistente revela opções disponíveis usando a tecla Ctrl.

  • Clique para alternar a exibição do assistente DICAS Liga/Desliga.
  • Clique com o botão direito para exibir um menu de contexto:
  • Clique em Liga ou Desl para definir a exibição do assistente DICAS.
  • Clique em Configurar para exibir a caixa de diálogo Configuração de Dicas
    . Selecione quais dicas são exibidas quando TIPS = Ligado.

Bloquear interface do Usuário (LOCKUI) : Permite bloquear a localização e o tamanho das barras de ferramentas e painéis encaixáveis. Pressione Ctrl para substituir.
Clique no campo LOCKUI para alternar o bloqueio. Pressione Ctrl para substituir.
Os elementos da interface do usuário que serão afetados são controlados
pela variável de sistema LOCKUI .

Sistema de Coordenadas GIS: Exibe o nome do atual sistema de coordenadas GIS.

Exibir ou ocultar as barras de rolagem

Para ligar/desligar barras de rolagem:

  1. (opção) Mantenha pressionada a tecla Shift, e pressione a tecla de função F4.
  2. Escolha Barra de comando no VerMenu.
     
  3. (opção) Digite barrarolagem na barra de comando, e faça o seguinte:
  4. digite desl na barra de comando ou escolha Desl no menu de contexto.
  5. digite liga na barra de comando ou escolha Liga no menu de contexto.
  6. Digite T na barra de comando ou escolha Alternar no menu de contexto.

Nota

Use o comando -TOOLPANEL para mostrar, ocultar ou alternar a exibição de vários painéis de ferramenta.

Ocultar / exibir uma seleção de elementos da interface do usuário

Os comandos TELALIMPAATIV TELALIMPADESAT permitem ocultar ou exibir simultaneamente uma seleção de elementos de interface de usuário.

Qual elementos da interface do usuário é afetado por esses comandos é definido pela variável de sistema CLEANSCREENOPTIONS.

O atalho de teclado Ctrl+0 alterna a exibição dos elementos da interface do usuário. Em teclados AZERTY: não use o teclado numérico; não pressione a tecla Shift ao bater a tecla de número.

Barras de ferramentas

A disponibilidade de um comando depende do Nível da Licença (Shape - Classic - Pro - Platinum - Mechanical - Bim - Ultimate) como indicado nos artigos de comandos na seção Referência de Comando do Bricsys Help Center.

Para definir o tamanho do ícone

Você pode escolher entre pequeno (16 x 16) ou grandes (32x32) ícones nas barras de ferramentas.

  1. Mova o cursor sobre uma barra de ferramentas e, em seguida, clique direito.

  2. Escolha Tam. da barra e, em seguida selecione Ícones pequenosÍcones grandes ou Ícones extra-grandes.

Pequeno Grande Extra Grande

O tamanho do ícone é salvo na propriedade do tamanho do botão da ferramenta da atual Area de trabalho.

Principais Barras de ferramenta

Restrições2D

Comparar3D

Restrições 3D

Ver 3D Snaps a Entidade.

Editar Sólido 3D

Sólidos 3D

Acesso

Arcos

Assembly

BIM

Editar Bloco

Bricsys 24/7

Circulos

Comparar

Intenção de Projeto

Dimensões

Restrições Dimensionais

Modelagem Direta

Desenho

Vistas do Desenho

Ordem do Desenho

Elipses

Arcos Elípticos

Dados de Entidade

Propriedades da Entidade

Ativa Snaps a Entidade.

Imagens

Inserir

Inquirir

Look From

Substituído pelo controle Look From.

Layout

Mecânica

Renomeado para Montagem

Malhas

Modificar

Parâmetros

Nuvens de pontos

Editar Referências

Renderizar

Seções

Modos de Seleção

Configurações

Sheet Metal

Padrão

Ferramentas

Vista

Areas de trabalho

Barras Desdobráveis

Em alguns botões de ferramentas uma pequena seta preta no canto inferior direito do ícone indica que um menu desdobrável está disponível. Um menu desdobrável contém um grupo de ferramentas relacionadas. Pressione e segure o botão esquerdo do mouse para expandir o menu desdobrável e escolha uma das ferramentas do menu desdobrável. A ferramenta que foi última escolhida permanece visível na barra de ferramentas recolhida.

Cada um dos sub-menus pode ser aberto como uma barra separada. Arraste o botão de uma barra de sub-menus para dentro da área de desenho para abri-la como uma barra flutuante.

Pai

Flutuante

 

Restrições2D

Restrições Dimensionais

 

Restrições Geométricas

Montagem

Visualização de Montagem

 

Explodir Montagem

BIM Círculos BIM
  BIM Classificar
  BIM Conectar
  Bancos de dados BIM
  Grades BIM
  BIM Linhas
  BIM Manipular
  BIM Polígonos
  BIM Propagar
  BIM Espaços
  BIM Cortes
  BIM Projeto de Site
  BIM Parede Cortina
  BIM Estrutural
  BIM Etiqueta
  BIM Visibilidade
  BIM Janelas

Dimensões

Marcas de Centro e Linhas de Centro

Modelagem Direta

Deformar

Desenho Linhas

  Polilinhas

  Polígono

 

Limites

Malhas

Faces em Malha 3D

 

Superfícies em Malha 3D

Modificar Matrizes

Paramétrico

Tabela de Projeto

Renderizar

Luzes

Configurações

Propriedades da Entidade

Camadas

Sheet Metal

Dobra

 

Flange

 

Forma

 

Junção

 

Alívio

 

Reparar

 

Dividir

 

Desdobrar

Ferramentas

Atributos

Vistas do Desenho

Tipos de Vista de Detalhe

 

Tipos de Corte

Vista

Ocultar/Mostrar Entidades

 

Mover em Tempo-Real

 

Redesenhar/Regenerar

 

Zoom

Abrindo uma Barra de Ferramentas

  1. Em Windows: Passe o mouse sobre uma barra de ferramentas ou uma parte em branco da área da barra de ferramentas e, em seguida, clique com o botão direito do mouse.
    No Linux: Passe o mouse sobre uma parte em branco da barra de menus, da barra de status ou da área da barra de ferramentas, depois clique com o botão direito do mouse e escolha Personalizar no menu de contexto.
    Um menu de contexto é exibido.

    (1) Arquivo CUI principal.
    (2) arquivo (s) CUI parcial (s)

  2. No menu de contexto escolha um dos arquivos: o CUI principal (ex.: BRICSCAD) ou um dos arquivos CUI parciais (se houver).

    Um lista de barras disponíveis no arquivo CUI selecionado é mostrada. Barras já abertas estão marcadas. Se a
    lista não cabe na tela, clique as setas no tôpo e na base para deslizar.

  3. Selecione a barra de ferramentas no menu de contexto.
    Abre-se a barra de ferramentas.

  4. (opção) Para encaixar a barra de ferramentas arraste a barra por seu título a uma das bordas da janela da aplicação BricsCAD.

NOTAS

  • Se você selecionar uma barra de ferramentas que já esteja aberta, esta será fechada.
  • Para impedir o encaixe de uma barra de ferramentas, pressione e segure a tecla Ctrl enquanto arrasta a barra de ferramentas.
  • Arraste uma barra de ferramentas pela alça esquerda (quando encaixada horizontalmente) () ou bordasuperior (quando encaixada verticalmente) para desencaixar.
  • Para encaixar uma barra de ferramentas verticalmente no Linux, a propriedade Posição da barra de ferramentas deve ser definida como Esquerda ou Direita.
  • A variável de sistema LOCKUI permite bloquear a localização e o tamanho das barras de ferramentas e painéis encaixáveis. Pressione e segure a tecla
    Ctrl para substituir. Clique no campo LOCKUI na Barra de Status para alternar o bloqueio da interface do usuário.

Para destacar um menu desdobrável da barra de ferramentas

  1. Pressione e mantenha pressionado o botão esquerdo do mouse para arrastar o ícone visível de uma barra flutuante para dentro da área de desenho.

  2. Solte o botão esquerdo do mouse para posicionar a barra.

Fechando uma Barra de Ferramentas

  1. Em Windows: Coloque o cursor em uma barra de ferramentas e clique com o botão direito do mouse.
    No Linux: Coloque o cursor na barra de menu e, em seguida, clique com o botão direito do mouse.
    Um menu de contexto é exibido.

  2. Escolha BRICSCAD no menu de contexto.
    As barras de ferramentas que estão abertas são verificadas.

  3. Na lista barra de ferramentas, clique a barra que deseja fechar.

Nota

A barra de ferramentas flutuante pode ser fechada clicando no botão Fewchar ().

Para definir a propriedade de posição e visível de uma barra

A propriedade Visible determina se uma barra de ferramentas fica visível quando um arquivo cui é carregado.

propriedade Posição determina onde uma barra de ferramentas exibe quando é carregado um arquivo-cui.

  1. Na caixa de diálogo Personalizar clique na aba Barras de ferramentas.

  2. Se necessário, expanda o grupo de menus BricsCAD.

  3. Selecione a barra.

  4. Escolher Posição na Propriedades grade na Personalizar o diálogo.

  5. Clique no campo de configurações e escolha a posição desejada na lista.
    As opções são: flutuante, Top , Esquerda , Bottom, direito.

  6. Escolher Visível na Propriedades grade na Personalizar caixa de diálogo.

  7. Clique no campo de configurações e escolha Exibir ou Na lista de opções, oculte.

Painel Propriedades

Comando: PROPRIEDADES

No painel Propriedades você pode:

  • Ajustar as propriedades atuais: corcamadatipo de linhaescala do tipo de linha e espessura da linha.
  • Editar as propriedades de uma única entidade
  • Editar as propriedades compartilhadas de um conjunto de seleção
  • Editar graficamente pontos de extremidade de linhas e vértices de polilinhas
  • Compor um conjunto de seleção usando Seleção Rápida.

Para abrir o painel Propriedades

7. Faça um dos seguintes:

  • Clique o botão Propriedades () na barra Padrão.
    O estado pressionado do botão indica que o painel Propriedades está atualmente aberto.
    Clique no botão novamente para fechar o painel Propriedades.
  • Clique botão direito quando o cursor está numa barra.
    Um menu de contexto é exibido.
    Os itens marcados no menu de contexto estão atualmente abertos.
    SelecionePropriedades no menu de contexto.

  • Duplo-clique numa entidade, como linhas, polilinhas, circulos, arcos, sólidos 3D...
    O painel Propriedades abre, mostrando as propriedades da entidade selecionada.
    Duplo-clique em entidades como textos, blocos ou polilinhas inicia um comando de edição (Ver a aba Mouse no diálogo
    Personalizar
    ). 
  • Escolha Propriedades no menu Modificar.
  • Digite Propriedades na linha de comando e pressione Enter.

Nenhuma seleção

São exibidas as atuais propriedades da entidade,
a atualElevação, propriedades da Vista e
escala de Anotação.

Com uma entidade selecionada

Exibe as propriedades da entidade selecionada.

Com várias entidades selecionadas

Exibe as propriedades compartilhadas das entidades selecionadas

*Varia* indica que as propriedades compartilhadas possuem valores diferentes.

Nota

O painel Propriedades é encaixável.

Para encaixar o painel Propriedades, arraste-o pela faixa de título para a esquerda ou para a direita da janela da aplicação BricsCAD.

Nota

Campos somente leitura exibem em cinza. O conteúdo de um campo somente leitura pode ser copiado. Para copiar um campo somente leitura, clique no campo, e pressione Ctrl C.

Ajustar tamanho do painel de Propriedades

  1. Mova o cursor sobre uma das bordas de Propriedades(1).
    O cursor se transforma numa seta de duas pontas.

  2. Pressione e segure o botão esquerdo do mouse para arrastar a borda do painel Propriedades.

  3. Mova o cursor sobre o limite entre os Nomes de Configurações e as colunas Campos de Configuração (2).
    O cursor se transforma em uma seta de duas pontas.

  4. Pressione e mantenha o botão esquerdo do mouse para arrastar o limite.

Nota

Quando encaixado, apenas a borda esquerda (ou direita) de Propriedades é ajustável.

As propriedades atuais são exibidas na barra Propriedades.

  1. (opção) Clique em Cor,
    , em seguida, clique no botão de seta para baixo para selecionar uma cor.

  2. (opção) Clique em Camada,
    e clique na seta para baixo para selecionar uma camada.

  3. (opção) Clique em Tipo de linha,
    então clique na seta para baixo, para selecionar um tipo de linha.

  4. (opção) Clique em Escala do tipo de linha ,
    e digite o novo valor no campo Escala do tipo de linha .

  5. (opção) Clique na Espessura da linha,
    então clique na seta para selecionar uma espessura de linha.

Editar as propriedades de uma única entidade

  1. Selecione a entidade.
    As propriedades da entidade são exibidas no painel Propriedades.

  2. Clique na propriedade que você deseja modificar.
    O campo de definições da propriedade selecionada é ativado.

  3. Digite um novo valor no campo configurações da propriedade selecionada ou escolher uma configuração de caixa de listagem em seguida pressione a tecla Enter ou selecione outra propriedade.
    A entidade é atualizada.

  4. (opção) Repita as etapas 2 e 3 para modificar outra propriedade.

  5. Pressione a tecla Escape para parar.

NOTAS

  • Propriedades que o valor exibe em cinza não podem ser modificadas.
  • Passo 3: Propriedades (por exemplo, as propriedades Gerais), que forem escolhidas de uma lista, são atualizadas instantaneamente.

Para editar os pontos finais de uma linha

  1. Selecione a linha.

  2. Na Barra Propriedades, em Geometria, siga um destes procedimentos:

    • Selecione campo X-, Y- ou Z-, e digite um valor.
    • Selecione Ponto de início ou Ponto final.
  3. Um X indica o ponto que está sendo editado.

    • Clique no botão Pick Point ().
    • Especificar o ponto no desenho.
  4. Pressione a tecla Escape para parar.

Nota

Este procedimento se aplica também para editar o ponto de inserção de textos, imagens, blocos, Xrefs,...

Para editar os vértices de uma polilinha

  1. Selecionar a polilinha.

  2. Na Barra Propriedades em Geometria , selecione Vertice.

  3. Clique nos botões de seta Próximo/Anterior para selecionar um vértice.

    Um X indica o vértice sendo editado.

  4. 7. Faça um dos seguintes:

    • Selecione campo X- ou Y-, e digite um valor.
    • Em Vértice selecione Posicione e clique no botão Ponto de Escolha () e especifique o ponto no desenho.
  5. Pressione a tecla Escape para parar.

Editar as propriedades compartilhadas de um conjunto de seleção

  1. Selecione as entidades.
    As propriedades compartilhadas são exibidas na Barra Propriedades.

  2. Clique na propriedade que você deseja modificar.
    O campo de definições da propriedade selecionada é ativado.

  3. Digite um novo valor no campo configurações da propriedade selecionada ou escolher uma configuração de caixa de listagem, em seguida pressione a tecla Enter ou selecione outra propriedade.
    Todas as entidades selecionadas são atualizadas.

  4. (opção) Repita as etapas 2 e 3 para modificar outra propriedade.

  5. Pressione a tecla Escape para parar.

NOTAS

  • *Varia* exibe para propriedades compartilhadas que são definidas de forma diferente. Se você editar tal propriedade, todas as entidades no conjunto de seleção serão igualmente definidas para esta propriedade.
  • Passo 3: Propriedades (por exemplo, as propriedades Gerais), que forem escolhidas de uma lista, são atualizadas instantaneamente.

O menu de cursor Quad

O menu de cursor Quad, ou Quad na forma abreviada, é uma alternativa à linha de comando ou às barras de ferramentas, oferecendo um conjunto avançado de ferramentas que exigem menos cliques, e sem sobrecarregar a tela com muitos glifos e alças.

Enquanto o Quad foi inicialmente concebido para fácil e rápida edição de sólidos 3D, está estendido para permitir a edição avançada e criação de todos os tipos de entidade.

Para ativar o Quad

A ativação do Quad é controlada pela variável de sistema QUADDISPLAY.

Para ligar/desligar o Quad faça um dos seguintes:

  • Clique no campo QUAD na barra de Status .
  • Pressione a tecla de função F12.
  • Edite a variável de sistema QUADDISPLAY na caixa de diálogo de Configurações.
  • Digite QuadDisplay na barra de comando, e escolha uma opção.
  • Clique no botão Fechar (x) no canto superior direito do Quad. 

Editando as Configurações do Quad

  1. Clique com o botão direito do mouse no campo QUAD na barra de Status, e selecione Configurações no menu de contexto.
    A caixa de diálogo Configurações é aberta, mostrando as configurações do Quad:

    • Exibir Quad: Determina quando o Quad é exibido.
      • Negativo: Desliga exibição do Quad.
      • 1: Quando o cursor está sobre uma entidade. A entidade sob o cursor é realçada.
      • 2: Quando as entidades estão selecionadas
      • 4: Em clique bot. direito quando não há entidades selecionadas e não há nenhuma entidade sob o cursor.
      • 8: Suprime o Quad quando pairando sobre entidades que não estão no conjunto de seleção atual; defina Mostrar Quad ao clique do bot. direito Ligar para exibir o Quad.
    • Lançamento padrão de comando Quad: Define a ação de lançar o comando Quad padrão.
      • 0: Clique no botão.
      • 1: Clique botão direito
    • Canto de pop-up Quad: Controla a posição pop-up do Quad em relação à posição do cursor: SuperiorCentro ou Médio Direito.
    • Largura do Quad: Define o número de comandos numa linha. Padrão = 6 comandos.
    • Tamanho do ícone do Quad: ícones Pequenos (16 x 16 pixels), Grandes (32 x 32 pixels) ou Extra Grandes (64 x 64 pixels)

      Icones Pequenos

      Icones grandes

      Icones Extra-Grandes

    • Espaço do ícone Quad: Define o espaço em torno dos botões da ferramenta Quad: estreito, normal ou grande

      Estreito

      Normal

      Grande

    • Atraso para exibir Quad: Define o tempo em milissegundos entre o realce da entidade e a exibição do Quad.
    • Atraso para ocultar Quad: Define o tempo em milissegundos para esconder o Quad quando o cursor estiver fora do limite da Margem para esconder o Quad.
    • Margem a ocultar Quad: Define a distância em pixels que o cursor pode se afastar do Quad. Se o cursor é movido para fora deste limite, o Quad é ocultado.
    • Quad fica transparente: Define se o Quad se torna transparente quando o mouse se move fora do Quad, mas dentro da margem de ocultação do Quad.
    • Atraso na dica do Quad: Ajusta o tempo de atraso em milisegundos para mostrar as dicas de tela. Se o valor é negativo, nenhuma dica é mostrada.
    • Atraso ao expandir Quad: Define o tempo em lilisegundo para expandir o Quad depois do clique do mouse.
    • Atraso na expansão da aba do Quad: Define o tempo em milisegundos para expandir um grupo, depois de clicar o mouse.
    • Dicas de sobrevôo: Especifica se as propriedades de entidade são exibidas no Quad ao pairar.
    • Opacidade na rolagem: Especifica o grau de opacidade quando o Quad está no estado de rolagem. Valores entre 10 (muito transparente) e 100 (totalmente opaco) são aceitos.
    • Conjunto de seleção no sobrevôo : Controla o conteúdo das dicas de sobrevôo, quando várias entidades estão selecionadas.
  2. Para editar uma configuração, selecione a configuração e siga um destes procedimentos:

    • Digite um novo valor.
    • Clique a caixa de seleção.
    • Escolha uma opção
  3. Feche o diálogo Configurações.

O layout do Quad

O layout do menu de cursor Quad depende de:

  • O tipo de entidade sob o cursor ou o conjunto de seleção atual.
  • A atual Area de trabalho.
  • Eventos geométricos tais como intersecção ou tangência.
  • Quando o cursor passa sobre uma entidade, a entidade destaca e o Quad exibe o comando usado mais recentemente com esse tipo de entidade.
    Quando várias entidades estão sob o cursor, pressione a tecla TAB para realçar em separado as entidades uma a uma.


    Se QUADCOMMANDLAUNCH = 1, clique com o botão direito para iniciar o comando. Se QUADCOMMANDLAUNCH = 0, clique no botão de comando.
  • Se Dicas de Sobrevôo = Ligada, as propriedades da entidade sob o cursor são mostradas no Quad.
    Se 
    a tela Quad estiver desligada, as dicas de sobreposição serão exibidas se:
  • Clique em uma propriedade para editar:
      

Quais propriedades serão exibidas para cada tipo de entidade especificada na guia Propriedades da caixa de diálogo Personalizar.
Selecione um tipo de entidade no painel esquerdo, então verifique propriedades no painel Sobrevôo.

  • Mova o cursor ao Quad para mostrar os comandos mais recentemente usados com o tipo de entidade.

    Um número de abas com categorias de comandos é mostrada na parte inferior.

  • Mova o cursor sobre as abas para expandir o grupo de comandos sob o cursor.

    Clique em um ícone para lançar o comando.

Nota: Para exibir as dicas de Sobrevôo, basta clicar na barra de título do Quad após expandi-lo.

Usando o Quad

  1. Passe o cursor sobre a entidade que você deseja manipular.
    A entidade sob o cursor é realçada e o Quad exibe o comando usado mais recentemente com esse tipo de entidade.

  2. (opção) Selecionar mais entidades.
    Ver Selecionando múltiplas entidades.

  3. Faça um dos seguintes:

    • Dependendo do valor da variável de sistema QUADCOMMANDLAUNCH, clique bot. direito ou clique o Quad para repetir o comando mais recentemente usado.
    • Mova o cursor para o Quad e selecione um comando diferente.
      Veja O Layout do Quad.
  4. Execute o comando.

Tutorial: Experimente o Cursor Quad no BricsCAD

Clique aqui para ver

Selecionando múltiplas entidades

  1. Mova o cursor sobre a primeira entidade, então clique quando a entidade se destacar.
    A entidade é selecionada e permanece destacada.

  2. Mova o cursor sobre outra entidade, então clique quando a entidade se destacar.
    A entidade é selecionada e permanece destacada.

  3. (opção) Repita o passo 2 para selecionar mais entidades.

  4. (opção) Mova o cursor a uma entidade selecionada, então pressione e mantenha a tecla Shift e clique.
    A entidade é removida do conjunto de seleção.

NOTAS

  • Quando o Quad está ativo, SELECTIONPREVIEW é deixada de lado, a menos que um comando solicite seleção de entidade.
  • Trabalhar com Sólidos Lineares
    • variável de sistema SELECTIONMODES controla quais sub-entidades são detectadas: bordas, faces e/ou
      limites. Mantendo pressionada a tecla Ctrl inverte o atual modo de seleção.
    • Clique um botão na barra Modos de Seleção para alternar uma opção. Um botão pressionado indica que a opção está selecionada.
      •   3D = Habilita detecção de bordas em sólidos 3D
      •  Habilita detecção de faces em sólidos 3D
      •   Ativa detecção de limites
  • Pressione repetidamente a tecla TAB para destacar todas as (sub)entidades sob o cursor.

Selecionando Arestas de Faces de Sólidos

Comando: DmSelectEdges

  1. Selecionar faces e/ou sólidos.
    Ver Selecionando múltiplas entidades.

  2. No grupo de comandos Modelo do menu do cursor Quad, clique na ferramenta Selecionar Bordas ().
    Todas as bordas das faces e sólidos apontados são selecionados.

  3. Pressione e segure a tecla Shift, e clique nas arestas a ser removidas do conjunto de seleção.

Usando o Quad para Criar Entidades

Se o sinalizador da variável de sistema QUADDISPLAY estiver definido, os comandos de criação de entidades estarão disponíveis no Quad.

Para definir a opção Exibir o Quad no botão direito do mouse: Clique o bot. direito do mouse no campo Quad na Barra de Status e marque a opção no menu de contexto.

Os comandos de criação de entidade disponíveis no Quad:

  • Os comandos mais recentemente usados. O número de comandos disponíveis varia de acordo com a preferência do usuário QuadWidth.
  • Um número de abas de grupos de comando, dependendo da atual area de trabalho.

Nota

Se o cursor estiver sobre uma entidade, mantenha pressionado o botão direito do mouse por mais tempo, para exibir a opção Sem Seleção no Quad.

Personalizando o Quad

Para abrir a caixa de diálogo Personalizar/Quad, faça o seguinte:

  • Clique com o botão direito do mouse no campo Quad na barra de Status e selecione Personalizar itens do Quad... no menu de contexto.
  • Execute o comando Personalizar, e selecione a guia Quad.

A caixa de diálogo Personalizar/Quad, tem duas abas de seção que estão envolvidas na personalização do Quad:

  • A seção Quad:
    Nesta seção, o nome e o conteúdo de todas as Abas do Quad podem ser especificados, similar à maneira como as Abas da Faixa de opções são personalizadas. Abas do Quad podem ser criadas, copiadas, renomeadas e excluídas. Gerencie o conteúdo de uma Aba Quad, arrastando botões a partir do lado direito da caixa de diálogo, ou usando o menu de contexto do botão direito do mouse, para adicionar, renomear, mover ou excluir Botões Quad. O lado direito da caixa de diálogo contém a lista completa de todos os botões que podem ser mostrados no quad. Estes incluem as ferramentas definidas no arquivo cui, além de todos os Botões do Quad definidos internamente, que são listados sob o novo ramo 'embutidos (Built-in)' na parte inferior. Estes botões embutidos são semelhantes às ferramentas, só que eles não podem ser editados: seu nome, ícone, sequência de comando etc... são somente-leitura. A condição que especifica se um determinado Botão Quad será exibido no quad quando o cursor passa sobre uma entidade, é especificado para cada Botão Quad individualmente na propriedade 'Filtros do Objeto', semelhante à maneira como Itens de Menu de Contexto do Objeto são configurados. Não é possível modificar o Filtro de Objeto de um Botão Quad embutido.
  • A seção Areas de trabalho :
    Esta seção define quais Abas do Quad estarão disponíveis no Quad, em que ordem e em qual área de trabalho. Nesta interface você pode adicionar/mover/remover Abas do Quad inteiras. O conteúdo das Abas do Quad não é mostrado e nem editável nesta secção, como isto é agora feito na seção 'Quad' da caixa de diálogo. Quando uma nova Aba do Quad é criada na seção Quad, esta Aba do Quad é automaticamente adicionada ao Quad em todas as áreas de trabalho.

Para editar as abas do Quad de uma área de trabalho

  1. Mova o cursor sobre uma barra, clique bot. direito e escolha Personalizar no menu de contexto.

  2. Clique na guia AreaDeTrabalho na caixa de diálogo Personalizar.

  3. Expandir a área de trabalho que você deseja editar.

  4. Expanda a lista Abas do Quad.
    As guias atualmente desativadas são exibidas em cinza.

  5. Para definir a disponibilidade de uma aba, selecione a aba e clique no campo Exibir na grade de Propriedades e escolha Sim ou Não.

  6. Para adicionar uma aba escolha uma das opções:

    • Posicione o botão direito do mouse sobre o nó Abas Quad e escolha a aba Anexar ao Quad no menu de contexto, para adicionar uma aba na parte inferior da lista de abas.
    • Selecione uma aba, clique bot. direito e escolha Inserir no menu de contexto, para adicionar uma aba acima da aba selecionada.
    • Na caixa de diálogo Selecionar Aba da Faixa de opções, selecione a aba que você deseja inserir e clique o botão OK. 

  7. Para remover uma aba, selecione a guia, depois à direita e escolha Excluir no menu de contexto.

  8. Para alterar a ordem das abas: arraste e solte as abas na lista.

Menus de Prompts

Comandos BricsCAD frequentemente fornecem várias opções. Estas opções são exibidas na barra de status ou barra de comando, e também em um menu de prompt, que inicialmente é mostrado no canto superior direito da tela. Escolha a opção apropriada, clicando no menu de prompt. Escolha opção apropriada clicando no menu prompt. Ex.: clique Raio no menu prompt de PLINHA para definir o raio dos segmentos atuais de uma polilinha.

Menu de prompt de polilinha ao desenhar segmentos de linha Menu de prompt de polilinha ao desenhar segmentos de arco

Para controlar a exibição de menus de prompt

Se o menu de prompt seja exibido e sua localização esteja controlada através da variável de sistema PROMPTMENU e da preferência de usuário PromptMenuFlags.

Digite promptmenu na barra de comando, e digite um valor de 0 a 5 (ver tabela abaixo) e pressione Enter.

Valor

Descrição

0

Sem menus prompts

1

Exibir menu prompt em localização definida pelo usuário (*)

2

Exibir o menu prompt no canto superior esquerdo

3

Exibir o menu prompt no canto superior direito

4

Exibir o menu prompt no canto inferior esquerdo

5

Exibir o menu prompt no canto inferior direito

(*) Você pode mover o menu prompt arrastando-o; os próximos menus prompts irão aparecer onde você colocou por último.

NOTAS

A variável de sistema PROMPTMENU é salva no registro e, portanto, aplica-se a todos os desenhos.

A preferência de usuário PromptMenuFlags tem duas opções:

  • 1 = Mostrar opções ocultas. Opções ocultas são mostradas em itálico.
  • 2 = Ocultar o menu prompt quando um comando solicita para selecionar entidades.
  • 3 = Desativar opções de seleção no menu prompt

Tutorial: O menu Prompt no BricsCAD e seus muitos usos

Clique aqui para ver

Tutorial: Personalizando o Prompt de Comando no BricsCAD

Clique aqui para ver

Paineis Encaixaveis

Os seguintes painéis podem ser encaixados: Editor de Animação, Attachments, BIM BCF, BIM Composições, BIM Perfis, BIM Navegador do Projeto, BIM Consulta, Listas de Materiais, Bricsys 24/7Barra de ComandoComponentesNavegador de Conteúdo, Detalhes, GPM Demo Propriedades, Painel CamadasNavegador de MecânicaParâmetros e RestriçõesPropriedadesMateriais de RenderizaçãoRelatórioFaixaOpçõesConjs. de FolhasEstruturaDicasPaletas Ferramenta,

Nota

Use o comando -TOOLPANEL para mostrar, ocultar ou alternar a exibição de vários painéis de ferramenta.

Os painéis são encaixados no lado esquerdo ou direito da tela, conforme definido na propriedade Painéis de um espaço de trabalho no modo de personalização Area de trabalho caixa de diálogo:

  • Painéis | Pilha (LDOCK) define os painéis empilhados no lado esquerdo da tela.
  • Painéis | Pilha (RDOCK) define os painéis empilhados no lado direito da tela.

O tipo de pilha é definido nas caixa de diálogo Customizar | Areas de trabalho por meio da propriedade Stack Type de uma área de trabalho.

Os tipos de pilha possíveis são:

  • Conjunto de painéis redimensionável fixo
  • Conjunto de painéis Recolhíveis
  • Conjunto do painel flutuantes

Para definir o tipo de pilha

  1. Mova o cursor sobre uma barra de ferramentas, e clique bot. direito.
    Exibe um menu de contexto:

  2. Escolha Empilhar painéis.

  3. Selecione o tipo de pilha desejado.

Conjunto de painéis redimensionável fixo

Os painéis estão encaixados ao lado uns dos outros ou em um painel com abas.

  • Clique em uma aba para exibir o painel.
  • Pressione e segure o botão esquerdo do mouse para arrastar uma aba para reorganizar a ordem de tabulação.
  • Arraste uma aba para a tela gráfica para torná-la flutuante.

Painéis recolhíveis e ConjPainéis flutuante

Os painéis são encaixados em um local padrão em uma faixa de abas de ícones à esquerda ou à direita da tela.
Os painéis flutuantes se sobrepõem à área de desenho, ocultando assim parte do desenho.
Painéis recolhíveis estreitam a área de desenho quando estão expandidos.

  • Clique em um ícone para expandir um painel. Apenas um painel na mesma faixa de ícones pode ser expandido.
  • Para recolher um ícone expandido, clique no ícone novamente.
  • Pressione e segure o botão esquerdo do mouse para arrastar um ícone para reorganizar a ordem dos ícones.
  • Arraste o ícone para a tela gráfica ou clique duas vezes no ícone para tornar o painel flutuante.

Para abrir ou fechar um painel

  1. Mova o cursor sobre uma barra de ferramentas, e clique bot. direito.
    Exibe um menu de contexto.

  2. Escolha Painéis.

    Os painéis que estão abertos no momento estão marcados.

  3. Clique em um painel no menu para alternar sua exibição.

    Ícone Painel
    Editor de Animação
    Anexos
    BIM BCF
    BIM Composições
    BIM Perfis
    Navegador do Projeto BIM
    BIM Consulta
    Listas de Materiais
    Bricsys 24/7
    Barra Comando
    Componentes
    Navegador de Conteúdo
    Detalhes
    GPM Demo Propriedades
    Camadas
    Navegador de Mecânica
    Parâmetros e Restrições
    Propriedades
    Faixa de Opções
    Materiais de Renderização
    Relatório
    Conjs. de Folhas
    Estrutura
    Dicas
    Paletas de Ferramenta

Para encaixar um painel

Embora os painéis possam ser encaixados em qualquer lado da tela gráfica, eles ficam em melhor posição na esquerda ou na direita.

Faça um dos seguintes:

  • Arraste o painel pela sua barra de título. Um retângulo indica o limite do painel. Solte o botão esquerdo do mouse quando o retângulo de limite estiver sobre uma borda da tela gráfica.
  • Duplo-clique na barra de título para encaixar o painel no seu local anterior.

Nota

A variável de sistema LOCKUI controla se a atual posição dos painéis flutuantes e/ou ancorados está bloqueada ou não.

Pressione e segure a tecla Ctrl para substituir. Clique no campo LOCKUI na Barra de Status para alternar o bloqueio da interface do usuário .

Para mover um painel para a outra aba de ícones

  1. Arraste o ícone para a outra faixa de ícones.
    O seletor do local de encaixe é exibido. A zona azul indica a posição de encaixe selecionada.

  2. Mova o cursor sobre o local de encaixe central e solte o botão esquerdo do mouse.

Mesa Digitalizadora

ComandoMesaDig

Visão geral: O comando do Tablet PC configura e calibra um tablet digitalizador e alterna o modo de tablet .

Este comando requer que wintab32.dll da Wacom Technology Corp esteja instalado no computador Baixe o driver wintab32.dll da Internet e coloque o arquivo no seu diretório do sistema C:\Windows\System32.

tablet igitizing, também chamado de mesa gráfica, um mesa gráfica ou mesa digitalizadora, é um dispositivo de entrada de computador que permite desenhar à mão imagens e gráficos, semelhante à maneira como se desenha imagens com um lápis e papel. Em um programa CAD, uma mesa digitalizadora pode ser usada para traçar desenhos de papel em um arquivo de desenho ou para iniciar comandos de desenho a partir de uma sobreposição de mesa digitalizadora.

Para usar uma mesa digitalizadora no BricsCAD

Para preparar o BricsCAD a usar mesa digitalizadora faça o seguinte:

  • Instale o driver apropriado para sua mesa.
  • Certifique- se de que wintab32.dll existe em C:\Windows\System32.
  • Para baixar a máscara de sobreposição e arquivos CUI
  • Imprimir a folha de template para Mesa Dig no BricsCAD.
  • Para carregar o arquivo CUI de sobreposição
  • Inicie BricsCAD, então inicialize a mesa.
  • Configure a mesa: parte da superfície da mesa é usada como a área do menu, e uma outra parte da tela é uma área de aponte.
  • Faça a Calibração da mesa: uma mesa calibrada pode ser usada para traçar a geometria de um desenho feito no papel ou a imagem, para um desenho vetorial.

Para baixar o tablet sobreposição e arquivos CUI

Clique aqui para baixar o arquivo Tablet.zip.

O arquivo ZIP contém os seguintes arquivos:

  •  overlay.png: uma imagem da sobreposição de tablet
  •  overlay(A3).pdf: para imprimir a máscara em tamanho de papel A3.
  •  overlay(cm).dwg: um desenho em que o overlay.png está anexado como uma imagem. O
    desenho contém dois layouts para imprimir a máscara usando unidades decimais.
  •  overlay(inch).dwg: um desenho em que o overlay.png está anexado como uma imagem. O
    desenho contém dois layouts para imprimir a máscara usando unidades imperiais.
  •  tablet.cui: um arquivo cui parcial para ser usado com uma mesa.
  • tablet(acadLike).cui: um arquivo cui parcial do tipo-AutoCAD, para ser usado com uma mesa.

Para carregar o arquivo CUI de sobreposição

  1. Extract the overlay CUI files to the Support folder of the roamable root folder (see BricsCAD User Files). Por exemplo
    Por exemplo C: \ Usuários \ [nome do usuário] \ AppData \ Roaming \ Bricsys \ BricsCAD \ V [versão nummer] \ en_US \ Support \.

  2. Carregar Tablet.cui como um CUI parcial (ver Para carregar um arquivo CUI parcial).
    Da próxima vez que você iniciar o BricsCAD, Tablet.cui será automaticamente carregado.

NOTAS

  • Por favor assegure-se que arquivo overlay.png de imagem está extraído na mesma pasta com os desenhos.
  • Pode ser necessário repetir o procedimento acima após atualizar o BricsCAD.

Para Ligar/Desligar a mesa

7. Faça um dos seguintes:

  • Clique no campo MesaDig na barra de status .
  • Pressione a tecla de função F4 para alternar o modo mesa digitalizadora.
  • Escolha MesaDig Liga ou MesaDig Desl no Configurações menu.
  • Digite MesaDig na barra de comando, pressione Enter e digite Liga ou Desl ;
    ou
    clique em ON ou OFF na caixa de prompts.

Para configurar a mesa digitalizadora

  1. 7. Faça um dos seguintes:

    • Escolha MesaDig no menu Configurações, em seguida, escolha Configurar... no menu flutuante.
    • Digite MesaDig na barra de comando e press Enter.
      Você será solicitado: Tablet:<On>ON / OFF / Calibrar /
      Configurar / :
      um menu prompt exibe:
      Tipo cfg na barra de comando e pressione Enter ou escolher Configurar no menu rápido.
  2. Você é solicitado: deseja alinhar a sobreposição de tablet? Sim / Não /<No>.
    Digite Y na barra de comando e pressione Enter ou selecione Sim no menu prompt.
    Você é solicitado: Aponte o canto inferior esquerdo da máscara.

  3. Clique na marca no canto inferior esquerdo (1) da máscara da mesadig. Você é solicitado:

    Aponte o canto inferior direito da máscara.

  4. Clique na marca no canto inferior esquerdo 2 da máscara da mesadig. Você é solicitado:
    Aponte o canto inferior direito da máscara.

  5. Clique na marca no canto inferior esquerdo (3) da máscara da mesadig. Você é solicitado:
    Aponte o canto inferior direito da máscara.

  6. Clique na marca na posição (4) na máscara da mesa digitalizadora. A barra de
    comandos lê: Digitalize o canto direito superior da área de aponte na tela:

  7. Clique sobre a marca na posição (5) na máscara mesadig. Você é solicitado: Mesa
    digitalizadora está configurada.

Para calibrar a mesa digitalizadora

Para calibrar a mesa digitalizadora você deve especificar pelo menos dois pontos Quanto mais pontos adicionais você especificar mais preciso será o processo de digitalização. Pontos adicionais são particularmente recomendados quando for digitalizar uma imagem não-ortogonal como uma fotografia aérea por exemplo.

  1. 7. Faça um dos seguintes:

    • Escolha Tablet no Configurações menu, em seguida, escolha Configure... no menu flyout.
    • Digite MesaDig na barra de comando e press Enter.
      Você será solicitado: Tablet:<com-qordoba-variable-escape><On></com-qordoba-variable-escape
      ON / OFF / Calibrar
      /
      Configurar / : um menu prompt exibe: Tipo cfg na barra de comando e pressione Enter ou escolher Configurar no menu rápido.
  2. Você será solicitado: Digitalize o ponto # 1:
    Clique em um ponto na mesa digitalizadora.
    Você é solicitado a inserir as coordenadas do ponto # 1:

  3. 7. Faça um dos seguintes:

    • Clique em um ponto na janela de desenho BricsCAD.
    • Digite as coordenadas (x, y) na barra de comando.
  4. Você será solicitado: Digitalize o ponto # 2:
    Repita a etapa 3 para especificar o ponto de calibração a seguir.
    Você será solicitado: Digitalize o ponto # 3 (ou ENTER para finalizar):

  5. 7. Faça um dos seguintes:

    • Repita a etapa 4 para especificar um ponto de
      calibração adicional. (Você pode especificar até 10 pontos de calibração).
    • Pressione Enter para concluir o processo de
      calibração. Você é
      solicitado: se 2 pontos de calibração são especificados:
      MesaDig calibrada. se 3 ou mais do que 4 pontos
      de calibração são especificados:
      Selecione o tipo de transformação Ortogonal/Afim:Se19 pontos forem
      especificados para calibração: Selecione tipo de transformação Projetiva/Ortogonal/Afim: 
  6. Selecione o tipo de transformação.
    Transformação refere-se ao cálculo dos pontos na tela que correspondem aos pontos que você digitalizou na mesa.

    •  Ortogonal (à esquerda): Para ser usado com desenhos precisos em papel. A transformação ortogonal mantém todos os ângulos e preserva as distâncias relativas Se apenas dois pontos de calibração são especificados a transformação ortogonal é gerada automaticamente.
    •   Afim (meio): Mantém linhas paralelas, mas não necessariamente os ângulos entre linhas que se interceptam.
    •   Projetiva (à direita): Não mantém linhas paralelas, nem ângulos.

Arquivos de Usuario BricsCAD

ComandosSupportFolderTemplateFolder

No BricsCAD as preferências de cada usuário são armazenadas em pastas específicas, que são chamados como pasta de Raiz Local e pasta de Raiz transportável.

A pasta de Raiz local (somente para Windows) contém a pasta Modelos, onde os modelos de desenho estão salvos.

A pasta Raiz transportável (Roaming) contém várias subpastas:

  • PlotConfig: onde os arquivos de configuração da plotadora (* .pc3) são salvos
  • PlotStyles: onde os arquivos da tabela de estilo de plotagem (* .stb) e os arquivos da tabela de cores de plotagem (* .ctb) são salvos
  • Support: onde os arquivos de padrão de hachura (* .pat), arquivos de estilo de linha (* .lin), arquivos de alias (* .pgp), arquivos de unidade (* .unt), arquivos de interface de usuário personalizados (* .cui) etc. são salvos
  • Templates: (Mac e Linux apenas) onde os modelos de desenho são salvos.

Plataforma

Local / Pasta raiz Roamable

Subpastas

Windows

C: \ Users \ [Nome_do_Usuário] \ AppData \ Local \ Bricsys \ BricsCAD \ V [Versão] \ en_US

\Templates

C: \ Usuários \ [Nome_do_Usuário] \ AppData \ Roaming \ Bricsys \ BricsCAD \ V [Versão] \ en_US

/PlotConfig

\PlotStyles

\Support

Mac

/ Users / [UserName] / Library / Preferências / Bricsys / BricsCAD / V [Versão] / en_US

/PlotConfig

/PlotStyles

/Support

/Templates

Linux

/ home / [NomeUsuário] / Bricsys / BricsCAD / V [Versão] / pt_BR

/PlotConfig

/PlotStyles

/Support

/Templates

Usando o Gerenciador de Arqs. de Usuário BricsCAD

Cada vez que você instala uma atualização do software, na primeira vez que lançar BricsCAD depois da atualização, o conteúdo da pasta UserDataCache (C:\Program Files\Bricsys\BricsCAD\UserDataCache) é comparada com o conteúdo da pasta Local root e a pasta Roamable root do usuário atual. Se você personalizou os arquivos nessas pastas e se um ou mais dos arquivos correspondentes na pasta UserDataCache são mais recentes, o Gerenciador de arquivos do usuário BricsCAD é lançado e pergunta se você quer manter seus arquivos ou sobreescreve-los com os arquivos da nova versão.

  1. 7. Faça um dos seguintes:

    • Selecione um arquivo na lista de arquivos e clique no botão Sim para substituir ou clique no botão No para manter seu arquivo.
    • Repita este procedimento para cada arquivo na lista.
    • Clique o botão Sim para tudo para substituir todos os seus arquivos com os arquivos mais recentes do BricsCAD.
    • Clique o botão Parar Cópia para manter todos os seus arquivos.
  2. Se você decidiu não atualizar um ou mais arquivos, será exibida uma janela de alerta.

  3. 7. Faça um dos seguintes:

    • Clique o botão Sim se você desejar atualizar um desses arquivos mais tarde.
      Neste caso este procedimento é reiniciado na próxima vez que iniciar o BricsCAD.
    • Clique o botão Não se você não quer ser lembrado.

Entender o Diálogo Personalizar

ComandoPersonalizar

O que são os arquivos CUI

Os arquivos com a extensão CUI são arquivos para Customização da Interface do Usuário para o BricsCAD. Esses arquivos de formato XML substituem os arquivos de definição de menu usados anteriormente (* .mnu * .mns). Os arquivos CUI podem ser editados com o editor interativo incorporado, lançado pelo comando CUSTOMIZE . Você pode migrar arquivos CUI entre versões do BricsCAD e combiná-los entre diferentes computadores.

Nota

O procedimento de Carregar arquivo CUI parcial ... aceita arquivos de menu do IntelliCAD (.mnu .mns) e converte-os para arquivos CUI.

Abrindo Caixa de Diálogo Personalizar

Para abrir o diálogo Personalizar faça o seguinte:

  • Escolha Personalizar... no menu Ferramentas.
  • No Windows: e OS X: Passe o mouse sobre uma barra de ferramentas ou na parte vazia da barra de ferramentas, clique o botão direito e escolha Personalizar no menu de contexto.
  • No Linux: Passe o mouse sobre uma parte em branco da barra de menus, da barra de status ou da área da barra de ferramentas, depois clique com o botão direito do mouse e escolha Personalizar no menu de contexto.
  • Digite Personalizar ou cuina barra de comando e pressione Enter.

Os componentes da caixa de diálogo Personalizar são:

  1. Menu Arquivo
  2. Localização e nome do arquivo principal de personalização
  3. Procure o botão para o arquivo principal de personalização
  4. Campo de pesquisa: digite uma frase para pesquisa e clique no ícone da lupa, clique novamente para a próxima ocorrência.
  5. Abas de Corte
  6. Conteúdo do corte selecionado
  7. Árvore de ferramentas disponíveis
  8. Grade de propriedades, exibindo as propriedades do item selecionado
  9.   Abre o histórico de personalizações. Aqui, configurações podem ser revertidas para os padrões.
  10.  Salva as alterações e fecha a caixa de diálogo Personalizar.
    Fecha a caixa de diálogo Personalizar, sem salvar as alterações.

Tutorial: Salvando suas personalizações com arquivos CUI parciais no BricsCAD

Clique aqui para ver.

Carregando e descarregando arquivos CUI

Comandos: CarrMenu CarregarIUP DescarrMenue DescarregarIUP

Quando você instala o BricsCAD, os arquivos CUI padrão são copiados para a pasta Support da sua pasta raiz Roaming. ex., C: \ Users \<user_name>\ AppData \ Roaming \ Bricsys \ Bricscad \ Vxx.x \ en_US \ Support).

Quando você iniciar o BricsCAD pela primeira vez, o arquivo default.cui é carregado automaticamente.

Há dois procedimentos para carregar um arquivo CUI:

  • Carregar arquivo CUI principal, que substitui todo o conteúdo existente com o conteúdo do novo arquivo CUI.

  • Carregar arquivo CUI parcial, que acrescenta o seu conteúdo para o conteúdo do arquivo CUI principal atualmente carregado.

Nota

Você pode carregar um arquivo de menu IntelliCAD, se selecionar arquivos MNU (*.mnu; *.mns) na caixa de listagem Arquivos do Tipo no quadro de diálogo Escolha um arquivo de Personalização nos procedimentos Carregar arquivo CUI principal, Carregar arquivo CUI parcial Gerenciar Grupos de Personalização. O menu arquivo será convertido para um arquivo CUI automaticamente.

Para Carregar um Arquivo CUI Principal

  1. 7. Faça um dos seguintes:

  2. A caixa de diálogo Selecionar arquivo principal CUI é exibida.

    Faça um dos seguintes:
    • Clique duas vezes em um arquivo CUI.
    • Selecione um arquivo CUI e clique no botão Abrir.
  3. O arquivo CUI selecionado é carregado.
    Feche o Personalizar o diálogo .

Para Carregar um Arquivo CUI Parcial

  1. Abra a caixa dediálogo Personalizar e selecione Carregue o arquivo CUI parcial ... no menu
    Arquivo . A Selecione o diálogo Personalização do arquivo.

  2. 7. Faça um dos seguintes:

    • Clique duas vezes um arquivo CUI.
    • Selecione o arquivo de imagem e clique o botão Abrir.
  3. Opcional: Repita as etapas 1 e 2 para carregar outro arquivo CUI parcial.

  4. 7. Faça um dos seguintes:

    • Clique no botão OK () para confirmar o carregamento do (s) arquivo (s) CUI parcial (s) e feche o diálogo Customize .
    • Clique no botão Cancelar para () fechar o diálogo Personalizar e descarregar o(s) arquivo parcial CUI .

Nota

Se um arquivo CUIX é selecionado na etapa 2 este será convertido instantaneamente em um arquivo CUI. Quando um arquivo CUIX contém bitmaps, estes são copiados em um arquivo de recurso .RESZ, que são suportados como alternativa ao recurso DLL (arquivo zip que contém os bitmaps da ferramenta; funciona em todas as plataformas). Os seguintes formatos de imagem são suportados: BMP, JPG, PNG, ICO, GIF, TIFF, XBM, XPM.

Para Descarregar um Arquivo CUI Parcial

  1.  Abra a caixa de diálogo Personalizar.
  2. Nos menus Menus , Barras de ferramentas ou Teclado seção selecione o arquivo CUI parcial que deseja descarregar.

  3. Clique bot. direito e escolha <selected partial CUI> Inserir Bloco no menu de contexto.

Gerenciando grupos de personalização

  1. Digite MENU na linha de comando, e pressione Enter.

  2. A caixa de diálogo Grupos de personalização
    do é aberta.

  3. Opcional: Para carregar um arquivo CUI parcial, clique no botão procurar () para selecionar um arquivo CUI parcial, clique no botão Carregar.

  4. Opcional: Para descarregar um arquivo CUI parcial, selecione o arquivo CUI parcial na lista dos Grupos de Personalização Carregados e clique no botão Descarregar.

  5. Clique no botão OK para confirmar.

Tutorial: Salvando suas personalizações com arquivos CUI parciais no BricsCAD

Clique aqui para ver.

Criar ferramentas personalizadas

Procedimento geral para criar ferramentas personalizadas

  1. Criar um arquivo CUI Parcial
  2. Opcional: Adicionar caixa(s) de ferramentas em um grupo de Menu.
  3. Opcional:Adicionar ferramentas numa caixa de ferramentas
  4. Opcional:Adicionar menu(s) principal
  5. Opcional:Adicionar sub menu(s)
  6. Opcional:Adicionar menu(s) de contexto
  7. Opcional: Adicionar barra(s) de ferramentas
  8. Opcional:Adicionar sub-menu(s) a barra de ferramentas
  9. Opcional:Adicionar controle(s) a barra
  10. Opcional: Adicionar atalhos de teclado
  11. Opcional:Adicionar ferramentas existentes aos menus, barras ou atalhos
  12. Opcional:Criar novas ferramentas em menus, barras ou atalhos
  13. Opcional:Alterar a ordem das ferramentas em menus e barras

Tutorial: Personalização Fácil do Menu

Clique aqui para ver.

Tutorial: Personalização Avançada de Menu

Clique aqui para ver.

Para criar um Arquivo CUI Parcial

  1. No caixa de diálogo Personalizar faça um dos seguintes:

    • No menu, Arquivo escolha Criar novo arquivo CUI parcial ....
    • Coloque o cursor no grupo de Menu, e com o botão direito clique e escolha Criar novo arquivo CUI parcial... no menu de contexto.
  2. O diálogo Criar um Arquivo de Personalização é aberto.
    Por padrão, o novo arquivo CUI parcial será criado na pasta Support da pastaraiz RoHSable .B
    Opcionalmente, selecione uma pasta diferente para salvar o arquivo CUI.

  3. Digite um nome para o novo arquivo CUI no campo Nome do Arquivo.

  4. Arquivo CUI parcial
    recém-criado é carregado e um Grupo de Menus de mesmo nome é criado na árvore de Menus, árvore se Barras de ferramentas, árvore de Teclados, e árvore de Ferramentas disponíveis.

 Para adicionar uma caixa de ferramentas em um grupo de menus

  1. 360006433074-Understanding-the-Customize-Dialog No caixa de diálogo Personalizar selecione um grupo de menus.

  2. Clique com o botão direito do mouse e escolha <com-qordoba-variable-escape><strong></com-qordoba-variable-escape
    Anexar
    caixa de ferramaentas no menu de contexto.

  3. Digite um nome para a nova caixa de ferramentas no campo Título do diálogo Adicionar caixa de ferramentas .

  4. Clique no botão OK.
    A caixa de ferramentas é adicionada na árvore das Ferramentas Disponíveis .

  5. Clique no botão Aplicar para salvar a definição.

Para adicionar uma ferramenta numa caixa

  1. Na caixa de diálogo Personalizar, selecione uma caixa de ferramentas na árvore Ferramentas Disponíveis.

  2. Clique bot. direito e escolha Inserir Bloco no menu de contexto.
    caixa de diálogo Adicionar flutuante é exibida.

  3. Digite um nome para a nova ferramenta no campo Título da caixa de diálogo Adicionar ferramenta.

  4. Opcional Digite uma sequência de ajuda no campo Ajuda da grade de propriedades.

  5. Digite um comando ou uma macro de comando, no campo Comando da grade de propriedades.
    por exemplo : ^c^c_-layer;m;InteriorWalls;; Mline
    No exemplo acima, é criada uma macro que torna atual a camada InteriorWalls e, em seguida, ativa o comando Mline . Se a camada ainda não existir, ela será criada primeiro.

  6. Clique o botão Procurar (), e selecione uma imagem para a nova ferramenta.
    Faça o seguinte:

    • Selecione Builtin , e escolha um dos ícones incluídos (builtin).

      Selecione o arquivo Bitmap, e escolha um arquivo de imagem bmp, gif, jpg, jpeg ou png.
    • Clique no botão OK.
  7. A ferramenta é adicionada na caixa de ferramentas.

Nota

Sintaxe para criar macros:

  • ^c^c é o equivalente a pressionar a tecla Esc duas vezes, que termina um comando em execução, se necessário.

  • um caractere de sublinhado (_) na frente de um nome de comando garante que a macro funcione numa versão não-Inglês do BricsCAD.

  • um ponto (.) na frente de um nome de comando garante que a macro ainda funcione se esse comando estiver temporariamente indefinido (ver comandos DESFDEFREDEFINIR).

  • um hífen (-) na frente de um comando lança a versão de linha de Comando do comando, evitando que se abra a janela de diálogo.

  • um ponto e vírgula (;) é equivalente a pressionar a tecla Enter

  • uma barra invertida (\) pausa temporariamente a macro para permitir a entrada do usuário, por exemplo especificando um ponto.

Para adicionar um menu principal

Novos menus são adicionados acima do menu selecionado existente, ou como o primeiro menu se você selecionar o subgrupo de Menus Principais.

  1. Na caixa de diálogo Personalizar clique na aba Menus.

  2. 7. Faça um dos seguintes:

    • Click o sub-grupo Menus Principais do grupo de menus, e clique bot. direito e escolha Anexar menu principal no menu de contexto.
    • Selecionar um menu existente no sub-grupo Menus Principais, e clique bot. direito e escolha Inserir menu principal no menu de contexto.
  3. Digite um nome para a nova ferramenta no campo Título da caixa
    de diálogo Adicionar ferramenta .

  4. Clique no botão OK.

  5. (opção) Repita as etapas 2 a 5 para adicionar mais menus de contexto.

  6. Clique o botão Aplicar para salvar as definições.

Nota

O novo menu principal não é adicionado para a Barra de Menus até que pelo menos um item de menu esteja adicionado a ele.

Para adicionar um submenu a um menu

Novos submenus são adicionados acima do item selecionado existente ou como o primeiro item se você selecionar o menu.

  1. Na caixa de diálogo Personalizar clique na aba Menus.

  2. Se estiver recolhido, expanda o grupo de menu (ex.: BRICSCAD).

  3. Se estiver recolhido, expanda o grupo Menus principais do grupo de menus.

  4. 7. Faça um dos seguintes:

    • Selecione um link de dados, clique com o botão direito do mouse e escolha Anexar sub-menu no menu de contexto.
    • Selecione um item existente no menu, clique com o botão direito e escolha Inserir sub-menu no menu de contexto.
  5. Digite um nome no campo Título da caixa de diálogo Adicionar sub-menu.

  6. Clique no botão OK.

Para adicionar um menu de contexto

Novos menus de contexto são adicionados acima do menu de contexto selecionado existente, ou como o primeiro menu de contexto se você selecionar o subgrupo Menus de Contexto.

  1. Na caixa de diálogo Personalizar clique na aba Menus.

  2. 7. Faça um dos seguintes:

    • Selecione o sub-grupo Menus de Contexto do grupo de menus, então clique o botão direito do mouse e escolha Anexar menu de contexto no menu de contexto.
    • Selecione um menu de contexto existente, então clique com o botão direito do mouse e escolha o menu Inserir contexto no menu de contexto.
  3. Selecione um menu na lista de menus da caixa de diálogo Adicionar menu de contexto .

  4. Opcional: Selecione Como menu de contexto regular, então clique então no botão Adicionar Contexto.... A caixa de diálogo Adicionar alias de contexto é exibida:

    Escolher:

    • CMCOMMAND: para substituir o menu de contexto padrão Comando.
    • CMDEFAULT: para substituir o menu de contexto padrão Padrão.
    • CMEDT: para substituir o menu de contexto padrão Editar.
    • GRIPS: para substituir o menu de contexto padrão Alças.
    • SNAP: para substituir o menu de contexto padrão Snap a Entidade.
  5. Clique no botão OK para confirmar.

  6. Opcionalmente, repita a etapa anterior para adicionar outro alias.
    Selecionar um alias e, em seguida, clique no botão Remover para remover
    o
    alias.

  7. Opcional: Selecione Como menu de contexto em entidades específicas:, então clique no botão Adic. Tipo(s) Entidade....
    A caixa de diálogo Adic. Alias Entidadeexibe:



    Selecione um ou mais tipos de entidade na lista.
    Execute um dos procedimentos a seguir e clique no botão OK para confirmar.

    • Marque a opção Uma entidade: o menu de contexto se aplica somente se uma entidade estiver selecionada.
    • Marque Múltiplas entidades: o menu de contexto se aplica somente às múltiplas entidades que estão selecionadas.
    • Marque as duas opções: menu de contexto se aplica se uma ou mais entidades estão selecionadas.
  8. Digite um nome no campo de título do Menu.

  9. Clique no botão OK para salvar o menu de contexto.

  10. (opção) Repita as etapas 2 a 5 para adicionar mais menus de contexto.

Para adicionar uma barra

Novas barras são adicionadas acima da barra selecionada existente ou como a primeira barra se você selecionar o grupo de menus.

  1. Na caixa de diálogo Personalizar clique na aba Barras.

  2. 7. Faça um dos seguintes:

    • Selecione um grupo de menus, e clique o botão direito do mouse e escolha Anexar barra no menu de contexto.
    • Selecione uma barra de ferramentas existente em um grupo de menus, clique com o botão direito do mouse e escolha Inserir barra de ferramentas no menu de contexto.
  3. Digite um nome para a nova ferramenta no campo Título da
    caixa de diálogo Adicionar ferramenta .

  4. Clique no botão OK.

  5. Opcional: Ajuste as propriedades da Barra de ferramentas.

    •  Título: O nome da barra de ferramentas deve incluir caracteres alfanuméricos sem pontuação, exceto traço (-) ou sublinhado (_). Tanto o Título como o Alias permitem que a barra de ferramentas seja referenciada de forma programática.
    • Posição: Define a posição de exibição da barra de ferramentas quando o arquivo CUI
      é carregado. As opçõessão: Flutuante,Superior, Esquerda,Inferior ou Direita. Osúltimos quatro referem-se à borda da janela onde a barra de ferramentas será encaixada.
    • Mostrar: Define se a barra de ferramentas é exibida ou não, quando é carregado o arquivo CUI.
    • Linhas: Especifica o número de linhas quando a posição da barra de
      ferramentas é flutuante. Barras de visualização com controles não podem ter várias linhas.
    • Xval:Quando a posição é Flutuante, especifica a coordenada X em pixels, medida a partir da borda esquerda da tela para o lado esquerdo da barra de ferramentas.
    • Yval: Quando a posição é Flutuante, especifica a coordenada Y em pixels, medidos a partir da borda superior da tela até a parte superior da barra.
  6. Clique o botão Aplicar para salvar as definições.

Nota

A nova barra é carregada somente se a propriedade Exibir é definida como Mostrar. Consulte Abrir uma barra de ferramentas para mais informações sobre como abrir barras de ferramentas.

Para adicionar um submenu a uma barra

  1. Na caixa de diálogo Personalizar clique na aba Barras.

  2. Se estiver recolhido, expanda o grupo de menu (ex.: BRICSCAD).

  3. Faça um dos seguintes:

    • Selecione uma barra de ferramentas, clique com o botão direito do mouse e escolha Anexe o Flyout no menu de contexto, para adicionar o submenu no final da barra de ferramentas.
    • Expanda a barra de ferramentas, clique com o botão direito em uma ferramenta e escolha . Insira o flyout no menu de contexto, para adicionar o flyout acima da ferramenta selecionada.
  4. Adicionar flyout caixa de
    diálogo

    exibe:

    Digite um nome no campo Título do diálogo Adicionar menu desdobrável, em seguida, clique no botão OK . Uma nova barra de ferramentas vazia é criada e inserida
    como um menu desdobrável da barra de ferramentas selecionadas:

  5. 7. Faça um dos seguintes:

    • Clique no campo Alias de Destino, e clique no campo de configurações, e selecione uma barra de ferramentas existente na lista drop-down.
    • Adicionar ferramentas à nova barra.

Para adicionar um controle a uma barra

  1. Na caixa de diálogo Personalizar clique na aba Barras.

  2. Se estiver recolhido, expanda o grupo de menu (ex.: BRICSCAD).

  3. 7. Faça um dos seguintes:

    • Selecione a barra de ferramentas, e clique bot. direito e escolha Anexar controle no
      menu de contexto. O novo controle será adicionado como o primeiro item da barra.
    • Selecione um item existente no menu, clique com o botão direito e escolha Inserir sub-menu no menu de contexto.
      O novo controle será adicionado acima do item existente selecionado.
  4. Selecione um controle no diálogo Adicionar controle .

  5. Clique no botão OK.

  6. Para especificar a largura do controle, faça o seguinte:

    • Aceite a largura Padrão.
    • Digite a largura em pixels no campo Largura.

Nota

Digite Padrão ou 0 (zero) no campo Largura para restaurar a largura padrão do campo de controle.

Para adicionar um atalho de teclado

  1. Na caixa de diálogo Personalizar clique na aba Teclado.

  2. Se estiver recolhido, expanda o grupo de menu (ex.: BRICSCAD).

  3. 7. Faça um dos seguintes:

    • Selecione o grupo de menu, e clique bot. direito e escolha Adicionar atalho no menu
      de contexto. O novo atalho será adicionado no final da lista.
    • Selecione um atalho na barra de ferramentas, e clique bot. direito e escolha Inserir atalho no menu de
      contexto. O novo atalho será adicionado acima do atalho existente.
  4. 7. Faça um dos seguintes:

    • Prossiga com o Adicione um procedimento de ferramenta existente.
    • Prossiga com a Adicione um novo procedimento de ferramenta.
  5. Na grade de Propriedades do novo atalho selecione o campo Tecla, e pressione a combinação de teclas que você deseja atribuir ao atalho.

Para adicionar uma ferramenta existente a um menu, barra de ferramentas ou atalho

  1. No caixa de diálogo Personalizar, selecione o item para o qual você deseja adicionar uma ferramenta existente.

  2. No painel de Ferramentas Disponíveis, expanda a caixa de ferramentas que contém a ferramenta que você deseja adicionar.

  3. Arraste a ferramenta para o item de destino:

    • Solte a ferramenta em cima o nome do item para acrescentar a ferramenta.
    • Solte a ferramenta na parte superior de outra ferramenta para inserir a nova ferramenta acima da ferramenta existente.
  4. Opcional: Editar a ferramenta na grade de configurações, ex., para adicionar uma expressão em diesel no campo Diesel.

Para criar uma nova ferramenta

  1. Na caixa de diálogo Adicionar escolha Crie uma nova ferramenta.

  2. Selecione a Caixa de Ferramentas na qual você deseja criar a nova ferramenta.

  3. Digite um nome para a nova ferramenta no campo Título da caixa de diálogo Adicionar ferramenta.

  4. Opcional:Digite uma sequência/frase de ajuda no campo Ajuda da grade de propriedades.

  5. Digite um comando ou macro de comando no campo Comando da grade de propriedades.



    Na imagem acima o campo Comando contém uma macro que faz com que a camada ParedesInteriores seja a atual, e lança o comando Multilinha. Se a camada ainda não existe, ele é criada primeiro.

  6. Clique no botão Procurar () e selecione uma imagem para a nova ferramenta.

  7. 7. Faça um dos seguintes:

    • Selecionar Incluído, e escolher um dos ícones incluídos (builtin).

    • Selecione arquivo Bitmap, e escolha um arquivo de imagem bmp, gif, jpg, jpeg ou png.
  8. Clique no botão OK para criar a nova ferramenta.

Para alterar a ordem das ferramentas em um menu ou barra de ferramentas

  1. No caixa de diálogo Personalizar, selecione o menu ou barra de ferramentas.

  2. Arraste a ferramenta para sua nova posição.:

    • Solte a ferramenta para cima do nome do item para movê-lo para a última posição.
    • Solte a ferramenta em cima de uma outra ferramenta para mover a ferramenta para acima desta ferramenta.

Faixa de Opções

Comandos: FaixaOpcoes e FecharFaixaOpcoes
Uma
fita organiza ferramentas de uma série de painéis (2) os quais são agrupados em diferentes Tabs
(1). O número de tabulações e sua ordem depende da área de trabalho atual e é definido no nó Faixa de opções da área de trabalho
(consulte Edição
de
uma Área de Trabalho ).
A variável de sistema RIBBONDOCKEDHEIGHT armazena a altura preferida da barra Ribbon. Valores entre 0 e 500 são aceitos. Configure o valor para 0 (zero) para o cálculo automático de altura.

Painéis da faixa de opções

Um painel da faixa de opções é composto de uma ou mais linhas. Em uma linha você pode adicionar um ou mais botões de comando ou painéis de linha, que por sua vez, podem conter um ou mais botões de comando.

Painel da Faixa

Estrutura do Painel da Faixa de Opções na caixa de diálogo Personalizar

O painel da faixa de opções Snaps a Entidade acima é composto de:

  • um lançador (1)

  • uma única linha, contendo três botões de comando (2), um painel de linha (3) com três linhas de quatro botões de comando cada, dois botões de comando (4) e um painel de linha (5), com três linhas de um comando cada um.

Botões na Faixa Opções

Os seguintes tipos de botões estão disponíveis:

  • Botão de comando (2): lança um comando

  • Botão de divisão (1): agrupa uma série de botões de comando, muito parecido com uma barra flutuante.

  • Botão de alternância (3): alterna uma configuração; mostra o status atual da configuração

Criando uma Aba da Faixa de Opções

  1. Abra a caixa de diálogo Personalizar.

  2. Clique na guia FAIXAOPCOES na caixa de diálogo Customize.

  3. Clique com o botão direito do mouse nas guias Faixa de opções grupo e escolha Anexar a guia da faixa de opções no menu de contexto.

  4. Preencher os campos na caixa de diálogo Adicionar Aba na Faixa de Opções:

     : Legenda na aba da faixa de opções.
    Título : Usado na caixa de diálogo Selecionar Aba da Faixa de Opções ao selecionar abasda
    faixa de opções para uma área de trabalho (ver Editando uma Area de Trabalho ). ID: Um nome exclusivo para identificar a aba da faixa de opções.
  5. Clique no botão OK.

Editando uma aba da faixa de opções

  1. Abra a caixa de diálogo Personalizar.

  2. Clique na guia FAIXAOPCOES na caixa de diálogo Customize.

  3. Expanda as guias da Faixa de opções grupo.

Para adicionar um painel a uma aba da faixa de opções

  1. 7. Faça um dos seguintes:

    • Clique com o botão direito na guia da faixa de opções e escolha Anexe o painel no menu de contexto, para adicionar um painel no final.

    • Clique bot. direito do mouse num painel existente e escolha Inserir painel no menu de contexto para adicionar um painel acima do painel selecionado.

  2. Selecione o painel na caixa de diálogo Selecionar Selecionar painel de fita e clique no botão OK .

  3. Opcional: Arraste o painel para uma posição diferente.

Para remover um painel de uma aba da faixa de opções

  1. Selecionar o painel.

  2. 7. Faça um dos seguintes:

  3. Pressione a tecla Excluir.

  4. Clique o botão direito do mouse e escolha Excluir no menu de contexto.

Criando um Painel na Faixa de Opções

  1. Abra a caixa de diálogo Personalizar.

  2. Clique na guia FAIXAOPCOES na caixa de diálogo Customize.

  3. Clique com o botão direito do mouse no grupo Ribbon e escolha Anexar o painel da faixa de opções no menu de contexto.

  4. Preencha os campos na caixa de diálogo Adicionar Painel da Faixa de Opções:

     : Legenda do painel na faixa de opções.
    Título : Usado na caixa de diálogo Selecionar Painel da Faixa de Opções ao selecionar
    os painéis para uma aba da faixa de opções ID: Um nome exclusivo para identificar o painel da faixa de opções.
  5. Clique no botão OK.

Editanto um Painel da Faixa de Opções

  1. Abra a caixa de diálogo Personalizar.

  2. Clique na guia FAIXAOPCOES na caixa de diálogo Customize.

  3. Expanda as guias da Faixa de opções grupo.

  4. Expandir o painel da faixa de opções.

Para adicionar linha num painel da faixa de opções

7. Faça um dos seguintes:

  • Clique bot. direito do mouse no painel da faixa de opções e escolha
    Anexar Linha no menu de contexto. A linha é adicionada à parte inferior da árvore do painel da faixa de opções.

  • Clique com o botão direito do mouse em uma linha existente e escolha Insira a linha da faixa de opções no menu de contexto.
    A linha é adicionada acima da linha existente.

  • (opção) Arraste a linha para um local diferente, na árvore do painel da faixa de opções.

Para adicionar um lançador para um painel da faixa de opções

  1. Clique com o botão direito do mouse no painel da faixa de opções e escolha Adicione o ativador no menu de contexto.

  2. Selecione uma ferramenta disponível ou Criar uma Nova Ferramenta, e clique o botão OK.

 Editando uma linha de painel

  1. Abra a caixa de diálogo Personalizar.

  2. Clique na guia FAIXAOPCOES na caixa de diálogo Customize.

  3. Expanda as guias da Faixa de opções grupo.

  4. Expandir o painel da faixa de opções.

  5. Expandir as linhas de faixas de opções e painéis de linha da faixa de opções.

Para adicionar um painel de linha a uma linha

7. Faça um dos seguintes:

  • Clique bot. direito do mouse na linha e escolha Anexar Painel de Linha
    no menu de contexto. O painel de linha é adicionado à parte inferior da árvore de linha.

  • Clique bot. direito do mouse numa linha existente e escolha Inserir Linha da Faixa de
    Opções no menu de contexto. A linha é adicionada acima da linha existente.

Para adicionar um botão de comando a uma linha

  1. Arraste e solte uma ferramenta da lista Ferramentas Disponíveis sobre a linha.
    Solte a ferramenta na linha para adicionar um botão de comando na parte inferior da árvore de linha. Solte
    a ferramenta em um botão de comando existente para adicionar um botão de comando acima de um botão de comando existente.

  2. Defina a botão estilo na grade de botão de botão de comando .

     As opções são: 

    Ícone

    -estilo

    Pequeno

    Pequeno com texto

    Grande

    Grande com texto

  3. (opção) Arraste o botão de comando para uma posição diferente na mesma linha ou em uma linha diferente.

Para adicionar um botão de dividir a uma linha

  1. Selecione um grupo de menus, e clique o botão direito do mouse e escolha Anexar barra no menu de contexto.
    O botão de alternância é adicionado abaixo da árvore da linha.

  2. Arraste uma série de ferramentas relacionadas da lista de Ferramentas Disponíveis para sobre o botão de divisão.

  3. Defina a botão estilo na grade de botão de botão de comando .

     As opções são:

Ícone

-estilo

Pequeno
Pequeno com texto
Grande
Grande com texto
  1. Digite um texto de rótulo no campo Label.

  2. (opção) Defina o Comportamento para Dividir com recente (texto estático) : sempre exibir o rótulo do botão de divisão, em vez do rótulo da ferramenta mais recentemente usada.

  3. Opcional: Arraste o Botão Separar para uma posição diferente, na mesma linha ou em uma linha diferente.

  4. Arrastar e soltar ferramentas da lista Ferramentas Disponíveis sobre o botão de dividir.

Para adicionar um botão de alternância a uma linha

  1. Selecione um grupo de menus, e clique o botão direito do mouse e escolha Anexar barra no menu de contexto.

  2. Selecione uma ferramenta disponível ou Criar uma Nova Ferramenta, e clique o botão OK.

  3. O botão de alternância é adicionado abaixo da árvore da linha.

  4. Opcional: Arraste o botão de alternar para uma posição diferente, na mesma linha ou em uma linha diferente.

Para adicionar um controle a uma linha

  1. Arrastar um controle da lista de controles sobre a fila.
  2. Soltar o controle na linha para adicioná-lo abaixo da árvore de linha.

  3. Soltar o controle em um botão de comando existente para adicioná-lo acima do botão de comando.

Aliases de Comando

Aliases de comando são nomes alternativos para os comandos BricsCAD. Você pode iniciar o comando LINHA digitando L na linha de comando. Não há necessidade de digitar o nome completo. Depois de digitar o alias do comando na linha de comando, o comando é executado. Alguns comandos têm mais de um alias: por exemplo, REC, RECT e RECTANG são todos aliases para RETANGULO, considerando que o último alias é quase o nome do comando. Em geral, aliases de comando podem aumentar sua velocidade em inserir os comandos no teclado.

Os aliases de comando são salvos em um arquivo * .pgp (arquivo do ProGramParameters). Por padrão, o arquivo default.pgp na pasta Support da pasta raiz Roamable é usado.

Se um comando pode ser executado de forma transparente (= enquanto outro comando está sendo executado), o alias também pode ser usado de forma transparente. Para executar um comando ou um alias de forma transparente, preceda o nome ou o alias com um apóstrofo (').

NOTAS

  • Ao contrário dos comandos, aliases são apenas de alcance local e não podem ser usados como acesso global (precedido por um caractere de sublinhado (_).

  • Aliases de comando não podem ser usados em scripts (.scr).

Para Editar o arquivo de Alias em um Editor de texto

A fim de modificar os acrônimos existentes ou criar novos, o arquivo default.pgp pode ser editado usando um editor de texto do ASCII (por exemplo, o bloco de notas).

A primeira seção do arquivo default.pgp define os comandos Shell. A segunda seção do arquivo default.pgp define aliases de comando.

A sintaxe a seguir é usada para definir um alias do comando:

alias, *comando

alias = a cadeia de caracteres para ser digitado no prompt de comando. O comando alias deve ser seguido por uma vírgula (,).

comando = o comando BricsCAD. O nome do comando deve ser precedido por um asterisco (*).

Linhas de comentário devem ser precedidas por ponto e vírgula (;).Linhas de comentário podem ser usadas para inserir informações adicionais, por exemplo, quando o arquivo teve a última edição, e por quem.

Alguns comandos, como HACHURA ou LIMITE,podem ser precedidos por um hífen (-) para acessar a versão de linha de comando do comando em vez da versão pela caixa de diálogo. Aliases de comando também podem ser criados para estes comandos, por exemplo.

vi, *-vista

Execute o comando REINIC para recarregar o arquivo de alias, quando este foi editado externamente.

Usando a caixa de diálogo Personalizar para Editar o arquivo de Alias

  1. Abra a caixa de diálogo Personalizar.

  2. Clique na guia Aliases na caixa de diálogo Personalizar .

  3. Opcional Para criar um novo alias:

    • Clique no botão Adicionar .
      A a caixa de diálogo Adicionar Alias é exibida.

    • Clique a seta para baixo no lado direito do campo de Comando e selecione um comando.
      Você pode começar digitando o nome do comando no campo de Comando para encontrar facilmente o comando na lista.
    • Digite o alias de comando para o comando no campo Alias.
    • Clique no botão OK.
  4. Opcional Para editar um alias existente:

    • Selecione alias na lista.
    • Clique no botão Editar .
      A caixa de diálogo Editar Alias é exibida:

    • Digite um novo alias no campo Alias.
      Se já existir o alias você será solicitado a substituir o alias existente.
    • Clique no botão OK.
  5. Opcional Para excluir um alias:

    • Selecione alias na lista.
    • Clique no botão Excluir .
      Confirme a caixa .
    • Clique no botão OK na caixa Confirmar para excluir o alias.
  6. Clique no botão OK para fechar a caixa de diálogo Customize .

    Nota

    Se você usar a caixa de diálogo Personalizar para editar o arquivo de alias, não é necessário executar o comando REINIC .

Abreviando a Entrada de Comandos com Aliases (atalhos)

Clique aqui para ver.

Gerenciador do Perfil do Usuario

Comando: ProfileManager

No BricsCAD você pode personalizar as configurações que controlam o seu ambiente de desenho, que pode ser salvo em um perfil de usuário. Você pode criar vários perfis de usuário, por exemplo, um perfil para executar BricsCAD com um fundo branco e um limitado conjunto de barras de ferramentas e outro perfil sem a barra de comando e todas as barras de ferramentas e ajuste das configurações necessárias para desenhar confortavelmente em 3D. Perfis de usuário também podem ser usados quando vários usuários compartilham o mesmo computador e cada usuário prefere criar seu ambiente pessoal de desenho.

Perfis de usuário podem ser salvos em um arquivo, que pode ser importado em um computador diferente. Isto permite-lhe copiar as configurações para um novo computador ou instalar as mesmas configurações em vários computadores.

Se você usar aplicações de terceiros sobre o BricsCAD, você talvez queira criar um perfil de usuário para usar com cada uma dessas aplicações.

Gerenciador de Perfil de Usuário é uma ferramenta autônoma que lista os perfis existentes e fornece todas as ferramentas necessárias para Carregar, Criar, Definir Atual, Copiar, Renomear, Excluir, Exportar e Importar perfis de usuário.

Conteúdo de um perfil de usuário

Perfis de usuário salvam muitas configurações que controlam o ambiente de desenho. Uma vez que você iniciar o BricsCAD usando um perfil de usuário, ele automaticamente controla e armazena as alterações que você fizer em seu ambiente de desenho.

  • Arquivo principal Cui.
  • Area de Trabalho atual: BricsCAD tem cinco áreas de trabalho standard: Desenho 2D, Modelagem 3D, Mecânica, Sheet Metal e BIM.
  • Ajustes de configuração: todas as variáveis de sistema que são salvas no Registry () e preferências do usuário.
  • Configurações padrão de plotagem.
  • Configurações em janelas de diálogo, por exemplo opções de pesquisa na caixa de diálogo Configurações.
  • Projeto configurações
  • Caminhos recentes
  •  Barra de status configurações
  •  Propriedades Barra configurações
  • Barra de ferramentas e configuração do menu
  • CONJTRABALHO.

Para iniciar o gerenciador de perfil de usuário

Faça um dos seguintes:

  • Quando o BricsCAD está sendo executado: escolha Gerenciador de Perfis de Usuário no menu Ferramentas.

  • Do menu Iniciar do Windows , escolha Todos os programas> Bricsys> BricsCAD> Gerenciador de Perfis de Usuário.

  • Clique duas vezes em userprofilemanager.exe na pasta do programa BricsCAD (por exemplo, C: \ Arquivos de Programas \ Bricsys \ BricsCAD Vx).

Na caixa de diálogo Gerenciador de Perfis do Usuário:

  • perfil atual está marcado.
  •  Criar: Cria um novo perfil, usando as configurações padrão.
  •  Definir Atual: Define o perfil selecionado como o perfil atual, que será usado na próxima vez que você inicia o BricsCAD.
  •  Copiar: Clique para fazer uma cópia do perfil selecionado.
  •  Excluir: Clique para excluir o perfil selecionado.
  •  Exportar...: Clique para salvar o perfil selecionado para um arquivo no seu computador, disco ou rede. O arquivo é salvo com uma extensão .arg.
  •  Importar...: Clique para abrir um perfil que foi salvo no arquivo .arg.
  •  Iniciar: Inicia o BricsCAD com o perfil de usuário selecionado.
  •   OK: Fecha o Gerenciador de Perfis de Usuário caixa de diálogo
  • Dê um duplo-clique em um perfil na lista dos perfis disponíveis, para iniciar o BricsCAD usando este perfil.

Criando perfis de usuário

Para criar um novo perfil de usuário:

  1. Inicie o Gerenciador de perfis do usuário

  2. Clique no botão Criar na janela de diálogo do Gestor de Perfil de Utilizador .
    A caixa de diálogo Criar perfil caixa de diálogo é aberta.

  3. Digite um novo nome para a paleta no campo Nome.

  4. Opcional Digite uma descrição para o novo perfil no campo Descrição.

  5. Clique no botão OK para criar o perfil.

    O novo perfil é adicionado na lista de perfis disponíveis. O novo perfil é criado usando valores codificados de padrão para todas as configurações.

Nota

Use a opção Copiar para criar um novo perfil de usuário como uma cópia de um perfil existente.

Iniciar o BricsCAD com um perfil de usuário específico

Quando você iniciar o BricsCAD, é usado o mesmo perfil de usuário que era atual quando você fechou a sessão anterior do BricsCAD.

Se a variável de sistema GETSTARTED está Ligada, a página COMEÇAR da Caixa de diálogo Bem-vindo é exibida na inicialização. Aqui você pode selecionar o perfil de usuário que deseja usar.

Para criar um atalho de teclado para lançar o BricsCAD usando um perfil de usuário específico, escolha uma das opçõees:

  • Adicione a opção /P para as configurações de Destino do atalho do
    BricsCAD. Para abrir a caixa de diálogo de configurações de atalho: clique bot. direito no ícone do atalho no desktop e
    escolha Propriedades <UserProfileName>

    no menu de contexto. Um atalho BricsCAD típico
    poderia ser \"C:\Program Files\Bricsys\BricsCAD Vx\bricscad.exe\" / p

  • Inicie o Gerenciador Perfil do Usuário , em seguida, dê um duplo clique em um perfil de usuário ou selecione um perfil de usuário e clique no botão Iniciar.

Nota

  • A opção /P não faz distinção entre maiúsculas e minúsculas.
  • Se você carregar um perfil de usuário quando o BricsCAD estiver executando, uma segunda sessão do BricsCAD é lançada, pelo menos na condição de que a variável SINGLETON esteja Desligada. Esta variável controla se múltiplas sessões BricsCAD podem executar simultaneamente. Ver a caixa de diálogo Configurações para obter mais informações sobre variáveis e configurações.
  • Se o perfil de usuário no argumento da opção /P não existir, o perfil de usuário é criado automaticamente, utilizando valores padrão codificados para todas as configurações.
  • Se o nome de perfil de usuário contiver espaços, use aspas duplas: por exemplo, /P "fundo branco".

Reiniciando BricsCAD Usando um Perfil de Usuário Diferente

  1. Escolha Gerenciador do Perfil do Usuário no menu Ferramentas.

  2. Selecione o perfil de usuário com que você deseja iniciar.

  3. Clique no botão Definir corrente na caixa de diálogo do Gerenciador de perfis de usuário .

  4. Feche e reinicie o BricsCAD.

Nota

Se a variável de sistema GETSTARTED está Ligada, a página COMEÇAR da Caixa de diálogo Bem-vindo é exibida na inicialização. Aqui você pode selecionar o perfil de usuário que deseja usar.

Gerenciando perfis de usuário

Uma vez que você começar a usar perfis de usuário, talvez você precise copiar, renomear ou exclui-los. Copiar um perfil é uma maneira rápida de criar um novo perfil com base em um perfil existente.

Para excluir um perfil de usuário:

  1. Inicie o Gerenciador de perfis do usuário

  2. Selecione o perfil de usuário que você deseja copiar.

  3. Clique no botão COPIAR .
    A caixa de diálogo Copiar perfil é exibida.

  4. Digite um novo nome para a paleta no campo Nome.

  5. Opcional Digite uma descrição para o novo perfil no campo Descrição.

  6. Clique no botão OK para salvar as alterações.

Para RENOMEAR um perfil de usuário:

  1. Inicie o Gerenciador de perfis do usuário

  2. Selecione o perfil de usuário que você deseja renomear.

  3. Clique no nome do perfil do usuário selecionado.
    campo Nome perfil está
    ativo agora.

  4. Digite um nome no campo Nome de arquivo.

  5. Clique fora do campo de nome de perfil .

Para editar o campo Descrição:

  1. Selecione o perfil para o qual você deseja editar a descrição.

  2. Edite o campo Descrição.

Para excluir um perfil de usuário:

  1. Inicie o Gerenciador de perfis do usuário

  2. Selecione o perfil de usuário que deseja excluir.

  3. Clique no botão Excluir.

  4. Clique no botão Sim na caixa de confirmação para excluir o perfil.

Nota

perfil atual não pode ser excluído.

Para exportar um perfil de usuário

  1. Inicie o Gerenciador de perfis do usuário

  2. Selecione o perfil que você deseja exportar na lista de perfis.

  3. Clique no botão Exportar .
    Exibe o diálogo Salvar como.

  4. Selecione uma pasta na qual salvar o perfil de usuário.

  5. Opcional Edite o nome do perfil no campo Nome do arquivo .

  6. Clique no botão Salvar .
    O arquivo é salvo com uma extensão * .arg .

Para importar um perfil de usuário

  1. Inicie o Gerenciador de perfis do usuário

  2. Clique no botão Importar .
    A caixa de diálogo é exibida.

  3. Selecione um arquivo de perfil de usuário (.arg).

  4. Clique no botão Abrir .
    A caixa de diálogo Importar Perfil é exibida.

  5. Opcional: Digite um nome diferente no campo Nome do perfil.

  6. Opcional Edite a descrição do perfil.

  7. Clique o botão OK na caixa de diálogo Importar Perfil .
    O perfil é adicionado à lista de perfis.

Para importar um perfil de usuário de outro usuário

Quando importar um perfil de outro usuário todos os caminhos dependentes de procura (e. g. as pastas da raiz local e raiz transportável - veja BricsCAD Arquivos de Usuário) ainda se referem ao outro usuário, como resultado as pastas podem não ser encontradas e mensagens de êrro tais como \"Incapaz de abrir arquivos de parâmetros do programa: default.pgp\" podem aparecer quando você iniciar o BricsCAD.

Para corrigir este problema faça o seguinte:

  1. Abra o perfil de usuário exportado (.arg) num editor de texto como Bloco de Notas.

  2. Substitua as referências dependentes de 'nome de usuário' por uma variável de ambiente.
    Em um computador com Windows XP substiua C:\\Documents and Settings\\username com %USERPROFILE%.
    Em um computador com Windows Vista ou Windows 7 substitua C:\\Users\\username com %USERPROFILE%.

  3. Use o procedimento de Localizar/Substituir para substituir rapidamente todas as referências.

  4. Salvar o perfil do usuário (* .arg)

  5. Importar um perfil de usuário

Inicie o BricsCAD usando o perfil importado.
A variável de ambiente %USERPROFILE% será substituída por: C: \\ Users \\ currentusername.

Nota

Variáveis de ambiente em perfis, usando o <variable_name> formato %%, são suportados em V10.3.11. e superior.

Areas de Trabalho

Caixa de dialogo Configuracoes

Comando : Configurações

Tutorial: Ajustar Configurações é Melhor Que Escolher Opções, e Aqui está o Porquê.

Clique aqui para assistir

Acessar a caixa de diálogo Configurações

BricsCAD centraliza todas as variáveis do sistema e preferências do usuário em uma única caixa de diálogo chamada Configurações. Se desejar digitar, você poderá acessar a caixa de diálogo Configurações com os comandos OPÇÕES ou CONFIGDES . Se você preferir o acesso gráfico, você encontrará a ferramenta no grupo de comando geral no Quad.

As ferramentas na caixa de diálogo Configurações permitem que você encontre e edite as mais de 900 variáveis do sistema e preferências do usuário no BricsCAD. Você pode até exportar todos eles e seus valores para um arquivo CSV.

As ferramentas na parte superior da caixa de diálogo Configurações permitem visualizar as configurações de maneiras diferentes:

  • : Categorizado

  • : Alfabético

  •  : Diferenças em comparação com os padrões

Abaixo dessas ferramentas está a lista de configurações. E, na parte inferior, você encontrará informações úteis sobre a configuração selecionada.

  1. Configuração selecionada

  2. Nome

    • Nomes de variáveis de sistema são totalmente em maiúsculas, exemplo: INSUNITS
    • Nomes de preferências do usuário são maiúsculas e minúsculas: TemplatePath
  3. Título

  4. Descrição

  5. Digite e salve o local

    •   : Configuração editável
    •  : Configuração não-editável
    •   : Salvo no desenho = pode ser definido de forma diferente em cada desenho
    •   : Salvo no registro = aplica-se a todos os desenhos abertos no perfil de usuário atual
    •   : A configuração não pode ser salva
    •    : A maioria das configurações corresponde a variáveis do AutoCAD. Existem algumas exclusivas do BricsCAD. Estas são indicadas por ícone adicional.

Vista Categorizada

A ferramenta Categorizada exibe uma vista em árvore que agrupa as variáveis nas várias categorias. Você pode expandir cada categoria para acessar variáveis relevantes. E, em muitos casos, você pode expandir subcategorias adicionais.

Vista Alfabética

Se você souber o nome da configuração que deseja modificar, poderá preferir exibir as instâncias de configurações em vez de categoricamente. Fazer isso lista todas as configurações em ordem alfabética com base em seu Título. . O título é diferente do nome real da variável. Por exemplo, Por exemplo, A direção de ângulo controla a variável de sistema ANGDIR.

Diferenças com a vista padrão

Apenas as configurações diferentes dos padrões são listadas neste modo de visualização.

Configurar a caixa de diálogo Configurações

Clique no botão da ferramenta  Camadas... na barra Configurações.

A caixa de diálogo Configurar configurações permite que você controle como o BricsCAD procura configurações e como as configurações modificadas são listadas quando o modo de visualização Diferenças é selecionado.

Encontrar configurações

Para encontrar uma configuração, faça o seguinte:

  1. Opcional: Abra o Configurar caixa de diálogo Configurações para definir as opções de onde Localizar.

  2. Digite uma frase/string no campo Pesquisar.
    Conforme você digita, a primeira configuração correspondente ao conteúdo do campo de pesquisa é realçada.

  3. Faça um dos seguintes:

    • Continue digitando: a próxima configuração correspondente é realçada conforme você digita.
    • Clique no Localizar Próximo () ou Localizar Anterior () botões para ir para a configuração anterior ou seguinte correspondente ao conteúdo do campo de pesquisa.
      A cor de fundo do campo de pesquisa fica verde quando é atingida a configuração final que corresponde à pesquisa.

Editar configurações

Depois de encontrar a configuração desejada, selecione-a para visualizar seu valor e propriedades atuais. Se a configuração for editável, você pode clicar na caixa de valor para alterá-la. As opções de valor variam dependendo da configuração. Por exemplo, algumas podem exigir que você insira um número, enquanto outras podem incluir uma caixa de seleção ou uma lista suspensa.

Algumas configurações estão em cinza, indicando que são somente leitura. Além disso, um ícone de cadeado () no canto inferior esquerdo da caixa de diálogo Configurações os identifica claramente como somente leitura.

Editar variáveis do sistema na Linha de Comando

A caixa de diálogo Configurações oferece um método gráfico e intuitivo para você visualizar e editar as variáveis do sistema e as preferências do usuário. Pode ser particularmente útil se você não souber o nome exato da variável ou se quiser alterar várias variáveis. No entanto, se você preferir visualizar e editar variáveis através da linha de comando, você também pode fazer isso! Basta digitar o nome da variável ou DEFVAR.

Os nomes de preferência do usuário sãoreconhecidos pelo recurso PREENCHIMENTOAUTOM da barra de comando se o Exibir opções de preferência opção da variável de sistema AUTOCOMPLETEMODE é verificada.

Os nomes de preferências do usuário são reconhecidos pelo recurso PREENCHIMENTOAUTOM da barra de comando se a opção Exibir variáveis de preferência na variável de sistema AUTOCOMPLETEMODE estiver marcada.

Exportar configurações

Independentemente de como você visualiza ou edita as configurações no BricsCAD, você pode facilmente exportá-las para um arquivo delimitado por vírgula (CSV). Clique no ícone Clique no ícone Export () e insira o nome e o local do arquivo na caixa de diálogo Export Settings.

Com o arquivo CSV criado, você pode abri-lo em um aplicativo de planilha para visualizar facilmente todas as propriedades da variável. Isso pode ser especialmente útil para solucionar problemas de diferenças de comportamento entre diferentes sistemas ou desenhos.

Criando um desenho

Comandos: NOVO NEWWIZ e NOVOR

No BricsCAD você pode criar novos desenhos:

  • Usando um modelo de desenho padrão.
  • A partir do zero.
  • Usando um modelo de desenho de sua escolha.
  • Usando um assistente.
  • Clique duas vezes em um arquivo * .dwt em uma janela do Windows Explorer.

Usando o diálogo Bem-vindo

Aquando você lançar o BricsCAD e o valor da variável de sistema GETSTARTED for Ligado, a página Começar do diálogo Bem vindo é exibida.

Marque a opção Não mostrar esta janela novamente para suprimir a exibição da caixa de diálogo Bem-vindo.

Na página Começar, siga um destes procedimentos:

  • Selecione um perfil na lista Definir o perfil atual, e clique em Novo Desenho para iniciar o BricsCAD com um novo desenho usando o modelo padrão do perfil
    selecionado. Desenhos de modelo padrão em Predefinições de Perfil são:

    Perfil
    Preset

    Template

    Imperial

    Métrica*

    Desenho

    Default-imperial.dwt

    Default-mm.dwt, Default-cm.dwt ou Default-m.dwt

    Modelagem

    Default-imperial.dwt

    Default-mm.dwt, Default-cm.dwt ou Default-m.dwt

    Mecânica

    Mechanical-imperial.dwt

    Mechanical-mm.dwt, Mechanical-cm.dwt ou Mechanical-m.dwt

    BIM:

    BIM-imperial.dwt

    BIM-mm.dwt, BIM-cm.dwt ou BIM-m.dwt

    *Métrico: Um perfil métrico pode usar mm, cm ou m.

  • Selecione um perfil no Definir perfil de corrente lista, clique em Iniciar a partir do modelo para iniciar BricsCAD com um novo desenho usando um modelo, diferente do modelo padrão atual do perfil selecionado.
    O modelo selecionado se torna o modelo padrão do perfil selecionado.

Para criar um desenho usando um modelo de desenho

Primeiro método:

  1. Faça um dos seguintes:
    • Escolha Novo pelo assistente... no menu Arquivo.
    • Digite NewWiz na linha de comando e pressione Enter.
  2. Na caixa de diálogo Criar Novo Desenho escolha Iniciar do Modelopadrão e clique em Próximo .
    O desenho é criado como uma cópia do modelo padrão.

Segundo método:

Faça um dos seguintes:

  • Clique no botão da ferramenta NOVOR () na barra de ferramentas padrão .
  • Digite NOVOR na linha de comando, e pressione Enter.

O desenho é criado como uma cópia do modelo padrão definido pela variável de sistema BASEFILE. Se o modelo padrão de desenho não for especificado, o Assistente Criar Novo Desenho é lançado se a variável de sistema STARTUP estiver ativada, caso contrário exibe a caixa de diálogo Selecionar um modelo.

Para definir o modelo padrão do desenho

  1. Abra a caixa de diálogo Configurações.
  2. Em Opções do programa / Arquivos / Modelos selecione Modelo (BASEFILE) 
  3. Clique no botão Procurar.
  4. Na caixa de diálogo Escolha um arquivo , selecione um arquivo de desenho (*.dwg) ou modelo de desenho (*.dwt) e clique no botão Abrir.

Criando um Modelo/Template Personalizado

Clique aqui para ver.

Para criar um desenho do zero

  1. Faça um dos seguintes:
    • Escolha Novo pelo assistente... no menu Arquivo.
    • Digite NewWiz na linha de comando e pressione Enter.
  2. Na caixa de diálogo Criar novo desenhodiálogo escolha Iniciar a partir do zero e, em seguida, clique no botão seguinte . 

  3. Escolha entre Imperial ou Métrico configurações padrão.
    Clique no botão Salvar para criar o PDF.

Usar o procedimento acima depende do status das variáveis BASEFILE e PSTYLEPOLICY se CTB (tabela de estilos de plotagem por Cores) ou STB (tabela de estilo de plotagem Nomeada) serão usados para definir as configurações de plotagem no recém-criado desenho.

BASEFILE

PSTYLEPOLICY

CTB ou STB?

Não especificado

Desl

STB

Não especificado

Liga

CTB

Especificado

Ligado ou Desligado

Conforme definido no modelo de desenho

  Para definir a diretiva de Estilo de Plotagem

  1. Abra a caixa de diálogo Configurações.
  2. Em Opções do programa / Plotar e publicar selecione Política de estilo de plotagem (PSTYLEPOLICY).
  3. Faça um dos seguintes:
    • Choose Associe o estilo de plotagem de uma entidade com sua cor para Estilos de plotagem dependentes de cor.
    • Escolher Não há associação entre a cor e o estilo de plotagem para Designados estilos de plotagem.

Criando um Desenho usando um padrão de modelo de Desenho

  1. Faça um dos seguintes:
    • Escolha Novo pelo assistente... no menu Arquivo.
    • Digite NewWiz na linha de comando e pressione Enter.
  2. Na caixa de diálogo Criar novo desenhodiálogo escolha Iniciar a partir do zero e, em seguida, clique no botão seguinte . 

  3. Faça um dos seguintes:
    • Escolha um modelo de desenho na Selecione uma lista de modelos.
      By default this is the content of the Template folder in the <com-qordoba-variable-escape><em></com-qordoba-variable-escape Local root folder.
      Edite a variável do modelo para definir a pasta do modelo de forma diferente.
    • Clique o botão Procurar e selecione um arquivo de desenho.
      Você pode escolher entre os tipos de arquivo * .dwg e * .dwt .

O desenho é criado como uma cópia do modelo selecionado.

Para criar um desenho usando o comando Novo

  1. Faça um dos seguintes:
    • Escolha Novo... no menu Arquivo.
    • Digite NOVO na linha de comando, e pressione Enter.
  2. O diálogo Selecionar template abre mostrando o conteúdo da pasta Template como foi definido na variável Template Path variable.
  3. Selecione o modelo de desenho e clique no botão
    Abrir. O desenho é criado como uma cópia do modelo selecionado.

Para definir a variável do caminho do modelo

  1. Abra o diálogo Configurações.
  2. Em Opções do programa / Arquivos / Modelos selecione Modelo (BASEFILE) 
  3. Clique no botão Procurar.
  4. Na Procure a pasta caixa de diálogo, selecione uma pasta e clique no botão OK.

Para criar um desenho usando um assistente

  1. Faça um dos seguintes:
    • Escolha Novo pelo assistente... no menu Arquivo.
    • Digite NewWiz na linha de comando e pressione Enter.
  2. Na caixa de diálogo Criar novo desenhodiálogo escolha Iniciar a partir do zero e, em seguida, clique no botão seguinte . 

  3. Escolha entre Imperial ou Métrica configurações padrão, clique então no botão Próximo .
    Selecione oUnidade de medida e a tela Precisão , clique então no botão Próximo . 

  4. Selecione o Ângulo de medição e o display Precisão, depois clique no botão Next .

  5. Escolha entre Dependente da Cor estilos de plotagem (CTB) ou Nomeados Estilos de plotagem (STB), clique então no botão Próximo . 

  6. Selecione o padrão Cor e Tipo de linha.

  7. Defina a Grade, , ícone UCS e Configurações de Marcadores . 

  8. (opção) Escolha Salvar como .. .
    in the File menu to save the drawing as a template in the Templates subfolder of the Local root folder.

Explorer do Desenho

Comandos:ExplorerCamadaEstadoCamadaTipoLinhaEstiloMLEstiloLinchMultEstiloEstiloCotaEstiloTabelaExpUcsVistaEstilosVisuaisListaLuzMateriaisPreDefiRenderExpBlocksRefExImagemPdfeTransmit,ConfigPagConfigPlanoCorte

A janela de dialogo do Explorer do Desenho consiste em um número de painéis ou sub-janelas:

  • Desenhos
    • Abrir Desenhos:uma lista de todos os desenhos que estão atualmente abertos.
    •  Pastas: suas pastas de desenho favoritas
  •  Detalhes: os detalhes do desenho selecionado ou detalhes da categoria selecionada em um desenho, por exemplo, camadas, blocos, imagens, ...
  •  Prévia: uma visualização do desenho selecionado camada bloco vista estilo de cota tabela de estilo X- Ref imagem ou
    material. Use as setas para navegar pelos itens.
  • Editor: para definir ou editar as propriedades de Estilos de MultilinhaEstilos Multilchamada, Estilos de tabela , Visualizações, estilos visuais , configurações Luz SolarMateriaisrenderização Presets e seção planos.

Você pode selecionar quais painéis quer ter aberto ou fechado no menu Vista..
BricsCAD lembra as configurações de exibição para cada categoria.

Para abrir o Explorer de Desenho

Para abrir a janela Explorer do Desenho, siga um destes procedimentos:

  • Clique no botão de ferramenta Explorer do Desenho () na barra de ferramentas Padrão.
    A janela Explorador de Desenho é aberta mostrando os detalhes da categoria usada mais recentemente.
  • Clique na CamadaTipo de linhaEstilo de texto
    ou Dimensão Estilo campo na barra de status . A janela do Explorer do Desenho abre
    (Consulte Personalizando a Barra de Status para ativar/desativar campos na barra de Status .)
  • Escolha o Explorer do Desenho no menu Ferramentas e, em seguida, selecione uma categoria no submenu.
    A janela Explorer do Desenho é aberta mostrando os detalhes da categoria selecionada.

  • Digite Explorer na barra de comandos, e press Enter.
    A janela Explorer do Desenho abre mostrando os detalhes da categoria mais recentemente usada.

Para controlar o Layout do Explorer de Desenho

  • No menu Vistas , marque/desmarque a sub-janela que quer abrir ou fechar.

  • Se você clicar uma categoria de definições na sub-janela de Desenhos quendo a sub-janela Detalhes é fechada, a janela Detalhes é reaberta, mostrando o conteúdo da categoria de configurações selecionada.
  • Para fechar uma sub-janela, clique no botão fechar () em sua barra de título.
  • Para restaurar o layout padrão, selecione . Restaurar Layout Padrão do Explorer no menu Configurações.

Abrindo um desenho

Para abrir um desenho usando o Explorer do Desenho faça o seguinte

  1. Lançar o Explorer do Desenho.
  2. Na sub-janela Desenhos > Pastas navegue até a pasta do desenho.

  3. Dê um duplo clique no desenho.
    O desenho é aberto, enquanto a janela do Explorer do Desenho permanece aberta.
  4. (opcional) Repita as etapas 2 e 3 para abrir mais desenhos.
  5. Fechar o Explorer do Desenho.

Quando você seleciona um desenho, uma visualização prévia é exibida na subjanela Prévia.

Adicionar uma pasta de Desenho

  1. Na sub-janela Desenhos > Pastas da janela principal do Explorer do Desenho, clique no botão Adicionar pasta local ....
    Abre-se a janela Procurar Pasta.
  2. Na janela Buscar Pela Pasta faça um dos seguintes:
    • Para adicionar uma pasta existente: selecione a pasta que você deseja adicionar.
    • Para criar uma nova pasta: clique no botão Criar Nova pasta.
  3. Clique o botão OK.
    A vista é renderizada.

NOTAS

  • Desenhos nas sub-pastas da pasta selecionada também podem ser abertos.
  • A pasta pai da pasta selecionada é (são) representada na cor cinza na árvore de pastas de desenho. Desenhos situados em tais pastas não podem ser abertos.

Para Inserir um Bloco a partir de um Desenho não-aberto

O recurso do Gerenciador de Blocos do Explorer do Desenho permite inserir blocos no desenho atual a partir de desenhos não-abertos.

Para copiar definições entre desenhos

  1. Abra ambos desenhos, de origem e destino.
  2. Inicie o Explorador de Desenho.
  3. No desenho de origem selecione a categoria da qual deseja copiar itens por exemplo Blocos.
  4. (opção) Na barra de Detalhes, clique no botão Vista em Icones ()
  5. Selecione os itens que deseja copiar por exemplo uma série de blocos.
    Pressione e segure a tecla Ctrl para selecionar vários itens.
  6. Pressione e segure o botão esquerdo do mouse para arrastar a seleção definida para a seção Abrir Desenhos do Explorer do Desenho.
  7. Solte o botão esquerdo do mouse quando estiver no nome do desenho de destino.
    Os itens selecionados são copiados para o desenho de destino.
    Você será solicitado a substituir itens que tenham o mesmo nome.

Para mesclar o conteúdo de duas camadas

  1. Abra a janela de diálogo Explorer do Desenho > Camadas.
  2. Selecione a camada que você deseja mesclar dentro de outra camada.
  3. Escolha Mesclar para... no menu Editar.
    O diálogo Mesclar Camadas é exibido.
  4. Selecione a camada para onde deseja mesclar.

  5. Clique o botão Mesclar.
    O conteúdo da primeira camada é mesclado à segunda camada.
    A primeira camada é eliminada do desenho.

Tutorial: Dicas e Truques para o Explorer do Desenho

Clique aqui para ver

Explorar o Explorer do Desenho.

Tutorial: Dicas e Truques para o Explorer do Desenho

Clique aqui para ver

Sistemas de Coordenadas

O painel Sistemas de Coordenadas exibe todos os UCS's (User Coordinate Systems) nomeados no desenho atual. Se você escolher a opção para adicionar um novo sistema de coordenadas, o comando UCS será iniciado, permitindo que você escolha entre opções, como ir escolhendo pontos ou selecionando uma entidade para fixar um novo UCS.

Vistas

O painel Vistas exibe todas as vistas nomeadas no desenho. Se você escolher a opção para adicionar uma nova vista, o comando VISTA é iniciado. Ele permite que você salve a vista atual ou escolha uma janela para definir a vista. Você pode visualizar e editar propriedades de uma vista selecionada no painel Editar Vistas.

Estilos Visuais

O painel Estilos Visuais exibe todos os estilos visuais no desenho. Inclui 11 estilos visuais pré-definidos e você pode facilmente adicionar o seu próprio. Pode visualizar e editar propriedades de estilo visual no painel Editar Estilo Visual. Enquanto a maioria dos estilos visuais é destinada à visualização 3D, alguns deles, como o Sketchy/Esboçado, podem ser úteis para o design 2D. Portanto, os estilos visuais são totalmente suportados em todas as edições do BricsCAD, incluindo a Classic.

Luzes

O painel Luzes exibe todas as luzes no desenho. Se você escolher a opção para adicionar uma nova luz, esta acionará o comando LUZ, no qual você poderá selecionar entre as luzes Ponto, Spot, Rede ou Distante. Você pode visualizar e editar as propriedades do sol no painel Editar Propriedades do painel Sol, da Viewport Ativa. Esse painel também fornece acesso à caixa de diálogo de localização geográfica. Embora você possa criar e modificar luzes no BricsCAD Classic, ele não suporta renderização. Portanto, a utilidade das luzes no BricsCAD Classic é um pouco limitada.

Materiais

O painel Materiais exibe todos os materiais no desenho. Você pode visualizar e editar as propriedades do material no painel Editar Material. Como as luzes, no entanto, a funcionalidade do material é limitada na edição Classic do BricsCAD porque esta não suporta renderização.

Predefinições de Renderização

O painel Pré-Definições Render exibe todas as Pré-definições de Renderização no desenho. Inclui cinco configurações pré-definidas e você pode facilmente adicionar a sua própria. Embora você possa criar e modificar predefinições de renderização também no BricsCAD Classic, ele não suporta renderização. Como resultado, sua utilidade na edição Classic é limitada.

Dependências

Dependências no BricsCAD podem ser melhor comparadas aos conjuntos 'transmittal' no AutoCAD®. De fato, se você iniciar o comando ETRANSMIT, o BricsCAD abrirá o Drawing Explorer com o painel Dependências exibido. Lá você pode ver todos os arquivos dependentes, incluindo refexs, imagens, fontes e muito mais. Selecione quais arquivos deve incluir no conjunto de transmissão e salve-os em um arquivo zip ou pasta. Você também pode enviar estes ao armazenamento na nuvem noBricsys 24/7.

Configs. Página

O painel Configurar Página exibe todas as configurações de página no desenho. Se você escolher a opção para adicionar uma nova configuração de página, esta exibirá a caixa de diálogo Configurar Página com seus controles familiares. Você também pode selecionar e editar qualquer configuração de página existente.

Planos de Corte

O painel Planos de Corte exibe todos os planos de corte no desenho. Se você escolher a opção para adicionar um novo plano de corte, esta iniciará o comando PLANOCORTE, no qual você poderá selecionar um método, como Ortográfico, para definir o novo plano de corte. Visualize e modifique facilmente as propriedades de um plano de corte no painel Editar Configurações do Plano de Corte.

Estilos de Vista de Detalhe

O painel Estilos de Vista de Detalhe exibe todos os estilos de vista de detalhe no desenho. Visualize e modifique facilmente as propriedades de um estilo da vista de detalhe selecionado no painel Editar Estilo de Vista de Detalhe.

Estilos de Vistas de Corte

O painel Estilos de Vistas de Corte exibe todos os estilos de vista de corte no desenho. Visualize e modifique facilmente as propriedades de um estilo da vista de corte selecionado no painel Editar Estilo de Vista de Corte.

Conteúdo do Desenho

Além de poder selecionar e modificar cada um dos tipos de conteúdo no Explorer do Desenho, você pode selecionar o próprio desenho. Fazendo isso vai exibir o número de ocorrências de cada tipo de conteúdo no desenho. Se você clicar duas vezes em um dos itens no painel Detalhes, esse conteúdo de desenho será exibido.

Menus

O Explorer do Desenho inclui quatro menus: Editar, Vista, Configurações e Ajuda. Muitas das opções nesses menus também estão disponíveis nas ferramentas e nos menus de contexto (botão direito) nos painéis. Demais opções só estão disponíveis nesses menus.

Editar

As ferramentas no menu Editar podem variar dependendo do tipo de conteúdo que você selecionar. Essas ferramentas também estão disponíveis nos vários painéis.

Vista

O menu Vista permite controlar quais painéis são exibidos para cada tipo de conteúdo. Você também pode especificar se deseja exibir os detalhes do conteúdo, ícones ou vista em árvore. As ferramentas Regen permitem especificar, para cada tipo de conteúdo, se você deseja que a área de desenho seja regenerada sempre que fizer uma alteração nesse conteúdo ou se deseja regenerar manualmente. Ocultar símbolos RefEx é relevante para o conteúdo, como camadas ou estilos de texto, que podem ser listados como parte de um RefEx. Se você optar por ocultar os símbolos em refex, o conteúdo de referência não será exibido na lista. A maioria das ferramentas no menu Vista está disponível para todos os tipos de conteúdo. No entanto, algumas ferramentas estão adicionadas para um conteúdo específico. Por exemplo, as duas últimas opções no menu Vista a seguir estão disponíveis apenas para Camadas.

Configurações

O menu Configurações possui apenas duas ferramentas. A primeira permite restaurar o layout do tipo de conteúdo selecionado, para as configurações padrão. A redefinição não afetará outros tipos de conteúdo. A ferramenta Opções exibe uma caixa de diálogo que controla como os blocos estão inseridos, usando o Explorer do Desenho.

Ajuda

A ferramenta Ajuda abre a janela Ajuda do BricsCAD com o conteúdo de ajuda do Explorer exibido. BricsCAD Help/Ajuda também está disponível online!

Controles de Coluna

Você pode controlar a exibição das colunas para qualquer conteúdo nomeado, clicando com o botão direito do mouse em um cabeçalho de coluna ou número de linha. Ative ou desative as colunas individualmente ou escolha a opção para Mostrar todas as colunas. Você pode arrastar e soltar colunas para reorganizá-las e restaurá-las facilmente para suas posições padrão.

Abrir Desenhos

Até agora, nos concentramos no conteúdo nomeado de um único desenho. No entanto, a guia Abrir Desenhos no Explorer do Desenho, lista todos os desenhos abertos, permitindo a você acessar o conteúdo nomeado a partir de qualquer um deles. Você pode facilmente arrastar e soltar, ou copiar e colar, o conteúdo nomeado, de um desenho aberto para outro desenho! Enquanto o arrastar-e-soltar funciona para a maior parte do conteúdo, não funciona para todos. Se arrastar-e-soltar não funcionar, tente copiar e colar no menu Editar, ou com o botão direito do mouse.

Pastas

A guia Pastas, à direita da guia Abrir Desenhos, permite acessar desenhos a partir de pastas locais, e até mesmo armazenadas no Bricsys 24/7.

Pastas Locais

Adicione pastas locais ao Explorer de Desenho para facilitar o acesso ao conteúdo de desenho nomeado, mesmo que os desenhos não estejam abertos! Simplesmente expanda o desenho e selecione o conteúdo. Então copie-o a partir desse desenho, e cole-o em um desenho aberto. Voila! É tão fácil!

Bricsys 24/7

Bricsys 24/7 oferece gerenciamento simples e seguro de documentos. Você pode acessar seus documentos a partir de qualquer lugar, em qualquer dispositivo. Compartilhe-os com suas equipes globais para uma segura colaboração em projetos. E, a melhor parte é que você acessa os desenhos que armazena no Bricsys 24/7 diretamente do BricsCAD!

Na aba Pastas no Explorer do Desenho, escolha a opção "Logon Bricsys 24/7". Se você ainda não tem uma conta, escolha Registrar-se para iniciar o seu teste gratuito .

Propr. do Desenho...

Comando: PROPDES

Comando PropDes abre a caixa de diálogo Propriedades do Desenho, mostrando as informações gerais e propriedades definidas pelo usuário armazenadas com um desenho.

Propriedades do desenho incluem: informação geral, resumo, estatísticas, e propriedades personalizadas definidas pelo usuário.

Propriedades do desenho podem ser referenciadas em um campo, em entidades de várias linhas de texto, ou tabelas.

Para abrir a caixa de diálogo de Propriedades do Desenho

7. Faça um dos seguintes:

  • Escolha Prop. do desenho... no menu Arquivo.
  • Digite PropDes na barra de comando, e pressione Enter.

Define as Propriedades padrão

  1. Abra o diálogo Propriedades do Desenho .

  2. Abra a guia Personalizar .

  3. Preencha os campos de propriedade.

  4. Clique no botão OK.

Adicionando Propriedades personalizadas

  1. Abra o diálogo Propriedades do Desenho .

  2. Abra a guia Personalizar.

  3. Clique no botão ABRIR.
    A caixa de diálogo Propriedade Personalizada é exibida.

  4. Digite um nome no campo Nome.
    O nome da propriedade personalizada está listado em Documento na caixa de diálogo Campo.

  5. Digite um valor no campo Valor.
    O valor é exibido em textos de múltiplas linhas onde a propriedade personalizada é inserida como um campo.

Opções de Segurança do Desenho

Comando: OPCAOSEGURANCA

O comando OPCAOSEGURANCA permite proteger seus desenhos com uma senha. Desenhos protegidos por senha não podem ser abertos sem antes digitar a senha correta. ATENÇÃO: anote a senha em local seguro para evitar transtornos indesejados.

Para definir uma senha

Faça um dos seguintes:

  • Escolha Opções de Segurança... no menu Arquivo | Utilidades do Desenho.
  • Digite OPCAOSEGURANCA na linha de comando, e pressione Enter.
  1. A caixa de diálogo Opções de segurança é aberta:


  2. Digite a senha no campo Informe a Senha.

  3. Escolha um provedor de encriptação na lista de Encriptadores - Crypt Provider.


  4. Defina Comprimento da chave para 4048 ou 56.

  5. Clique no botão OK
    ou pressione Enter.A caixa de diálogo Opções de segurança é fechada.
    A caixa de diálogo Senha é aberta.

  6. Digite a senha no campo Confirmar Senha.

  7. Clique no botão OK ou pressione Enter.
    A senha está definida.

Para remover uma senha

  1. Digite OpcaoSeguranca na linha de comando, e pressione Enter.
    A caixa de diálogo Opções de segurança é aberta.

  2. Esvazie o campo Digite a senha.

  3. Clique no botão OK ou pressione Enter.

    Uma caixa de mensagem será exibida para confirmar que a senha
    foi removida.

  4. Clique no botão OK ou pressione Enter para fechar a caixa de mensagens.

Abrir e salvar Desenhos

Comandos:AbrirSalvarSalvarComoSaveAllSaveFileFolder

O modo como o BricsCAD abre e salva desenhos é controlado através de uma série de variáveis de sistema e preferências do usuário.

Na tabela abaixo as VARIÁVES DE SISTEMA aparecem com o nome inteiro em MAIÚSCULO.

Nome:

Título

Descrição

ShowFullPathInTitle

Caminho completo no título

Controla se o caminho completo de um desenho é exibido na barra de título, ou apenas o nome individual do arquivo.

DrawingPath

Caminho do desenho

Especifica uma pasta adicional na caixa de diálogo de arquivo para os comandos Abrir e Salvar Como.

Na plataforma Windows: a quinta pasta na caixa de diálogo Abrir Arquivo a barra Locais.

PlacesBarFolder1 - 4

Primeira, Segunda, Terceira e Quarta pastas

Escolhe e define as pastas de 1 a na barra de Lugares na caixa de diálogo não-padronizada Abrir Desenho (somente na plataforma Windows). São aceitos valores entre 0 e 5: 0=Área de trabalho, 1=Meu Computador, 2=Meus Documentos, 3=Favoritos, 4=Rede Local, 5=Documentos Recentes.

Dica: Colocar atalhos para seus favoritos, pastas de desenho em seu desktop ou em sua pasta de favoritos.

THUMBSIZE

Tamanho imagem da prévia em miniatura

Intervalo é de 0 - 8; Padrão = 1

0 (64 x 64)

1 (128 x 128)

2 (256 x 256)

3 (512 x 512)

4 (1024 x 1024)

5 (1440 x 1440)

6 (1600 x 1600)

7 (1920 x 1920)

8 (2560 x 2560)

INDEXCTL

Controle de índice

Determina se camada e/ou índices espaciais estão criados e salvos.

O índice de camadas lista todas as entidades no desenho e em quais camadas estão. O índice espacial armazena a localização de todas as entidades no espaço 3D. Os índices são usados para carregar X-Refs se a opção de carregar sob demanda está habilitada. Se existir um índice de camadas, as entidades que estiverem em camadas que estejam desligadas ou congeladas não são carregadas. Se existir um índice espacial, entidades em X-Refs recortados, que estejam fora do limite de corte, não são carregadas. O carregamento sob demanda de X-Refs é controlado através da variável de sistema XLOADCTL).

Criar índices desacelera o salvamento de um desenho, mas aumenta a velocidade de Xrefs. Por conseguinte, criar índices apenas para desenhos que serão usados como uma referência externa.

0 = Sem índices

1 = Apenas índice de camada

2 = Apenas o índice espacial

3 = Indice de camadas e índice espacial.

XLOADCTL

Controle de carga de X-Ref

Controla o carregamento da demanda de entidades em referências externas.

Se a carga de demanda for ativada você experimentará um aumento de desempenho:

  • Quando as referências externas que são salvos com um índice espacial de recorte (INDEXCTL = 2 ou 3), entidades de referência externa dentro da área recortada são carregadas apenas. Se a área de recorte é modificada, mais ou menos entidades são carregadas a partir da referência de desenho.

  • Quando congelar camadas em referências externas que são salvos com um índice de camada (INDEXCTL = 1 ou 3), entidades de referência externa em camadas descongeladas são carregadas apenas. Se dependentes de xref camadas são descongeladas mais entidades são carregadas.

0: Carregamento de demanda Desligado - Toda a referência externa é carregada.

1: Carregamento de demanda Ligado - Desenhos referenciados são mantidos abertos e bloqueados. Outros usuários podem abrir tais desenhos apenas para leitura.

2: O carregamento sob demanda está ativado - cópias temporárias de desenhos referenciados são mantidas abertas e travadas. Outros usuários podem abrir e modificar os desenhos referenciados.

ISAVEBAK

Backup de salvamento incremental

Controla a criação do arquivo de backup (BAK). Melhora a velocidade das gravações incrementais se desligado, especialmente para desenhos grandes.

Por favor, observe que em alguns casos (exmplo, uma falha de energia durante um salvamento), dados de desenho poderão ser perdidos.

ISAVEPERCENT

Salvamento percentual

Esta variável de sistema controla com que frequencia o BricsCAD executa um salvamento completo. Um salvamento completo reorganiza todos os dados no banco de dados do desenho e cria um arquivo compacto. Um salvamento parcial armazena todas as alterações no final da base de dados do desenho. Um salvamento completo leva mais tempo para ser executado do que um salvamento parcial. Se em ISAVEPERCENT = 0, cada salvamento é completo. Quanto maior o valor de ISAVEPERCENT, maior o tempo entre dois salvamentos completos.

NFILELIST

Lista arqs. recentes

Especifica o número de arquivos mostrados no menu desdobrável (lista) Arquivos recentes do menu Arquivo. São aceitos valores entre 0 e 20. O padrão é = 10.

PROXYGRAPHICS

Gráficos Proxy

Determina se as imagens das entidades de proxy estão salvas no desenho. Se desativado, uma caixa limitante aparece em seu lugar.

PROXYNOTICE

Nota proxy

Exibe um aviso quando você abre um desenho que contenha entidades proxy (1) criadas por uma aplicação que não está presente.

PROXYSHOW

Mostrar proxy

Controla como o entidades proxy (1) são exibidas em <qordoba-new-line/>um desenho.

0 = Não exibido

1 = Imagens gráficas

2 = Caixa delimitadora.

PROXYWEBSEARCH

Busca Internet pelo proxy

Determina se o programa verifica a existência de objetos capacitadores.

0 = Nunca;

1 = Se houver uma conexão com a Internet ao vivo.

SaveFormat

Salvar formato

Define a versão *.DWG padrão para salvar um desenho.

SAVEFILEPATH

Caminho para salvar arquivo

Especifica o caminho e a pasta onde são armazenados salvamentos automáticos e arquivos temporários.

O comando SaveFileFolder abre a localização de SAVEFILEPATH no navegador de arquivos do sistema.

SAVETIME

Intervalo tempo salvamento

Define o intervalo em minutos para salvamento automático. Se definido como zero, salvamento automático é desligado. Salvamento automático é criado com uma extensão .SV$ na pasta definida pela variável de sistema SAVEFILEPATH.

WorspaceSecurity

Habilitar Macros

Define se macros são ativadas ao carregar projeto VBA.

AutosaveChecksOnlyFirstbitDBMOD

Ignorar o primeiro bit do DBMOD para o salvamento automático

Se essa preferência de usuário está ligada, nenhum arquivo de gravação automática será criado para arquivos que estão sendo apenas visualizados.

CloseChecksOnlyFirstBitDBMOD

Ignorar o primeiro bit do DBMOD para fechar

Se essa preferência de usuário está ligada, você pode exibir um arquivo e, em seguida, fechá-lo sem receber a solicitação para salvar o arquivo.

(1) Entidades proxy são entidades personalizadas que são criadas por uma aplicação complementar. Se o complemento não estiver atualmente carregado ou não instalado, tais entidades podem não ser exibidas corretamente.

(2) DBMOD: Armazena o status da modificação do desenho como um bit-código como a soma dos seguintes valores: 1 = Banco de dados do objeto modificado, 4 = Variável do banco de dados modificada, 8 = Janela modificada, 16 = Vista modificada, 32 = Campo modificado.

Usando o Menu de opção de arrastar-e-soltar

  1. Selecione um arquivo em um diálogo do Windows Explorer, e mantenha pressionado o botão direito do mouse e arraste o arquivo para a área de desenho da janela da aplicação BricsCAD.
    Exibe um menu de contexto

    Quando um arquivo de desenho é selecionado:

    Quando outro tipo de arquivo é selecionado:

  2. Faça um dos seguintes:
    • Escolha Padrão pelo Extensão de arquivo para
      • abrir um arquivo de desenho (* .DWG, * .DXF ou * .DWT)
      • anexar um arquivo PDF
      • anexar um arquivo de imagem raster
      • inserir um arquivo como um objeto OLE (por exemplo, uma planilha de Excel)
    • Escolha Insira aqui para:
      • inserir um arquivo de desenho (.dwg, .dxf ou .dwt) como um bloco no desenho atual.
      • anexar um arquivo PDF
      • anexar um arquivo de imagem raster
      • inserir o arquivo como objeto OLE
    • Escolha Abra para abrir um arquivo de desenho (* .DWG, * .DXF ou * .DWT).
    • Escolha Criar Xref para anexar um arquivo de desenho (* .DWG, * .DXF ou * .DWT) como uma referência externa ao desenho atual.
    • Escolha Criar Hyperlink aqui para criar um hiperlink ao arquivo selecionado.

Nota

Quando vários arquivos são selecionados, os arquivos são processados um após o outro.

Obtendo informações do Desenho

Você pode recuperar dois tipos de informação a partir de um desenho:

  • Informações gerais sobre o desenho.
  • Informações sobre as entidades no desenho

Informações gerais de Desenho

Comandos: PROPDESDEFVARSTATUSHORA

Comando PropDes abre a caixa de diálogo Propriedades do Desenho, mostrando as informações gerais e propriedades definidas pelo usuário armazenadas com um desenho.

O comando DEFVAR exibe ou altera os valores das variáveis do sistema (abreviação de "set variables").

comando STATUS informa o status do desenho: nome do desenho, status das mais importantes variáveis do sistema e o número total de entidades no desenho.

comando HORA informações de hora do desenho: hora atual, hora de criação, última atualização, tempo total de edição, e tempo decorrido do usuário.

Informações sobre Entidades

Comandos : STATUSAREAPROPMASSIDLISTA

comando de Status informa o número total de entidades no desenho.

Usando Seleção Rápida você pode ver o número de entidades para cada categoria.

O comando Area encontra a área e perímetro (ou comprimento) de entidades 2D.

O comando PropMass Informa área, perímetro e outras propriedades matemáticas de sólidos 3D e 2D regiões (abreviação para \" Propriedades de massa").

O comando Id relata as coordenadas X,Y,Z dos pontos escolhidos.

O comando Lista lista as propriedades das entidades selecionadas.

Comparando Desenhos

Comandos: COMPARARDWGCOMPARARFIMMANTENHAME

O comando COMPARARDWG compara um desenho selecionado, com o desenho atual, durante uma sessão de comparação.

O comando COMPARARFIM conclui uma sessão de comparação.

O comando MantenhaMe permite mesclar visualmente os desenhos comparados.

Variáveis de Sistema de Comparação

Nome

Título

Descrição

CMPCLRMISS

Cor de exibição para comparar entidades faltantes

Define a cor para exibir entidades que são novas no outro desenho.

A cor padrão é  Vermelho.

CMPCLRMOD1

Comparar entidades modificadas exibem a cor 1

Define a cor para exibir entidades modificadas no desenho atual.

A cor padrão é  cor índice 253.

CMPCLRMOD2

Comparar entidades modificados exibem a cor 2

Define a cor para exibir entidades modificadas no outro desenho.

A cor padrão é  Amarelo.

CMPCLRNEW

Cor de exibição para comparar novas entidades

Define a cor para exibir entidades que são novas no outro desenho.

A cor padrão é  Verde.

CMPDIFFLIMIT

Número máximo de entidades de saída

Define o limite para comparação entre entidades. A comparação será abortada após atingir o limite de diferenças.

São aceitos valores entre 1 e 10 000 000

Executanto uma Sessão de Comparação

  1. Lançar o comando COMPARARDWG.
    Você será solicitado: CMPDIFFLIMIT = 10000000. Selecione o arquivo com o qual ser comparar ou :

  2. (opção) Escolha a opção Limite para definir um novo valor para comparação de entidades.

  3. Pressione Enter para exibir a caixa de diálogo Arquivo .

  4. Selecione o desenho a ser comparado com o desenho atual, e clique no botão Abrir ou clique duas vezes o nome do desenho.
    As diferenças entre os dois desenhos são exibidas usando aCores
    da Tela ao Comparar.

    Exibe a barra de ferramentas Comparar:

  5. Para verificar o Tipo de Diferença de uma entidade, faça um dos seguintes:

    • Se as dicas de rollover estiverem ativas, passe o mouse sobre a entidade:

    • Select the entity and check the Diff type field in the Properties panel.

  6. Analisando a comparação no painel Estrutura.

  7. Mesclar os desenhos comparados.

  8. Clique no botão CompararFim () na barra Comparar para concluir a sessão de comparação.

Analisando a Comparação no Painel Estrutura

  1. Abra o painel Estrutura.

  2. Carregue a configuração de Default.cst. Consulte Carregar um arquivo de configuração de estrutura.

  3. Expanda o nó Comparação .
    Exibição de quatro subnós: Ausente , Modificado (Original ), Novo e Modificado (Comparado) .
    O número de entidades em cada subnó é indicado entre colchetes.

  4. Clique num subnó para selecionar as entidades correspondentes no desenho (ver também a nota abaixo).

  5. Expanda um subnó, e clique numa entidade para destacar a entidade correspondente no desenho. Pressione
    e segure a tecla Ctrl para selecionar várias entidades.

  6. Clique botão direito, e escolha Zoom no menu de contexto, para focar o zoom para na entidade(s) selecionada(s).

Nota

Quando selecionar entidades no painel Estrutura, as entidades devem ser selecionadas ou destacadas no desenho, ou a seleção na árvore é ignorada. Consulte definir as opções no painel Estrutura.

Mesclando os Desenhos Comparados

  1. Entidades faltantes só existem no desenho atual; faça um dos seguintes:

    • Selecione as entidades que deseja manter e clique no botão da ferramenta Mantenha Me () na barra de ferramentas Compare .
    • Selecione as entidades que você não deseja manter, e clique no botão Excluir ().
  2. Entidades modificadas existem em ambos desenhos; faça o seguinte:

    • Selecione as entidades que deseja manter e clique no botão da ferramenta Mantenha Me () na barra de ferramentas Compare .
      As entidades correspondentes no nó Modificado (Comparado) são removidas.
    • Selecione as entidades que deseja manter e clique no botão da ferramenta Mantenha Me () na barra de ferramentas Compare.
      As entidades correspondentes no nó Modificado (Original) são removidas.
  3. Novas entidades existem no desenho comparado apenas. Faça o seguinte:

    • Selecione as entidades que deseja manter e clique no botão da ferramenta Mantenha Me () na barra de ferramentas Compare .
    • Selecione as entidades que você não deseja manter, e clique no botão Excluir ().

A mesclagem está completa quando o nó Comparação no painel Estrutura desaparece.Uma mensagem
será exibida na barra de Comando: Não há mais diferenças para mostrar. Sessão está encerrada

Reparando um desenho

Comandos: INSPECIONAR e RECUPERAR

O comando INSPECIONAR analisa a integridade do desenho atual e opcionalmente tenta corrigir erros.

O comando RECUPERAR repara um desenho danificado, e abre o desenho.

Para analisar a integridade do Desenho atual

  1. 7. Faça um dos seguintes:

    • Escolha Inspecionar no menu Arquivo | Utilidades do Desenho.
    • Digite Inspecionar na linha de comando e pressione Enter.

    Você é solicitado: Corrigir quaisquer erros detectados? Sim/<No>

  2. 7. Faça um dos seguintes:

    • Escolha Sim no menu de contexto ou digite S, e pressione Enter para analisar a integridade do desenho atual e corrigir os erros detectados.
    • Escolha Não no menu de contexto ou digite N, e pressione Enter para analisar a integridade do desenho atual.

    O desenho é analisado.

  3. (opção) Pressione F2 para abrir a janela Histórico do Prompt para ler o relatório da inspeção:

    # objetos inspecionados

    Total de erros encontrados durante a inspeção #, corrigido #.

    Nota

    • Defina a variável de configurações AUDITCTL para 1, para permitir que o comando Audit/Inspecionar crie um arquivo ASCII descrevendo os problemas e as ações tomadas. Este relatório, com a extensão .adt, é colocado no mesmo diretório com o desenho atual.

    • Use o Recuperar comando para reparar os erros que Inspecionar não pode corrigir.

Para reparar um Desenho

  1. 7. Faça um dos seguintes:

    • Escolha Recuperar no menu Arquivo | Utilidades do Desenho.
    • Digite Recuperar na linha de comando, e pressione Enter.

    A caixa de diálogo Abrir Desenho é exibida.

  2. Selecione o desenho e pressione o botão Abrir na janela de diálogo Abrir Desenho
    . O desenho é reparado e - se o reparo foi bem sucedido - é aberto.

  3. (opção) Pressione F2 para abrir a janela Histórico de Prompt para ler o relatório da recuperação.

eTransmit

O comando eTransmit cria um pacote com um arquivo de desenho e todas as suas dependências, como referências externas, imagens, arquivos de fonte, arquivos de configuração de plotagem, tabelas de estilo de plotagem e arquivos de mapa de fontes. Tudo é copiado para uma pasta e opcionalmente compactado em arquivo ZIP.

Acessar o Comando

Comando: eTransmit
Menu: Arquivo | eTransmit/Enviar
Ferramentas | Explorer do Desenho | Dependências

Aba da Faixa | Painel: Home | Configurações | Explorer do Desenho | Dependências
Home | Transmitir | eTransmit

: eTransmit

Exibe a seção Dependências da caixa de diálogo Explorer do Desenho:

Tutorial

Empacote seus desenhos com o eTransmit: Clique aqui para assistir.

Opções do Comando

Opção Descrição

Novo - adiciona arquivos ao pacote de transmissão.

 

 eTransmit - arquivos de pacote do desenho atual; exibe uma caixa de diálogo:

Caixinhas de seleção - arquivos são incluidos (liga) e excluidos (desl) da transmissão.

Selecionar/desselecionar todos os arquivos de fonte - inclui (liga) e exclui (desl) os arquivos de fonte; você pode querer excluir arquivos cobertos por direitos autorais.

Selecionar/Desselecionar todos os arquivos de fonte - inclui (liga) e exclui (desl) anexos externos; convém excluir refex's para economizar no tamanho do arquivo.

Transmitir - passa para outra caixa de diálogo eTransmit.

   
 Transmitir

Exibe uma caixa de diálogo:

Pasta de destino - especifica a pasta na qual os arquivos de transmissão serão colocados; você não pode transmitir o arquivo até que especifique uma pasta.

Salvar formato - converte os arquivos DWG para versões anteriores:

  •  Sem conversão - salva os arquivos DWG no formato da versão atual
  • R14:
  • R15 (2000-2003):
  • R18 (2004-2006):
  • R21 (2007-2009):
  • R24 (2010-2012):
  • R27 (2013-2017):
  • R32 (2018-2020):

Se o arquivo existir - determina se deve substituir um arquivo de transmissão com o mesmo nome.

Saída - determina o formato do pacote de transmissão:

  •  Pasta - salva os arquivos para a pasta abaixo especificada
  •  Arquivo ZIP - salva os arquivos para um arquivo compactado ZIP, conforme nome abaixo

Enviar eMail - anexa o arquivo ZIP a um eMail no programa de eMails padrão do seu computador.

Arquivo ZIP - (opcional, se a saída ZIP foi selecionada) especifica o nome do arquivo de transmissão.

Atualizar caminhos da imagem - altera os caminhos para os arquivos de imagem, para corresponder à nova estrutura de pastas (ver abaixo).

Atualizar caminhos de refex - altera os caminhos para arquivos de refex para corresponder à nova estrutura de pastas (ver abaixo).

Como organizar arquivos:

  •  Todos os arquivos em uma pasta - coloca todos os arquivos na pasta de transmissão, independente de onde estejam localizados no computador de origem
  •  Estrutura de pastas organizada - cria uma nova estrutura de pastas que separa diferentes tipos de arquivos, como arquivos de fonte, arquivos de desenho, etc.
  •  Mantenha arquivos e pastas como estão - reproduz a estrutura de pastas que existem no computador de origem

Transmitir - combina os arquivos em uma pasta ou arquivo ZIP e exibe uma caixa de diálogo de relatório.

 eTransmit

 Exibe uma caixa de diálogo que resume a transmissão:

Comando Relacionado

Mail - anexa o desenho a uma mensagem de eMail, usando o software de eMail padrão do seu computador.

Exportar para PDF

Comando: EXPORTAR

Arquivos de desenho podem ser salvos como arquivos <qordoba-new-line/>PDF, e opcionalmente também incluindo camadas.

Exportar para PDF configurações

Escolha PDF Opções de Exportação... no menu Arquivo para exibir as configurações de PDF Exportar na caixa de diálogo Configurações.

  • Fontes embutidas PDF: Controla se as fontes True Type serão incorporadas na exportação para PDF.

  • Texto TTF em PDF como geometria: Se estiver selecionado, o texto TTF é explodido para sua geometria.

  • Texto SHX em PDF como geometria: Se estiver selecionado, o texto SHX é explodido para sua geometria.

  • Texto em PDF é pesquisável: Se estiver selecionado, é possível pesquisar seqüências de texto em documento PDF.

  • Otimização de geometria PDF simples: Permite a otimização de geometria simples: por exemplo, segmentos separados para uma polilinha, usa pontos de controle da curva Bézier.

  • Modo PDF zoom na extensão: Ao exportar o model space, o zoom é ajustado à extensão, em primeiro lugar, se o modo de exibição atual no espaço do modelo estiver em zoom ampliado.

  • Controle de mesclagem PDF : Controla a aparência das linhas que se cruzam.
    As opções são:
    Sobrescrever Linhas
     : A linha mais acima obscurece a(s) linha(s) sob esta.
    Mesclar Linhas
     : As cores das linhas que cruzam são mescladas.

  • Suporte a camadas PDF : Controla se as camadas serão incluídos na exportação para PDF.
    As opções são: não exportar camadas, exportar somente camadas ativas, e exportar todas as camadas.

  • Layouts de PDF para exportar : Controla quais layouts serão
    exportados.
    As opções são: Ativos : Somente o layout ou espaço do modelo
    ativo
     é exportado como um arquivo pdf de página única. Todos : todos os layouts, incluindo o espaço do modelo são exportados como um arquivo pdf de várias páginas.

  • PDF tam. papel substituir: Se estiver ativo, o tam. do papel, conforme definido nas configurações de impressão do BricsCAD, será substituído. Largura e altura do tam. do papel definidos por PdfPaperWidth e PdfPaperHeight será usado, em vez do anterior.

  • Altura do papel substituído Pdf: Altura (em mm) do papel PDF, se PdfPaperSizeOverride estiver ativado.

  • Altura do papel substituído Pdf: Altura (em mm) do papel PDF, se PdfPaperSizeOverride estiver ativado.

  • Exportar hachuras sólidas: Controla a exportação de hachuras sólidas. As opções são: como bitmapusar vetorizadorusar caminhos PDF.

  • PDF usa estilos de plotagem: Se ativo, o estilo de plotagem do layout controla a Cor e Espessura de Linha no PDF exportado.

  • Anti-alias em imagem: Habilita efeito de anti-alias para imagens que requerem aumento de escala ao ser exportadas.

  • Compressão de imagem: Define a compactação para imagens exportadas: Nenhum ou JPEG.

  • Resolução de Vetor DPI: Controla a resolução de gráficos vetoriais ao exportar para PDF. O padrão é 600 DPI.

  • Imagem DPI: Quando uma imagem raster é exportada este valor controla a resolução mínima para a imagem.

  • Renderizar DPI: Resolução de uma renderização ao exportar.

  • Hachura para bitmap DPI: Define a resolução de padrões de hachura e preenchimentos de gradiente em DPI (= dots per inch/pontos por polegada).

Exportar um desenho para PDF

  1. (opção) Ajustar o Exportar para PDF configurações.

  2. Clique em Exportar... no menu Arquivo
    A caixa de diálogo Exportar Desenho Como é exibida.

  3. Na lista de Salvar como tipo: selecione Adobe PDF (* .pdf).

  4. Selecione uma pasta para onde salvar o arquivo PDF.

  5. (opção) Digite um nome no campo Nome do arquivo para substituir o nome padrão <DRAWING_NAME>.pdf.

  6. Clique no botão Salvar para salvar as alterações.

Tutorial: Saída Como PDF

Clique aqui para ver.

Trabalhar com Nuvens de Pontos (V20)

As nuvens de pontos no BricsCAD mudaram significativamente de BricsCAD V19 para BricsCAD V20 de duas maneiras principais:

Nova representação de dados aprimorada

A representação interna das nuvens de pontos mudou, agora é um único arquivo de projeto .vrm acompanhado por uma pasta com os dados reais dos pontos. Anteriormente, era um arquivo binário .bpt. Este novo formato tem as seguintes vantagens:

  • O BricsCAD exibe mais rápido e de forma mais realista
  • É até a metade do tamanho dos dados de origem (o formato antigo era duas vezes maior que os dados de origem).

Gerenciador em cachê da Nuvem de pontos

Usando o sistema de gerenciamento de nuvem de pontos para conectar diretamente dados de origem da nuvem de pontos a um arquivo .dwg. O gerenciador de cachê, se necessário, vai pré-processar os dados em segundo plano e anexar a nuvem de pontos ao arquivo .dwg. Se esses dados estiverem pré-processados (no cachê), eles são anexados diretamente.

Todos os conjuntos de dados em cachê agora estão centralizados no gerenciador de cachê - não há necessidade de mover os conjuntos de dados convertidos. Esse gerenciador de cache também avisa quando os dados que ele contém são maiores que um tamanho máximo predefinido.

O nome e o local da pasta cachê é salva através da preferência de usuário PointCloudCacheFolder, que você pode editar no diálogo Configurações sob Opções do Programa > Arquivos.

Cenários do usuário da Nuvem de pontos

Você deseja anexar um arquivo de nuvem de pontos .ptx, .pts, .las ou .rcp a um arquivo .dwg

Agora você pode anexar esses dados diretamente a um arquivo .dwg. Um processo em segundo plano será iniciado automaticamente, o pré-processamento é calculado e você é notificado quando estiver pronto. Depois de concluído, use REGEN para exibir os dados da nuvem de pontos na área de trabalho.

Você deseja trocar um arquivo .dwg, com dados da nuvem de pontos anexados, com outro usuário

Crie um .dwg e anexe os dados da nuvem de pontos a ele. Isso cria uma representação de cachê no seu computador. Quando o outro usuário deseja trabalhar no mesmo arquivo, você deve enviar o arquivo .dwg e os dados de origem da nuvem de pontos com o mesmo caminho relativo entre o arquivo .wrt e o arquivo .dwg. Quando o outro usuário abre o arquivo .dwg no BricsCAD, o cache será gerado automaticamente. Isso também se aplica a um arquivo .dwg, criado no AutoCAD® com um arquivo .rcp anexado. Quando você cria um novo arquivo .dwg no mesmo caminho relativo para os dados de origem da nuvem de pontos e deseja anexar esses dados a um novo .dwg, o sistema de armazenamento em cache reconhece isso e, em seguida, os anexa e exibe imediatamente.

Novos comandos da Nuvem de Pontos para a V20

  •  NUVEMPONTOSREFERENCIA abre uma caixa de diálogo (exibida abaixo) para permitir selecionar um conjunto de dados no cache e anexá-lo a um arquivo .dwg. 
    A caixa de diálogo NUVEMPONTOSREFERENCIA exibe uma visão geral de todos os conjuntos de dados em cachê, seus tamanhos, o tamanho total do cachê usado e o tamanho máximo disponível do cachê. Quando um item é selecionado, clique em OK para anexá-lo ao arquivo .dwg atual.
  •  NUVEMPONTOSEXCLUIRITEM abre quase a mesma caixa de diálogo, mas desta vez permite selecionar um conjunto de dados do cache para excluí-lo do disco.
  •  NUVEMPONTOSIMPORTAR Se uma nuvem de pontos já tiver sido pré-processada fora do sistema de cache (como um beta da V20 ou o Bricsys VR software Insight), os dados serão importados no gerenciador de cachê.
    Nota: Este NÃO converte dados brutos para dentro do gerenciador de cache. Use PREPROCESSNUVEMPONTOS ou ANEXARNUVEMPONTOS para fazer isso.

Usar PREPROCESSNUVEMPONTOS e ANEXARNUVEMPONTOS no modo autônomo

  •  PREPROCESSNUVEMPONTOS fornece atualizações de progresso por um balão durante seus cálculos
  •  PREPROCESSNUVEMPONTOS e ANEXARNUVEMPONTOS agora possuem contrapartes não supervisionadas: -PREPROCESSNUVEMPONTOS e -ANEXARNUVEMPONTOS

Exemplo de uso: -PREPROCESSNUVEMPONTOS

(command "-PREPROCESSNUVEMPONTOS" "C:\\filip\\inputData01.las" "E")

Opções são:

  • Arquivo de dados de entrada
  • Unidades "E" usadas. (E = mEtros)

O resultado é que os itens são preparados no cachê. Você verá um balão de notificação quando o pré-processo for concluído.

Exemplo de uso: -ANEXARNUVEMPONTOS

(command "-ANEXARNUVEMPONTOS" "C:\\filip\\inputData01.las" "E" "0,0,0" "0" "1")

Opções são:

  •  Arquivo de dados de entrada. Esse será pré-processado em segundo plano.
  •  Unidades "E" usadas. (E = mEtros)
  •  "0,0,0" tradução dos dados da nuvem de pontos (zero)
  •  "0" rotação dos dados da nuvem de pontos (zero)
  •  "1" escala dos dados da nuvem do ponto (um)

O resultado é que o item será preparado no cachê E anexado ao arquivo .dwg atual. Você vê um balão de notificação quando o pré-processamento estiver concluído.

Nota Pode ser necessário usar REGEN para atualizar o desenho. Isso também significa que o comando PREPROCESSNUVEMPONTOS não será mais necessário e provavelmente desaparecerá.

BPT

O BricsCAD V20 ainda suporta arquivos .bpt! No entanto, novos arquivos .bpt não podem mais ser criados.

ATENÇÃO APÓS A V20, O SUPORTE PARA ARQUIVOS .BPT SERÁ COMPLETAMENTE ABANDONADO.

Funções de Nuvem de Pontos que permanecem as mesmas

A funcionalidade restante permanece a mesma do que para Nuvens de Pontos no BricsCAD V19:

  • Comportamento de encaixe (snap) para pontos da nuvem durante a edição.
  • Planos de corte (recorte de toda a cena inclui a nuvem de pontos).
  • RecortarNuvemPontos (recorte apenas o objeto atual da nuvem de pontos).
  • Mapas de cores usam cores falsas para destacar as diferenças de intensidade ou elevação.
  • Comportamento no explorer do desenho (adicionar / modificar / remover definições de nuvem de pontos).
  • Painel de propriedades: quando uma nuvem de pontos é selecionada, várias propriedades estão disponíveis neste painel para inspeção e até modificação direta.
    • Propriedades geométricas (por exemplo, escala de rotação e inserção X, Y, Z)
    • Aplicar mapa de cores
    • etc

How to use point clouds in BricsCAD Painel de Propriedades do BricsCAD V20 com as propriedades da nuvem de pontos, que você pode acessar e alterar.

Trabalhando com Nuvens de Pontos (V19)

Comando: NuvemPontos AnexarNuvemPontos, LimiteNuvemPontos MapaCorNuvPontos, RecortarNuvemPontos, TamPontoNuvemPontos, TamPontoNuvemPontos_Menos, TamPontoNuvemPontos_Mais, MaxPontoNuvemPontos PreProcessNuvemPontos, AnularRecorteNuvemPontos Tela2DvsNuvemPontos

Visão geral: Neste artigo, você aprenderá como usar nuvens de pontos no BricsCAD.

  1. Prepare os dados no formato correto usando o pré-processamento.

  2. Anexe os dados preparados a um desenho no BricsCAD.

  3. Use o desenho com os pontos, por exemplo, como um plano para iniciar um desenho.

Pré-processando

Tipos de arquivos suportados: .las .pts .ptx.

Para poder navegar rapidamente em conjuntos de dados de nuvem de pontos grandes, seus dados devem ser pré-processados. Use o comando PreProcessNuvemPontos. Isso abre uma caixa de diálogo de
arquivos
que permite selecionar nuvens de ponto de entrada.

O próximo passo é selecionar o nome do arquivo de saída pré-processado. Por padrão, a caixa de diálogo do arquivo sugere o mesmo nome do arquivo de entrada (sem números antes da extensão). Este nome pode ser modificado. O tipo de arquivo é .bpt (Bricsys Point Tree).

Para usuários de AutoCAD®: Isso equivale a criar um arquivo .rcp no Recap.

Anexar a um Desenho

Use o comando AnexarNuvemPontos para anexar o arquivo .bpt pré-processado ao arquivo .dwg atual.

Nota: Uma nuvem de pontos NÃO pode ser anexada a um template vazio. O desenho tem que ser salvo primeiro. Isso ocorre porque a nuvem de pontos anexada usa um caminho de referência relativo.

Quando o .bpt a ser anexado é selecionado, aparece uma caixa de diálogo. Isso permite que o usuário especifique como inserir a nuvem de pontos no desenho.



Figura 1: diálogo de anexação da nuvem de pontos. Aqui o usuário tem a possibilidade de escolher como a nuvem de pontos deve ser inserida no desenho.

Opções são:

  • Ponto de inserção

  • Escala

  • Rotação

Quando a caixa de seleção "especificar na tela" estiver marcada, uma caixa de inserção aparecerá para permitir que o usuário determine a translação/rotação/escala enquanto coloca a nuvem de pontos no desenho. Para as outras opções, os valores nas caixas de diálogo serão usados.

Procedimento: Manipular nuvem de pontos no desenho

Depois que a nuvem de pontos é anexada, ela pode ser manipulada como outras entidades. Movida/rotacionada/escalada usando o Quad. Também responde a planos de corte.

Use o comando PLANOCORTE para ocultar as partes fora dos planos de corte (Figura 2).

Nota: Um plano de corte possui três estados:

  • Plano: Recorte fora tudo de um dos lados do plano.

  • Limite: Defina uma extrusão infinita do contorno desenhado na tela.

  • Volume: O mesmo que Limite, mas com um determinado plano de níveis superior e inferior.

Figura 2 Uma nuvem de pontos com um plano de corte (cubóide azul interno). Em vermelho: o painel Propriedades do plano de corte. O estado do plano de corte é definido como "volume".

Fazer snap a pontos visíveis na nuvem também é possível. Ative as opções de extremidade e/ou ponto médio, para encaixar nos pontos de uma nuvem de pontos.

Explorer do Desenho

Figura 3: Um exemplo do Drawing Explorer para nuvens de pontos.

O Explorer do Desenho também suporta nuvens de pontos, em particular as definições das nuvens de pontos anexadas a um dwg. Ao receber um dwg e uma nuvem de pontos dos quais o caminho não pode ser referido corretamente em seu computador, é possível ajustar o caminho para a nuvem de pontos lá. O Explorador de Desenho pode ser encontrado através dos menus da GUI ou através do comando NuvemPontos

Painel Propriedades

Figura 4: Uma nuvem de pontos no BricsCAD. Na esquerda vermelha, o Painel de Propriedades da nuvem de pontos é exibido. Este painel aparece quando a nuvem de pontos é selecionada.

Ao clicar (e, assim, selecionar) uma nuvem de pontos, suas propriedades ficam disponíveis no painel de propriedades. A partir daí, propriedades como ponto de inserção, rotação, escala, mapa de cores, ... também podem ser ajustadas.

Outras funcionalidades:

  • Mapa de Cores ( MAPACORNUVPONTOS): Cores arbitrárias podem ser atribuídas aos pontos correspondentes a intensidade ou elevação. Escolha cores de espectro único, como vermelho ou azul, ou percorra todo o espectro.

Figura 5: alguns exemplos de mapas de cores em função da elevação de pontos. A parte esquerda tem o mapa de cores "Spectrum"; o mapa do meio da parte "Hydro" e a parte direita tem o mapa de cores "Terra".

  • Recortar (RECORTARNUVEMPONTOS): Recorta apenas a nuvem de pontos atual, deixando outras entidades inalteradas. Já, um plano de corte corta tudo o que estiver na cena.

  • Tamanho do Ponto (TAMPONTONUVEMPONTOS): Altera o tamanho de exibição dos pontos. (Pode ser útil para preencher virtualmente lacunas.)

  • Número máximo de pontos exibidos (MaxPontoNuvemPontos):Altere o número máximo de pontos exibidos. Como uma tela de computador tem apenas alguns milhões de pixels, não faz sentido exibir bilhões de pontos ao mesmo tempo. Este parâmetro define o máximo para o número de pontos a serem mostrados em qualquer instância específica na tela. Não se engane, a nuvem de pontos real pode ser muitas vezes maior do que isso (facilmente algumas centenas de milhões de pontos e mais).

  • Limite (LIMITENUVEMPONTOS): Mostra ou oculta a caixa delimitadora da nuvem de pontos.

Figura 6: nuvem de pontos foi seccionada e a imagem da esquerda mostra a nuvem de pontos com limite, enquanto a imagem da direita mostra a nuvem de pontos sem limite.

Compatibilidade com AutoCAD®

O AutoCAD® pode abrir e usar o .dwg com a mesma nuvem de pontos, recortes e outras entidades presentes no desenho. Quando o usuário também tiver o AutoCAD® e o Recap, salve o arquivo de nuvem de pontos Recap pré-processado no mesmo local com o mesmo nome do arquivo .bpt. A extensão será diferente (.rcp).

Vincular dados de planilhas Excel

Comandos: VINCULARDADOS ATUALIZARVINCULARDADOSTABELA

VincularDados Conecta dados a partir de uma planilha Excel diretamente em tabelas do desenho, para atualização bidirecional.

AtualizarVincularDados Sincroniza os dados vinculados em tabelas no desenho atual, com dados no arquivo de origem a essas vinculado.

Tabela Cria uma entidade Tabela no desenho através de uma caixa de diálogo.

Conecta dados a partir de uma planilha Excel diretamente em tabelas do desenho, para atualização bidirecional.

Variáveis de Texto

Variáveis de sistema podem ser definidas usando a caixa de diálogo Configurações.

Algumas variáveis de sistema que se aplicam a entidades de texto são:

Nome da Variável

Título da Variável

Descrição

FONTALT

Fonte alternativa

Define a outra fonte a usar, caso a fonte do texto não seja encontrada.

HIDETEXT

Esconder texto em ocultar

Especifica se o comando OCULTAR processa entidades de texto.

MIRRTEXT

Espelhar texto

Determina se o texto é espelhado ou não ao ESPELHAR.

MTEXTED

Editor de texto multilinha

Define o editor de texto primário e secundário para usar com entidades de texto multilinhas.

MTEXTFIXED

Fixado texto multilinha

Controla se BricsCAD faz zoom, rotaciona e/ou faz pan na vista para ajustar o TEXTOM sendo editado.

QTEXTMODE

Modo de texto rápido

Controla como as entidades de texto são exibidas. Se estiver Ligada, o texto é exibido como uma caixa.

TEXTANGLE

Âng. do texto

Armazena o ângulo da última entidade de texto adicionada.

TEXTFILL

Preench. Texto

Determina se as fontes TrueType são exibidas preenchidas ou apenas pelo contorno.

TEXTQLTY

Qualidade do texto

Define a suavidade de fontes TrueType para plotagem <qordoba-new-line/>e renderização.

TEXTSIZE

Tam. texto

Define a altura padrão para novas entidades de texto.

TEXTSIZE não tem efeito se o atual estilo de texto tem uma altura fixa

TEXTSTYLE

Estilo texto

Armazena o nome do estilo de texto atual.

TSPACEFAC

Fator espaçam. texto

Especifica a distância de espaçamento entre linhas de texto em Multilinhas, medido como fator da altura do texto.

São aceitos valores entre 0.25 e 4

TSPACETYPE

Tipo espaço do texto

Especifica o tipo de espaçamento utilizado para o texto multilinhas. Pelo menos: ajusta o espaçamento entre linhas com base no mais alto caractere(s) em uma linha. Exatamente: usa o espaçamento de linha especificado, independentemente de tamanhos de caracteres individuais.

TSTACKALIGN

Alinham. de texto empilhado

Determina o alinhamento vertical do texto empilhado: baixo, centro ou alto.

TSTACKSIZE

Tam. texto empilhado

Especifica a percentagem a que a altura de fração de texto empilhada é relativo à altura atual do texto selecionado.

São aceitos valores entre 25 e 125

Trabalhar com estilos de texto

Comando: ESTILO

Quando você adicionar texto a um desenho, ele usa o estilo de texto atual, o que determina a fonte, tamanho, ângulo, orientação e outras propriedades da nova entidade texto.

Cada desenho tem um estilo de texto padrão, de nome Padrão, que inicialmente usa a fonte Arial. Você não pode excluir ou renomear o estilo Padrão, mas pode modificá-lo.

Se você alterar a fonte ou a orientação de um estilo existente, todas as entidades de texto existentes criadas com aquele estilo são atualizadas automaticamente para refletir essa alteração. Alterar qualquer outro tipo de propriedade não tem efeito sobre um texto existente.

Você pode criar e usar um número ilimitado de estilos adicionais de texto.

Estilos de texto anotativo criam entidades de texto anotativo. Em um estilo de texto anotativo a Altura define a altura no paper space do texto; a altura no model Space varia de acordo com a atual escala de anotação conforme definido pelas variáveis de sistema CANNOSCALE e CANNOSCALEVALUE.

Para abrir a caixa de diálogo Explorer - Estilo de Texto.

Faça um dos seguintes:

  • No menu Ferramentas > Explorer do Desenho escolha Estilos de Texto...
  • Clique duplo no campo Estilo na Barra de Status.
  • Digite Estilo na barra de Comando e pressione Enter.

O diálogo Explorer do Desenho - Estilos de Texto abre.

Para criar um estilo de texto

  1. Abra a caixa de diálogo do Explorer para Estilo de texto

  2. Faça um dos seguintes:

    • Clique no botão Nova () na seção Detalhes do diálogo Explorer do Desenho.
    • Selecione um estilo existente, clique o botão direito do mouse e escolha Novo no menu de contexto.

    Um estilo de texto NovoEstilo é criado, herdando as propriedades do atual estilo selecionado.

  3. Digite um nome no campo Nome do Estilo de Texto , substituindo o nome padrão NewStyle.

  4. Defina as propriedades do estilo de texto.

  5. Feche a caixa de diálogo Explorer Estilo de Texto.

Para editar um estilo de texto

  1. Abra a caixa de diálogo do Explorer para Estilo de texto

  2. Selecione o estilo de texto.

  3. Defina as propriedades do estilo de texto.

  4. Feche a caixa de diálogo Explorer Estilo de Texto.

Para tornar um estilo de texto o atual

  1. Abra a caixa de diálogo do Explorer para Estilo de texto

  2. Faça um dos seguintes:

    • Quando em Vista de Detalhe (), clique o quadro em branco na frente do nome do estilo de texto.
      Um círculo preenchido azul indica que este estilo de texto é agora o atual.
    • Quando em Vista de detalhe () ou Vista em ícone (), clique com o botão direito em seguida, escolha Definir atual no menu de contexto.

Nota

  • Alternativamente você pode usar o botão direito do mouse no campo de Estilo de Texto na Barra de Status, em seguida, escolher o novo estilo atual. O estilo atual é marcado na lista estilo.

  • Quando você usar a opção de Estilo nos procedimentos criar texto, o estilo selecionado vai se tornar o atual estilo de texto.

Para excluir um estilo de texto

  1. Abra a caixa de diálogo do Explorer para Estilo de texto

  2. Selecione o estilo de texto.

  3. Faça um dos seguintes:

    • Clique no botão Excluir () na seção Detalhes do diálogo Explorer do Desenho.
    • Clique o botão direito do mouse e escolha Excluir no menu de contexto.

    Se o estilo de texto não é usado no desenho ou em um estilo de dimensão, o estilo de texto é excluído,
    ou exibe uma caixa de alerta :

  4. Faça um dos seguintes:

    • Clique no botão Excluir para excluir o estilo de texto e todas as entidades que o usam.
    • Clique no botão Modificar... para excluir o estilo de texto e atribuir um estilo de texto diferente para as entidades que atualmente usam o estilo selecionado.
    • Clique no botão Cancelar para cancelar o procedimento de exclusão.

Nota

Não é possível excluir o estilo do texto atual.

Tabelas

ComandosTABELA-TABELAEDITARTABELA, EXPORTARTABELATABLEMODESTILOTABELA

Uma Tabela é uma entidade composta de linhas e colunas, como uma planilha do Microsoft Excel. Uma entidade de tabela pode ser criada como uma tabela vazia ou você pode importar dados de um arquivo de formato (Comma Separated Values), CSV. A aparência do texto de uma tabela e linhas de grade é controlada com um estilo de tabela. Estilos de tabela são salvos no arquivo DWG.

Uma tabela padrão consiste de uma célula de título (A), uma linha de células de Cabeçalho (B) e uma mais linhas de células Dados (C).

Uma tabela pode ter uma das duas direções: Abaixo (linha de título na parte superior) ou Acima (linha de título na parte inferior).

Tabela com uma direção para baixo (esquerda) e uma Direção (direita).

Para criar uma tabela vazia

  1. 7. Faça um dos seguintes:

    • Clique no botão da ferramenta Texto (na barra Desenhar .
    • Escolher Inserir tabela ... no menu Desenhar.
    • Digite RTROTX na linha de comando, e pressione Enter.
  2. A caixa de diálogo Inserir tabela é exibida:



    Escolher um Estilo de tabela da Tabela Estilo lista.
  3. (opção) Defina o estilo de célula para a primeira, segunda e outras linhas.
    Por padrão, o estilo de célula para a primeira linha é Título, o estilo de célula para a segunda linha é Cabeçalho enquanto o estilo das outras linhas é Dados.

  4. Em Opções de Tabela, selecione Partir da Tabela Vazia.

  5. Em Comportamento de inserção siga um destes procedimentos:

    • Escolha Especificar Ponto de Inserção e configure o número de colunas, a largura da coluna, o número de linhas de dados e a altura da linha.
    • Escolha Especificar janela e siga um destes procedimentos: 
      • Especificar número de linhas de dados e colunas.
      • Especificar largura da coluna e altura da linha.
      • Especificar largura da coluna e número de linhas de dados.
      • Especificar número de colunas e altura da linha.
  6. Clique o botão OK .
    Dependendo de sua escolha na etapa 5, você será solicitado a especificar um ponto de inserção ou uma janela.
    A tabela é criada, e exibe o diálogo Formatação de Texto (consulte Criar texto com múltiplas linhas).

  7. 7. Faça um dos seguintes:

    • Comece adicionando texto na tabela (ver Editar o conteúdo da tabela).
    • Clique fora da tabela para fechar a barra de ferramentas de formatação de texto .

Para criar uma tabela de dados

Cria um estilo de tabela importando um arquivo .csv (arquivo de valores separados por vírgula). Por favor, certifique-se que o caractere separador de lista em seu sistema é o mesmo usado no arquivo .csv (veja Definir o caractere separador de lista).

  1. 7. Faça um dos seguintes:

    • Clique no botão da ferramenta Texto (na barra Desenhar .
    • Escolher Inserir tabela ... no menu Desenhar.
    • Digite RTROTX na linha de comando, e pressione Enter.
  2. A caixa de diálogo Inserir tabela é exibida.
    Escolha um Estilo de tabela da Tabela Estilo lista.

  3. Em Opções de Tabela, selecione De Dados.

  4. Clique no botão Procurar ().

  5. A caixa de diálogo Abrir é exibida.
    Escolha um arquivo CSV, e pressione o botão Abrir.

  6. Clique no botão OK na caixa de diálogo Inserir
    Tabela. A caixa de diálogo é fechada e a tabela é anexada ao cursor.

  7. Clique um ponto no desenho para inserir a tabela.
    A tabela é criada, e exibe o diálogo Formatação de Texto (veja Criar texto com múltiplas linhas).

  8. 7. Faça um dos seguintes:

    • Comece editando o texto na tabela (consulte Editar o conteúdo da tabela).
    • Clique fora da tabela para fechar a barra de ferramentas de formatação de texto .
  9. (opção) Selecione a tabela e arraste as alças para ajustar as dimensões da tabela.

Para criar uma tabela de uma planilha Excel

  1. Abra a planilha em Microsoft Office Excel.

  2. Selecione as células das quais deseja criar tabela.

  3. Copiar a seleção para a área de transferência:

    • Pressione Ctrl+C.
    • Clique o botão direito do mouse e escolha Excluir no menu de contexto.
  4. No BricsCAD, escolha Colar especial ... no menu Editar.

  5. A caixa de diálogo Colar Especial é exibida:



    Selecione XML Spreadsheet na lista de opções Como.
  6. Clique no desenho para inserir a tabela.

Tutorial: Técnicas de Importação de Planilhas BricsCAD

Clique aqui para ver

Edição de uma tabela utilizando alças

Quando uma tabela é selecionada, várias alças exibem:

  1. Move a tabela.

  2. Modifica a largura uniformemente.

  3. Modifica a altura uniformemente.

  4. Modifica a largura e altura uniformemente.

  5. Modifica a largura de uma coluna.

Edição de uma tabela usando a Barra de Ferramentas tabela

  1. Para abrir a barra de ferramentas de Tabela , faça o seguinte:

    • Clique na célula que deseja editar.
    • Pressione e mantenha pressionado o botão esquerdo do mouse, e defina um retângulo para selecionar várias células
  2. Letras de coluna e números de linha são exibidos.
    A(s) coluna(s) e linha(s) da seleção se destacam.
    Um retângulo com quatro alças é desenhado ao redor da seleção.



    Siga um destes procedimentos:

    • Clique em uma célula para selecioná-la.
    • Pressione e mantenha o botão esquerdo do mouse, então arraste o cursor para selecionar múltiplas células.
  3. (opção) Arraste as alças da seleção para modificar as dimensões.

  4. (opção) Clique em uma ferramenta na barra de ferramentas Tabela.

  5. (opção) Clique bot. direito para exibir um menu de contexto:



    • Excluir Conteúdo da Célula: exclui o texto nas células selecionadas.
    • Cancela Anulações de Células: reconfigura todas as propriedades das células selecionadas para as configurações de Estilo da Célula, conforme definido no Estilo de Tabela .
    • Limpar Substituições de Tabela: redefine todas as propriedades de célula de todas as células para as configurações de Estilo de Célula, como definido no Estilo de Tabela.
  6. (opção) Repita as etapas 3 e 4 para continuar a edição de tabela.

  7. (opção) Dê um duplo clique em uma célula para editar o texto da célula.

  8. (opção) Faça uma das seguintes:

    • Clique em outra célula.
    • Pressione e mantenha o botão esquerdo do mouse, então arraste o cursor para selecionar múltiplas células.
  9. Clique fora da tabela para fechar a barra de Tabela.

Ferramentas da tabela

Icone

Ferramenta

Descrição

Inserir linha acima

Insere uma linha vazia acima da seleção.

Inserir linha abaixo

Insere uma linha vazia abaixo da seleção.

Excluir Linha

Exclui linha(s) da seleção.

inserir coluna à esquerda

Insere uma coluna vazia à esquerda da seleção.

Inserir Coluna Dir.

Insere uma coluna vazia à direita da seleção.

Excluir coluna

Exclui a coluna(s) da seleção.

Mesclar

Mescla as células selecionadas.

Desfazer Mesclagem

Dividir células mescladas anteriormente.

Estilo da borda

Define o estilo de borda da seleção (ainda não implementado).

Alinhamento texto

Define o alinhamento do texto da seleção.

Bloquear / Desbloquear

Bloqueia / Desbloqueia a seleção.

Config. Formato Célula

Define o formato da célula da seleção (ainda não implementado)

Definir célula estilo

Define o estilo das células selecionadas: TítuloCabeçalho ou Dados.

Definir fundo célula

Define a cor de fundo da seleção.

Edição de uma tabela na Barra Propriedades

  1. Clique em uma das linhas de grade.
    As propriedades da tabela são mostradas na barra Propriedades.

  2. (opção) Aplicar um diferente Estilo de Tabela.

  3. (opção) Alterar a direção de tabela.

  4. (opção) Modificar a largura e/ou altura da tabela.

  5. (opção) Modificar as margens vertical e/ou horizontal das células.

  6. Pressione a tecla Esc para parar de editar a tabela.

Edição de uma célula na Barra Propriedades

  1. Clique na célula.
    As propriedades da célula são exibidasna barra dePropriedades.

  2. (opção) Modificar a largura e/ou altura da célula. A
    largura e a altura da coluna e/ou linha da célula são alteradas.

  3. (opção) Modificar a rotação do texto.
    As opções são: 0°, 90°, 180° e 270°.

  4. (opção) Editar o conteúdo da célula.

  5. (opção) Escolha uma opção diferente de alinhamento do texto.

Examinando fórmulas

Atualmente, fórmulas são suportadas parcialmente. Existem fórmulas mais complexas que ainda não são suportadas, mas na maioria dos casos fórmulas em planilhas do Excel permanecerão funcionais quando a folha do Excel é importada como uma tabela. Edição e criação de fórmulas através da caixa de diálogo de campo ainda não são suportadas, mas edição/criação 'no local' é possível. Exemplo: se você digitar =SUM(A2:A4) em uma célula, será interpretado como uma fórmula, e calcula a soma dos valores nas células A2 até A4.

Para editar o conteúdo da tabela

  1. 7. Faça um dos seguintes:

    • Duplo-clique na célula que deseja editar.
    • Digite editartabela na barra de comando, e pressione Enter e clique na célula que deseja editar.
  2. A barra de ferramentas de formatação de texto é exibida acima da célula selecionada (consulte Criar texto de múltiplas linhas).
    Edite o texto na célula.
    (opção) Pressione Alt + Enter para criar uma segunda linha na mesma célula.

  3. Editar outra célula:

    • Pressione Shift + TAB para ir para a célula anterior na mesma linha.
    • Pressione Shift + TAB para ir para a célula anterior na mesma linha.
    • Pressione Enter para ir para a próxima célula na mesma coluna.
    • Pressione Shift + TAB para ir para a célula anterior na mesma linha.
    • Pressione uma das teclas de seta.
  4. Clique para parar de editar o conteúdo da tabela.

Para exportar uma tabela

Ao exportar dados para um arquivo CSV (C omma S eparated V alues), o caractere separador de lista do sistema é usado no arquivo CSV (consulte Definindo o caractere separador de lista).

  1. Digite
    ExportarTabela
     na barra de comando, e pressione Enter. Você é solicitado: Selecione a tabela para exportar:

  2. Clique na tabela a partir da qual deseja exportar dados.
    Abre a caixa de diálogo Exportar Dados.

  3. Selecione uma pasta para salvar os dados em.

  4. Digite um nome no campo Nome de arquivo.

  5. Clique no botão Salvar.
    Os dados na tabela selecionada são salvos como um arquivo CSV (C omma S eparated V alues).

Definindo o caractere separador de lista

  1. Clique no botão Iniciar na barra de tarefas do Windows e escolha Painel de controle.

  2. 7. Faça um dos seguintes:

    • Na janela Home do Painel de Controle, escolha: Relógio, Idioma e Região > Opções Regionais e de Idioma
    • Na janela Vista Clássica do Painel de Controle, clique duas vezes no ícone Opções Regionais e de Idioma.
  3. Na caixa de diálogo Idioma e Opções Regionais, clique o botão Personalizar este formato...
    A caixa de diálogo Personalizar Opções Regionais é exibida:

  4. Na página Números da caixa de diálogo Personalizar opções regionais, vá para separador de lista, clique na seta para baixo e selecione vírgula (,) ou ponto-e-vírgula (;).

  5. Clique no botão OK nas caixas de diálogo Personalizar opções regionais e regionais e de idioma.

Trabalhando com atributos

Um atributo é uma entidade particular que você pode salvar como parte de um bloco. Atributos consistem de dados baseados em texto. Você pode usar atributos para controlar coisas como números de peças e preços. Atributos podem ter valores fixos ou variáveis. Quando você insere um bloco que contém atributos, o programa adiciona os valores fixos para o desenho junto com o bloco, e você será solicitado a fornecer os valores dos atributos variáveis associados ao bloco.

Depois de inserir blocos com atributos, você pode extrair as informações de atributo para um arquivo separado e, em seguida, usar essas informações em uma planilha ou base de dados para produzir uma lista de peças ou a lista de materiais. Você também pode usar informações de atributo para controlar o número de vezes que um determinado bloco é inserido em um desenho.

Atributos podem ser visíveis ou ocultos. Atributos ocultos não são exibidos, nem plotados, mas a informação ainda assim está armazenada no desenho e gravada em um arquivo quando você extrai-lo.

Procedimento geral para trabalhar com atributos

  1. Definir os atributos
  2. Criar um bloco

Você pode anexar atributos a um bloco. Inclua os atributos quando o programa solicitar que você selecione as entidades a serem incluídos na definição de bloco. Se um bloco contém atributos, o programa avisa sempre que você insere o bloco, então você pode especificar diferentes valores para os atributos a cada vez em que for inseri-lo em um novo desenho.

  1. Inserir o bloco em um desenho
  2. (opção) Editar os atributos em um bloco.
  3. Extrair informações de atributo

Bloquificar

Comando: Bloquificar

Visão geral: Nesta lição, você aprenderá como converter conjuntos repetitivos de entidades para criar definições de blocos com o comando Bloquificar.

Objetivos da Lição:

Depois de completar esta lição, você será capaz de:

  • Encontrar conjuntos idênticos de entidades no desenho (2D e 3D) e substitui-los por referências de bloco.
  • Encontrar e substituir automaticamente todos os sólidos iguais por referências de bloco.

Tutorial: Bloquificar no BricsCAD

Clique aqui para ver

Sobre

A ferramenta BricsCAD Bloquificar pode ser aplicada a entidades 2D e também a sólidos 3D. A ferramenta Bloquificar permite converter facilmente conjuntos repetitivos de entidades em blocos. Selecione um conjunto de entidades 2D ou sólidos 3D e o Bloquificar pesquisa no desenho por conjuntos idênticos de entidades e os substitui automaticamente por referências de bloco.

Para mais informações sobre este comando, visite o artigo Referência de Comandos Bloquificar.

Bloquificar a partir de uma entrada selecionada

  1. Lançar o comando Bloquificar. Você pode aplicar o comando em entidades 2D ou em entidades 3D.

  2. Você é solicitado: Selecione as entidades de entrada ou [Localizar todos os grupos].
    Selecione as entidades que deseja converter em um bloco e pressione Enter.

    2D 3D
     
    Nota: A opção 'Encontrar todos os grupos' será explicada mais adiante.
  3. Você é solicitado: Selecione o espaço de pesquisa ou [Desenho inteiro].
    Defina o espaço de pesquisa ou digite o atalho para digitalizar todo o desenho, e pressione Enter.

  4. Na linha de comando, você pode ler:

    2D: Bloquificar reconhece 6 cadeiras.

    3D: Bloquificar reconhece 2 cadeiras.
  5. Você é solicitado: Selecione um ponto de inserção de bloco ou [use o ponto Padrão].
    Pressione o atalho para usar um ponto padrão.
    Ou Selecione o ponto que deseja como o ponto de inserção do bloco

    2D 3D
  6. Você é solicitado: Especifique o nome do bloco ou [use o Nome padrão].
    Digite o nome do seu bloco preferido ou pressione o atalho para usar um nome padrão. Para este exemplo, nomeie o bloco 'Cadeira'. Pressione Enter.

  7. A definição de bloco agora é criada para a cadeira. No Navegador da Estrutura, você pode ver que todos os conjuntos idênticos de entidades são substituídos por uma referência de bloco. As entidades separadas que formam a cadeira são agrupadas para formar um bloco.

    2D 3D

Aplicar a opção 'Encontrar todos os grupos'

No desenho atual, você pode ver que o desenho contém apenas sólido 3D. As pernas e o assento da cadeira são sólidos separados.

  1. Lançar o comando Bloquificar.
    Você é solicitado: Selecione as entidades de entrada ou [Localizar todos os grupos].
    Digite o atalho para encontrar todos os grupos. Bloquificar agora vai detectar automaticamente sólidos que sejam de forma idêntica.

  2. Você é solicitado: Selecione o espaço de pesquisa ou [Desenho inteiro].
    Pressione Enter para digitalizar o desenho inteiro.

  3. A linha de comando vai exibir:

     Bloquificar vai reconhecer 3 grupos diferentes de sólidos 3D semelhantes: as pernas da cadeira, os assentos da cadeira e as pernas da mesa. No Navegador de estrutura, você pode ver que todos esses sólidos 3D agora são convertidos em 3 grupos diferentes de referências de bloco.

Definições de blocos existentes

Um dos objetivos do comando Bloquificar é adicionar e melhorar automaticamente a estrutura de um modelo. Em ambos procedimentos descritos acima, se o modelo já contiver definições de bloco, as definições de bloco existentes serão verificadas.

  •  Use um conjunto de entradas selecionado de entidades: quando uma das definições de bloco existentes corresponder ao conjunto de entrada Bloquificar, nenhuma definição precisará ser criada. Todas as instâncias do conjunto de entrada devem ser substituídas por referências de bloco à definição de bloco existente.
  •  Encontre todos os grupos: antes de verificar todos os sólidos 3D no desenho, todas as definições de bloco existentes são usadas como conjunto de entrada para Bloquificar. Como tal, sólidos repetidos correspondentes a uma definição de bloco são substituídos por referências de bloco a essa definição existente. Nenhuma nova definição de bloco é criada.

Trabalhando com blocos

Definir Blocos

O processo para definir um bloco usando o comando BLOCO é o mesmo no BricsCAD como é no AutoCAD®. Ele exibe a caixa de diálogo Definição de Bloco com os controles necessários para criar uma nova definição de bloco no desenho atual.

Nota: A caixa de diálogo Definição de Bloco no BricsCAD não possui opções para Hiperlink, Seleção rápida ou Editor de Bloco. Você pode, no entanto, anexar hiperlinks, selecionar objetos e editar blocos usando métodos alternativos.

O familiar comando GBLOCO permite que você escreva uma definição de bloco como um arquivo de desenho separado, externo ao desenho atual.

Em vez disso, você cria e edita a geometria de bloco usando o editor de desenhos com todas as ferramentas e funcionalidades disponíveis.

desdobre,

Inserir blocos

Você pode selecionar um bloco para inserir em seu desenho na caixa de diálogo Inserir Bloco. Esta é facilmente acessível a partir da aba Inserir no Quad. Você também pode acessá-lo através de outros métodos, incluindo o comando INSERIR.

A caixa de diálogo Inserir Bloco vai parecer familiar a você se for ex-usuário do AutoCAD. Ela inclui opções típicas para especificar o ponto de inserção, a escala e o ângulo de rotação do bloco.

Nota: A caixa de diálogo Inserir Bloco não inclui uma opção para inserir um bloco usando dados geográficos.

A caixa de diálogo Inserir Bloco não inclui uma imagem prévia de visualização. Em vez disso, o BrisCAD oferece uma maneira mais intuitiva de visualizar, inserir e gerenciar seus blocos!

desdobre,

Gerenciar Blocos no Explorer do Desenho

Você deve lembrar que o Explorer do Desenho oferece um local central para gerenciar todas as definições de estilo em seu desenho. Na verdade, o Explorer do Desenho faz muito mais do que isso. Centraliza todo o conteúdo de desenho nomeado, incluindo blocos, em uma única caixa de diálogo.

Acesse o Explorer do Desenho no menu Geral no Quad. Também é acessível através de outros métodos, incluindo o comando EXPLORER. Se você iniciar o Explorer do Desenho com o comando EXPBLOCKS (alias XB), ele exibirá automaticamente os painéis para Blocos.

O Explorer do Desenho lista todas as definições de bloco no desenho e inclui informações e controles relevantes. Você pode ver quantas instâncias de um bloco estão no desenho e pode modificar as propriedades básicas do bloco. Por exemplo, você pode especificar se um bloco é Anotativo ou Explodível.

Uma outra opção, exclusiva do BricsCAD, garante que o bloco esteja sempre voltado para a câmera. Isso pode ser particularmente útil (e divertido) para visualização 3D. Por exemplo, criei um bloco com uma imagem da minha foto e o inseri em um modelo 3D. Enquanto orbito em torno do modelo, o bloco/imagem está sempre voltado para a frente.

O menu de contexto e a barra de ferramentas oferecem controles adicionais. Você pode facilmente criar uma nova definição de bloco, excluir uma definição de bloco e todas as suas inserções, e ainda eliminar uma definição de bloco não usada. Inserir blocos e até mesmo adicioná-los à atual paleta de ferramentas. Tudo o que você quiser fazer com blocos é facilmente acessível a partir do Explorer do Desenho!

Tutorial: Gerenciar blocos com o Explorer do Desenho

Clique aqui para ver

Blocos Dinâmicos

BricsCAD suporta parcialmente blocos dinâmicos, você pode:

  • inserir blocos dinâmicos de sua biblioteca existente de blocos dinâmicos
  • editar as propriedades personalizadas na Barra de Propriedades
  • editar por alças os blocos dinâmicos

A criação de novos blocos dinâmicos ainda não é possível. Em vez de oferecer a funcionalidade de bloco dinâmico, o BricsCAD concentra-se inteiramente em parametrização.

Editando blocos dinâmicos

  1. Selecione o bloco dinâmico no desenho.
    As propriedades do bloco selecionado são apresentadas na Barra Propriedades.

  2. Em Atributos > Personalizar: edite as propriedades necessárias.
    O bloco dinâmico é atualizado automaticamente.

Editar por Alças os blocos dinâmicos

  1. Selecione o bloco dinâmico no desenho.
    Os seguintes tipos de alças são mostrados:
    • Ponto
    • XY
    • Linear
    • Polar
    • Rotação
    • Inverter
    • Visibilidade
  1. Arraste uma alça para editar o bloco.
    No exemplo abaixo:
    • Rotacione o bloco (1): arraste a alça para rotacionar o bloco dinamicamente ou digite um valor no campo de entrada dinâmica.
    • Mostrar/ocultar entidades (2): clique para selecionar uma opção.
    • Inverter (3): clique para espelhar o bloco
    • Editar o comprimento (4): selecione a alça para editar dinamicamente o comprimento ou digite um valor no campo de entrada dinâmica.

Extraindo informações de atributo

Comando: EXTRATRIB -EXTRATRIBEXTRACAODADOS

comando Extratrib copia dados de atributos para um arquivo de texto, através de uma caixa de diálogo.

comando -Extratrib copia dados de atributos para um arquivo de texto, via linha de comando.

O arquivo de texto pode a ser importado em um banco de dados ou uma planilha.

Você pode salvar o arquivo em qualquer um dos seguintes formatos:

  • Formato Delimitado por Vírgula (CDF): Contém uma linha para cada cópia de um bloco, com campos individuais de atributo, separados por vírgulas. Campos com seqüência de caracteres são colocados entre aspas. Você deve especificar um arquivo-modelo (template) antes de extrair dados para um arquivo CDF.

  • Formato Delimitado por Espaço (SDF): Cntém uma linha para cada cópia de um bloco. Cada campo de atributo tem um comprimento fixo; não existem separadores ou delimitadores de seqüência de caracteres. Você deve especificar um arquivo-modelo (template) antes de extrair dados para um arquivo SDF.

  • Drawing Exchange Format (DXF): Cria um subconjunto de um arquivo padrão DXF (um .dxx) contendo todas as informações sobre cada bloco, incluindo pontos de inserção, ângulos de rotação e os valores de atributo. Nenhum arquivo-modelo (template) é necessário.

Antes de extrair atributos para um arquivo CDF ou SDF, você precisa criar um arquivo de modelo (template). O arquivo de modelo é um arquivo de texto ASCII que especifica os campos de dados do atributo a ser gravados no arquivo de extrato. Cada linha do arquivo de modelo especifica um campo de atributo. BricsCAD reconhece 15 campos diferentes, que contêm elementos tais como o nome do bloco, as coordenadas x-, y-, e z- no seu ponto de inserção, a camada na qual está inserido, etc. Você pode incluir quaisquer desses campos. O arquivo de modelo deve incluir pelo menos um nome de atributo.

Cada linha no arquivo de modelo deve iniciar com o nome de campo. Nome do bloco e valores do ponto de inserção devem começar com BL:. O próximo caractere não vazio deve ser um C (indicando um campo de seqüência de caracteres) ou um N (indicando um campo numérico). Este caractere é seguido por três dígitos indicam a largura do campo (em caracteres). Os últimos três dígitos indicam o número de casas decimais (para campos numéricos). No caso de campos de caracteres, os três últimos dígitos devem ser zeros (000). Um arquivo de modelo típico é semelhante ao mostrado aqui:

A. Nome do campo

B. Formato do campo

1. Nome do bloco (deve ser precedido por BL:)

2. Campos de coordenadas (devem ser precedidos por BL:)

3. Etiqueta de atributo

4. Indica o tipo de dado de campo: C para campos de caracteres, N para campos numéricos

5. Largura do campo (número de caracteres)

6. Número de casas decimais para campos numéricos, 000 para campos de caracteres

Para extrair informações de atributo

  1. Faça um dos seguintes:
    • Clique no botão Extrair Atributos na barra de Ferramentas.
    • Escolha Extrair Atributos no menu Ferramentas.
    • Digite ExtrAtrib na linha de comando e pressione Enter.

    A caixa de diálogo Extrair Atributos é aberta.

  1. Clique no botão Selecionar.
    A caixa de diálogo Extrair Atributos é fechada temporariamente.
  1. Selecionar os blocos, e press Enter ou clique direito.
    O diálogo Extrair Atributos reabre.
  1. Selecione o formato de arquivo de texto: DXF (formato de troca de desenho), CDF (formato delimitado por vírgula) ou SDF (formato delimitado por espaço).
  1. Selecione o arquivo Template.
  1. Especifique o nome do arquivo de Saída.
  1. Clique no botão Extrair.
    Você é solicitado: <number> registros extraídos.

Lições Orientadas

Comandos:, -PUBLICAR CONJUNTODEFOLHAS

comando Publicar permite imprimir uma lista de folhas (= uma lista de layouts de paper space ou do model space) para uma impressora. Uma lista de folhas pode ser salva em um arquivo.

comando Conjunto de Folhas gerencia conjuntos de folhas e permite imprimir, publicar ou usar eTransmit para um conjunto de folhas no todo ou uma seleção de folhas. Um conjunto de folhas é salvo para um arquivo DST (Sheet Set Data).

Comandos e Barras de ferramentas de Sheet Metal

Sheet Metal
Toolbar Ícone

Ícone da barra de ferramentas do Flyout

Comando

Descrição

sm_sheet.png

 

SmFlangeBase

Cria a flange base (inicial) de uma peça de chapa metálica, a partir de um perfil planar fechado.

sm_extrude.png

 

SmExtrude

Cria uma peça de chapa metálica por extrusão de uma polilinha na direção da normal ao plano da curva. Espessura é atribuída em relação às dimensões externas da polilinha.

sm_loft.png

 

SmLoft

Cria a peça de chapa metálica com dobras em loft e flanges de duas curvas não-coplanares.

sm_convert.png

 

SmConvert

Automaticamente reconhece flanges, dobras e dobras em loft em um sólido 3D.

sm_flange_edge.png

sm_flange_edge.png

SmFlangeEdge

Cria uma ou mais flanges em uma peça de chapa metálica, puxando uma ou mais arestas de uma flange existente.

   sm_flange_contour.png

 SmFlangeContour

Cria uma nova flange a partir de um contorno fechado e a anexa a uma peça de chapa metálica existente.

  sm_flip.png

SmFlip

Modifica o lado de referência para flanges selecionadas com um deslocamento opcional da geometria da flange pela espessura.

   sm_flange_rotate.png

SmFlangeRotate

Rotaciona uma flange.

 sm_hem_closed.png  sm_hem_closed.png

SmHemCreate

Cria uma ou mais bainhas fechadas em uma peça de sheet metal, puxando uma ou mais bordas de uma flange existente.

  sm_hem_open.png

SmHemCreate

Cria uma ou mais bainhas abertas em uma peça de sheet metal, puxando uma ou mais bordas de uma flange existente.

  sm_hem_teardrop.png

SmHemCreate

Cria uma ou mais bainhas em Lágrima de uma peça de sheet metal, puxando uma ou mais bordas de uma flange existente.

  sm_hem_round.png

SmHemCreate

Cria uma ou mais bainhas Redonda em uma peça de sheet metal, puxando uma ou mais bordas de uma flange existente.

form.png

form.png

BmInsert

Insere recursos de forma.

  sm_form_create__1_.png

SmForm

Cria um recurso de formulário a partir de um determinado conjunto de faces.

   sm_form_explode__1_.png SmForm

Explode o recurso de forma em flanges e curvas, se possível.

sm_rib_create.png

 

SmRibCreate

Cria um recurso de forma associativo de nervura em uma face de flange a partir de uma curva planar 2D.

bmreplace.png

 

SmReplace

Substitui recursos de forma (incluindo aqueles reconhecidos) em peças de chapa metálica com recursos de forma de uma biblioteca interna, ou do usuário.

sm_bend_create.png

sm_bend_create.png

SmBendCreate

Converte bordas rígidas (arestas precisas entre faces de flange) e junções, em dobras.

 

sm_bend_switch.png

SmBendSwitch

Converte dobras para dobras em loft

 

sm_flange_bend.png

SmFlangeBend

Dobra uma flange existente ao longo de uma linha, obedecendo o fator-k para um dado raio de dobra.

sm_junction_create.png

sm_junction_create.png

SmJunctionCreate

Converte arestas rígidas em junções.

 

sm_junction_switch.png

SmJunctionSwitch

Altera um recurso de junção simétrica para um com faces sobrepostas.

 

sm_junction.png

SmFlangeConnect

Fecha lacunas entre duas flanges arbitrariamente orientadas.

sm_tab_create_single.png sm_tab_create_single.png

SmTabCreate

Cria o recurso de aba para uma peça de chapa metálica, trocando uma junção existente por uma aba.

  sm_tab_create_array.png SmTabCreate Cria o recurso de aba em matriz para uma peça de sheet metal trocando a junção existente por uma aba.

SmReliefCreate

SmReliefCreate - cria alívios de canto e de dobra adequados. Alívios de canto são criados em cantos que têm três ou mais flanges adjacentes. Alívios de dobras são criados no início e no fim de uma borda da flange.

 

SmReliefSwitch

Converte um alívio de canto em um alívio circular.

 

sm_relief_switch.png

SmReliefSwitch

Converte um alívio de canto em alívio retangular.

 

SmReliefSwitch

Converte um alívio de canto em alívio de Tipo-V.

 

SmReliefSwitch

Converte um alívio de canto em alívio Suave.

 

SmReliefSwitch

Converte um alívio de canto em alívio Redondo.

 

SmReliefSwitch

Converte um alívio de canto em alívio de Rasgo.

sm_split.png

sm_split.png

SmSplit

Divide uma flange ao longo de uma linha traçada na sua face.

 

sm_split_smart.png

SmSplit

Divide uma flange por um vértice isolado no canto.

  sm_split_smart_propagate.png

SmSplit

Divide uma flange por um único vértice no canto e sugere automaticamente várias divisões de um tipo semelhante.

sm_imprint.png

 

SmImprint

Divide faces de espessura de uma peça de chapa metálica por arestas estampadas, de acordo com flanges e dobras adjacentes.

sm_dissolve.png

 

SmDissolve

Remove os dados de chapa metálica das faces selecionadas ou entidades.

sm_delete.png

 

SmDelete

SmDelete - remove uma dobra ou uma junção restaurando uma borda rígida entre duas flanges; remove uma flange com todas as dobras adjacentes a ela. As flanges adjacentes são estendidas até uma configuração de junção com a flange sendo excluída. Remove a meia-esquadria, restaurando a geometria recortada pelo recurso.

repair_loft.png

 repair_loft.png

SmRepair

Corrige problemas específicos das peças de chapa metálica, sendo suportados fluxos de trabalho globais e locais. Opcionalmente, cura recursos de dobra em loft: mescla dobras adjacentes e fornece conexão tangencial com flanges.

  repair_local.png

SmRepair

Corrige problemas específicos das peças de Sheet Metal. Somente flange selecionada ou a dobra incorreta serão reparados.

select_same_form_feature.png

 select_same_form_feature.png

SmSelect Recursos de Forma iguais

Selecionar todos os recursos de forma idênticos no modelo de sheet metal

  select_hard_edges.png

SmSelect Arestas Rígidas

Seleciona todas as arestas rígidas em peças de chapa metálica.

  select_non_orthogonal_thickness_edges.png

SmSelect Bordas da espessura não-ortogonal

Seleciona todas as arestas de espessura não-ortogonal na peça de chapa metálica.

   select_flat_edges.png  SmSelecione Bordas Planas Seleciona bordas planas na peça de chapa metálica.
  select_side_of_sheet_metal_part.png  SmSelect lado da peça de chapa metálica. Seleciona lado da peça de sheet metal.

sm_parametrize.png

 

SmParametrize

Cria um conjunto consistente de restrições 3D para a peça selecionada de sheet metal.

sm_unfold.png

sm_unfold.png

SmUnfold

Desdobra o corpo de chapa metálica.

  sm_associative_unfolding.png

SmUnfold

Abre uma janela adicional com a representação desdobrada (planificada) do modelo.

 

sm_export_osm.png

SmExportOSM

Exporta um sólido de chapa metálica para o formato .osm (Open Sheet Metal).

 

sm_export_dxf.png

SmExport2d

Exporta a representação desdobrada de um corpo de chapa metálica como um perfil 2D em formato de arquivo .dxf / .dwg.

 

sm_assembly_export.png

SmAssemblyExport

Executa uma exportação em lote dos componentes da montagem para desdobramento, criando um arquivo .dxf por cada sólido 3D reconhecido como parte da chapa metálica.

feature_color.png

 

CORES DOS RECURSOS

Alterna a variável de sistema FEATURECOLORS.

As ferramentas de Sheet Metal estão disponíveis:

  • No menu Quad (dependendo do recurso sob o cursor):
    mceclip2.png

  • Nas barras de ferramentas Sheet Metal :

    •  Sheet Metal
      mceclip3.png

      mceclip4.png
    •  SM Bend
      mceclip5.png
    •  SM Flange
      mceclip18.png
    •  SM Form
      mceclip9.png
    •  Sm Hem
      mceclip6.png
    •  SM Junction
      mceclip8.png
    •  SM Relief
      mceclip15.png
    • SM Repair
      mceclip14.png
    •  SM Split
      mceclip13.png
    • SM Tab
      mceclip12.png
    •  SM Unfold
      mceclip10.png
  • No menu Sheet Metal (apenas para a área de trabalho Mecânica):
    mceclip17.png

  • Na aba Sheet Metal da área de trabalho Mecânica da Faixa de opções.
    mceclip0.png

    mceclip1.png

Ver também as ferramentas Modelagem Direta.

Métodos de Projeto de Peças

BricsCAD Mechanical permite criar e modificar modelos 3D.

Formas de criar um modelo 3D:

  • A partir de uma primitiva sólida 3D - uma caixa, um cilindro, etc.

  • Esboçando um perfil 2D e extrudando-o ou revolvendo-o para criar um sólido 3D.

  • Modelando uma superfície em 3D e dando a esta espessura para criar um sólido 3D, ou costurando entre si diversas superfícies, para criar um sólido 3D estanque/impermeável.

  • Importando geometrias sólidas 3D e superficies existentes, a partir de outros programas CAD.

Formas de editar e adicionar mais detalhes aos seus modelos 3D:

  • Empurrar/Puxar, mover e rotacionar faces.

  • Criar Filetes ou Chanfros nas arestas do modelo.

  • Aplicando Furos.

  • Adicionando saliências e depressões e usando operações Booleanas, Edição Direta e ferramentas de Modelagem Deformável.

Não há dependências pai-filho = abordagem SEM-história
BricsCAD Mechanical não cria dependências pai-filho entre as primitivas geométricas e os recursos. Todas as alterações feitas à sua peça são locais; elas não forçam a regeneração da geometria.
A abordagem SEM-história permite que você se concentre no seu projeto, em vez de pensar em como ele poderá ser alterado no futuro.

Restrições 3D = Parametrização
BricsCAD Mechanical fornece um poderoso conjunto de ferramentas para tornar sua peça paramétrica, adicionando restrições3D às suas faces e arestas, e vinculando-as a parâmetros globais usando expressões e tabelas de projeto.